Corregedoria da Câmara de SP está invicta

Adote um Vereador Nunca perderam um jogo em Casa em seis anos. Este é o desempenho dos vereadores de São Paulo que, desde 2003, jamais puniram um só colega da Casa por qualquer tipo de irregularidade que tenha sido cometida e levada a Corregedoria. O caso mais recente é o do vereador Kamia (DEM) que “esqueceu” de declarar a propriedade de uma enorme casa na zona norte da capital paulista, seu reduto eleitoral. O “pagode”- expressão usada pelo promotor eleitoral que levou o caso à Justiça – custa quase R$ 2 milhões, segundo levantamento feito pelo Ministério Público, mesmo assim na declaração de bens entregue a justiça eleitoral constavam apenas um apartamento e três veículos, que somavam R$ 198,7 mil. A denúncia do Ministério Público Eleitoral por falsidade ideológica no caso do imóvel não constrangeu os colegas dele que o inocentaram por unanimidade.

Para entender melhor os motivos que levaram os vereadores a absolver Kamia sugiro que encaminhe aos integrandes da Corregedoria da Câmara Municipal um e-mail ou ligue para o gabinete deles:

Wadih Mutran (PP), presidente que não vota
(0xx11) 3396-4349
(0xx11) 3396-3950
wadihm@camara.sp.gov.br

Milton Leite (DEM), relator do caso
(0xx11) 3396-4237
(0xx11) 3396-3986
miltonleite@camara.sp.gov.br

Alfredinho (PT)
(0xx11) 3396-4290
vereadoralfredinho@camara.sp.gov.br

Claudinho (PSDB)
(0xx11) 3396-4255
(0xx11) 3396-3988
vereadorclaudinho@uol.com.br

Ítalo Cardoso (PT)
(0xx11) 3396-4063
(0xx11) 3396-3954
italocardoso@camara.sp.gov.br

Ricardo Teixeira (PSDB)
(0xx11) 3396-4261
(0xx11) 3396-3953
ricardoteixeira@camara.sp.gov.br

Quito Formiga (PR)
(0xx11) 3396-4292
(0xx11) 3105-2243
quitoformiga@uol.com.br

18 comentários sobre “Corregedoria da Câmara de SP está invicta

  1. Eu acho otEmo o que esta acontecendo,
    Mostra claramente a “transparencia” existente e o carater de cada componente da nossa “vereança”.
    Quando afirmamos que fazem leis somente para seus próprios beneficios não é mentira.
    As provas estão acima escancaradas.
    Uma vergonha para o povo paulistano e bem feito quem vota neles.

  2. Armando, esses falsos representantes do POVO paulistano, ainda não entenderam que o “chefe” deles, não deseja que aquilo que o senhor Kamia descumpriu, fique no dito pelo não dito.

    Se o cidadão comum esconder da RECEITA uma casa dessas, será punido com o rigor da lei.

    Chega de falta de vergonha na cara, estão brincando de administrar a Câmara Municipal, está na hora de uma visita em massa na nossa casa.

    Quem estiver do lado do POVO fica, quem não estiver rua.

  3. É complicado. Deixamos a porta aberta e reclamamos depois que entraram em nossa casa. O povo elege esses políticos e depois reclama. A quanto tempo já conhecemos Wadih Mutran e esse Milton Leite ? E alguem duvida que elesse quiserem, serão reeleitos ? Enquanto essa cambada de políticos for julgada por seus pares, não há o que fazer. O poder da mudança está com o povo mas esse, infelizmente, perdeu o poder de indignação e, principalmente, de reação. Falamos, reclamamos e fica nisso. Parabéns pelo seu trabalho, Milton Jung. Sem organização não se pode combater essa classe muito bem organizada e preparada.

  4. Luiz Carlos,

    Meu, me faço esta pergunta ha muito tempo. A não reeleição do antigo vereador Brasil Vita em eleições anteriores, me fez ter o inocente pensamento de que, alguma coisa estaria mudando. Gugu Dada!…Sou uma criança e não entendo nada! (Erasmo Carlos)

  5. Mandei isso para todos aí, citados, Milton.
    “Olá, nobres Vereadores.

    Hoje chegou ao meu conhecimento que o Vereador Kamia foi absolvido pela Corregedoria de vossa casa.

    Gsotaria de saber como isso é possível?

    Aquela mansão que ele não declarou não é dele?

    Ou é, e ele não precisa declarar nada? Afinal, a justiça é apenas a justiça.

    Aguardo a resposta de todos os que estão recebendo essa mensagem.

    Muito obrigado.”

  6. Por enquanto, apenas o Vereador Quito Formiga respondeu.

    Resumindo a resposta: não existe mansão e sim uma casa com menos de 400 m2, que não vale tanto quanto a imprensa alardiou, que é, de fato, do Vereador Kamia, mas que em 2001 foi transferida para o nome de outra pessoa por motivo de doença ou de força maior(?), e então, em 2003, repassada ao Ver. Kamia.
    E, por apenas um erro (?), não foi declarada nesse ano.
    Segundo o Vereador Quito, não havia como condenar um inocente e, portantao, este é o motivo do seu entendimento.

    Independente de concordar ou não com a resposta dele, sou obrigado a frisar que APENAS o Vereador Quito Formiga respondeu a minha dúvida.

    Será que é por que hoje é sexta-feira?

  7. O mais interessante de TUDO é a cara de ESCARNIO do senhor Kamia, é praticamente um tapa na cara do povo paulistano e da população do Brasil.
    Próximas eleições? O senhor Kamia não poderá passar nem perto dos nossos pensamentos e muito menos das nossas intenções de voto.
    Errar é humano mas persisir no erro…é outra coisa!

  8. O mais interessante de TUDO é a cara de ESCARNIO do senhor Kamia, é praticamente um tapa na cara do povo paulistano e da população do Brasil.
    Próximas eleições? O senhor Kamia não poderá passar nem perto dos nossos pensamentos e muito menos das nossas intenções de voto.
    Errar é humano mas persisir no erro…é outra coisa!

  9. O mais interessante de TUDO é a cara de ESCARNIO do senhor Kamia, é praticamente um tapa na cara do povo paulistano e da população do Brasil.
    Próximas eleições? O senhor Kamia não poderá passar nem perto dos nossos pensamentos e muito menos das nossas intenções de voto.
    Errar é humano mas persistir no erro…é outra coisa!

Deixe uma resposta para Mario Cezar Nogales Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s