Por que escolho Miriam Leitão

 

miriam-leitao-e1563565557247-1

 

Na reta final de ‘É proibido calar!’, livro que lancei ano passado, a editora pediu que eu convidasse alguém em quem confiasse e admirasse para escrever o prefácio. O primeiro nome que me veio à cabeça foi o de Miriam Leitão, mas confesso que ao mesmo tempo em que tinha certeza de que ela seria a pessoa ideal para apresentar meu trabalho, morria de medo.

 

O prefaciador pode ser considerado o primeiro leitor do seu livro. É a primeira pessoa de fora do projeto a ter contato com o texto. Antes dele, tem-se o autor que imerso emocionalmente no trabalho tem uma visão parcial. O editor e o corretor também participam dessa etapa inicial do processo e têm envolvimento profissional, enviam algumas recomendações e fazem os ajustes necessários.

 

E para “primeiro leitor” de ‘É proibido calar!’ fui escolher logo a Miriam que tem uma produção literária de altíssima qualidade, é detentora de merecido Prêmio Jabuti e tem olhar tão preciso quanto crítico.

 

Quanto atrevimento de minha parte, logo pensei. Que cara de pau, repetia minha consciência. Quando ela aceitou o convite e me pediu para enviar os originais, as pernas tremeram e o coração bateu mais forte. Uma sensação que se repetiria assim que Mário Sérgio Cortella aceitou escrever a orelha do livro — mas este é um outro capítulo.

 

O tempo entre o envio dos originais e o prefácio chegar foi marcado pela ansiedade, que só foi superada pela alegria de ler as palavras que ela havia dedicado. Emocionei-me também ao conhecer um pouco mais das histórias que Miriam vivenciou em família, a começar pela relação com o pai, tão marcante na construção de sua personalidade:

 

“Meu pai, ao contrário dos pais de várias amigas minhas no interior de Minas Gerais, jamais me disse que o destino da mulher era casar e ter filhos. Pelo contrário, dizia que eu me casaria apenas se quisesse, o importante era fazer um curso superior, ter uma profissão e um sonho” —- escreveu

 

Miriam sonhou alto e para alcançar seus sonhos estudou muito, dedicou-se como poucas pessoas e forjou uma carreira impecável no jornalismo —- ela também casou, e teve filhos, e teve netos. Fez-se mulher independente e corajosa. Enfrentou a estupidez dos ditadores. Superou seus torturadores. Lições que reforçaram seu viés humanista. Acreditou na construção de um Brasil melhor e mais justo.

 

Tenho o prazer de tê-la como parceira no Jornal da CBN, onde ocupa seu espaço dedicado à economia com informação apurada e análise crítica — sempre disposta a levar a conversa para além da fronteira dos números que muitas vezes contaminam o noticiário econômico. Olha o ser humano em suas várias dimensões. Em lugar das estatísticas prefere as pessoas. Em lugar de gráficos, privilegia a vida.

 

Foi essa mulher, jornalista, corajosa, crítica, justa e humana, que vimos ser atacada na semana passada. Ataques que partiram de gente intolerante e de autoridade pouco comprometida com a verdade dos argumentos. Ataques que são corroborados por uma turba indisposta ao contraditório e incapaz de entender o papel de um jornalista diante da verdade dos fatos. Que esqueceu que Miriam, ao longo de toda sua carreira, sempre se comportou assim, firme, forte e independente, a despeito de quem esteja no poder.

 

Por ser quem é e por ter enfrentado o que já enfrentou, Miriam, com certeza seguirá sua trajetória que começou a ser percorrida lá atrás, na pequena Caratinga, em Minas Gerais.

 

E por tudo isso, eu sempre vou escolher Miriam Leitão!

7 comentários sobre “Por que escolho Miriam Leitão

  1. Vc trabalha na mesma empresa(empresa esta que a grande maioria da população tem visto e ouvido pouco pelas distorções dos fatos) que a Míriam faz, ouço a CBN desde os tempos do Herodoto Barbeiro, vejo muita rasgação de seda pelas partes observo que ela se mete em tudo e com isto fala muita besteira quase todos os dias ela começa “porque o Bolsonaro ” sempre tentando desqualifica-lo ,não morro de amores inclusive não seria minha 1° opção mas para desbancar estes que ficaram por 16 anos nesta roubalheira fiz o que 60% da população fez .

  2. Milton, muito bem vinda a sua matéria acima sobre a MIRIAM.
    Pessoas que carregam juntas a ignorância e o desconhecimento são efetivamente bomba explosiva detonável a todo o instante.
    A obra de Miriam é primorosa. Seus livros SAGA BRASILEIRA e HISTÓRIA DO FUTURO são documentos excepcionais sobre o Brasil nos aspectos históricos, sociais e econômicos.
    Evidentemente os que agora estão protagonizando esta significativa espetacularização sem noção, nunca tiveram contato com a produção literária e o pensamento filosófico de Miriam.
    Entretanto, melhor se manifestarem para que saibamos o quanto se pode chegar em intolerância.
    Lamento apenas por não ter gente com discernimento e atitude para coibir a coibição.

  3. Tem gente que ovacionava Adolf Hitler, outros Stalin, ainda outros adoram a Satanás e por fim este que escolhe Miriam Leitão, que tipo de anomalia intelectual ou até mesmo moral atinge alguns indivíduos ainda e desconhecido pela ciência, está mais para a psiquiatria tentar explicar essa distorção da realidade, o que me conforta é saber que estes epedeutas são minoria na sociedade, sendo por derradeiro insignificante o conceito e opiniões destes.

  4. Mílton Jung, apenas um detalhe em seu texto que o compromete, quando diz que a Mirian sempre falou o que quis, não foi para todos e sim para uma classe que nos é muito querida, falo da classe militar. Porém, quando se deparou com um, ficou muda, sem resposta e sem contra argumentar as afirmações de nosso Presidente Bolsonaro. Só por isso lhe digo, que infeliz idéia de ter feito o que fez.

  5. Bla, bla, bla…
    Fato é que o eleitor médio e o público não aguenta mais esse esquerdismo e esse pseudo jornalismo cujo único objetivo é manter no poder aqueles que pretendiam fazer do Brasil a ditadura que hoje são China, Cuba e Venezuela. Por mais de 30 anos destruíram a cultura e as instituições do país ao apoiarem os governos que vilipendiado o país e felizmente terminou com o presidente responsável por tais crimes preso e a cada dia com mais condenações.
    Ter como prefaciadora essa senhora que a tudo isso apoiou somente confirma a pouca credibilidade do autor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s