Fim da inspeção veicular 2009, tire suas dúvidas

 

Os centros de inspeção veicular terão de ampliar o horário de atendimento para receber cerca de 30 mil motoristas que deixaram para realizar o serviço na última semana de prazo, que termina dia 30 de janeiro, sábado. Muitos ouvintes já enviam e-mail informando da dificuldade para agendar a inspeção nestes dias que restam. Quem perdeu o prazo terá de pagar R$ 44,18 para desbloquear o sistema de agendamento, além da taxa de R$ 56,44 para a realização do serviço de inspeção.

Clique aqui e tire suas dúvidas na entrevista com o coordenador do programa de Inspeção Veicular da prefeitura de São Paulo, Márcio Schettino

Mais informações no site da Controlar ou no portal da Prefeitura de São Paulo.

8 comentários sobre “Fim da inspeção veicular 2009, tire suas dúvidas

  1. Grato pela informação. Tenho algumas questões: A quem interessa esse tipo de inspeção ? As questões sócio ambientais, raciais, políticas etc, tem sido usado constantemente pelos ideólogos, manipulando massas e obrigando a população a aceitar novas leis, taxas, impostos etc. Causando mais dependência do Estado e sujeição à sua corrupta fiscalização.
    Não basta a indústria das multas, o IPVA, O DPvat, O licenciamento,os pedágios, “vistorias” no Detran, a CIDE e outros impostos embutidos no combustível ?
    Se a importância é, realmente o AR, o controle do AR porque o poder público simplesmente não arca com as despesas utilizando os muitos impostos já arrecadados para ajudar os proprietários dos veículos a manter seus veículos em ordem ? A não ser que o importante seja mesmo o CONTROLAR…

  2. Em vez de apenas informar as nossas novas obrigações, temos que fazer uma campanha para acabar com novas taxas , impostos e exigências impostas a cada nova administração. Alguém tinha dúvida que no final nós é que arcaríamos com mais essas taxas ?? Devolução do dinheiro, que piada !! É o privado (que tem muito interesse financeiro, e no caso clientes fiéis e fixos obrigatoriamente) fiscalizando o privado (que é quem paga – 2 vezes pelo menos)em nome do Estado, e quanto mais reprova mais paga…O que será que vai acontecer? Me dá até medo !!!

  3. Fato que pagamos imposto demais para retorno de menos. Fato que a vistoria do Detran já abrange emissão de poluentes, afinal o carro tem de estar em boas condições para rodar na cidade. Logo a CONTROLAR é mais um jeito de tirar dinheiro do contribuinte. Mas o combate à poluição deve ser imposto sim, e de forma muito mais enérgica do que existe hoje. A população não tem vergonha na cara suficiente para mexer a bunda da cadeira e cuidar do lugar que vive. Afinal, “meu” é só da porta da casa pra dentro. Da porta pra fora é dos outros, e se é dos outros, não é problema meu. Enquanto isso prevalecer não haverá solução

  4. Caro Milton

    Tenho algumas dúvidas, por exemplo, se um veiculo não passar na inspeção, por problemas insoluveis a nivel de mecânica, ele será tirado de circulação? Para onde iria?
    Há espaço para um grande número de carros sem condições de rodar?
    E quanto aos ônibus e caminhões? Eles serão realmente fiscalizados?

    Obrigado

    Eduardo

    • Nenhum carro é apreendido no momento da inspeção. O veículo é liberado para que o proprietário tome as providências e regularize a situação. Se ele não o fizer somente terá o veículo apreendido se for barrado em blitz policial que constatará a não-realização da inspeção veicular. O dia que a polícia quiser melhorar o trânsito de SP faz esta varredura em todas as regiões da cidade e desaparece com a frota clandestina. O problema não é apenas onde enfiar esta sucata toda. E o pessoal que ficou a pé, pega ônibus ? Vai encher ainda mais o sistema de transpor público ?

  5. Sou a favor de que se inclua na inspeção amortecedores, freios, faróis e todos os itens de segurança e, certificação com um selo adesivo colado no pára-brisa protegido contra fraudes. Pois, o motorista brasileiro não respeita as leis e a vida alheia. Só cuida das obrigações de proprietário de veículo, quando imposto.

    Tudo que urbanisticamente se faz no Brasil, é em favor do transporte particular e, consequentemente a qualidade do transporte público é desprezada. Quando alguém diz que o governo deveria “ajudar os proprietários dos veículos a manter seus veículos em ordem“, só me leva a pensar qeu, além da vistoria nos automóveis, deve haver um teste psicológico nos condutores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s