Na moda, Dunga é arrojado

 

Por Dora Estevam

dunga_herchcovitchQue gosto é gosto e não se discute, todos nós sabemos, mas quando se trata de moda e talento todos dão palpite. A escolha foi feita em cima de dois fatores: praticidade e frio.

Não gastou (e poderia, ele tem dinheiro), ficou super confortável e quentinho. Goste ou não, ele usou um casaco de um estilista brasileiro (muitos teriam colocado importado) e mostrou que podemos, sim, tirar roupas de coleções passadas do armário e usá-las sem problema (como já comentamos nesta coluna).

Estou falando do glorioso Dunga que no jogo da estreia do Brasil contra a Coreia do Norte, na Copa do Mundo, escolheu um casaco que causou tanta estranheza quanto a escolha dos meninos da seleção.

Na decisão pela roupa, Dunga mostrou mais uma vez que tem estilo e personalidade. Pode até ter sido influenciado pela filha, mas ele usou o casaco.

A peça foi desenvolvida pelo estilista mais importante do Brasil, Alexandre Herchcovicht, coleção 2006, a qual foi inspirada em príncipes urbanos, mistura de alfaiataria e esporte. No desfile, o modelo usou gola careca e um chapeuzinho tipo coroinha.

“Confirmado, Dunga está de Herchcovitch e eu tenho um igual! Estou feliz!”, escreveu o estilista animadíssimo no Twitter.

Na produção de Dunga, a blusa debaixo, uma malha com gola olímpica em tom claro (também já usou outras duas vezes), calça e sapatos marrons. Isso é que é legal, o estilista ver a roupa dele na rua, com novas produções e ousadas combinações. Quando ele poderia imaginar que o técnico da seleção brasileira fosse desencavar um casaco de coleção passada e ainda usar na Copa.

Dunga foi muito original. Além de ser um ótimo momento para divulgar a moda brasileira.

Este tipo de roupa usada pelo técnico é apenas para quem entende de moda. Quem não entende e não tem informação crítica mesmo.

Dunga ficou lindo e chique, até mostrou como se vestir dentro de campo. Deixa essa coisa de terno pra executivos, advogados e empresários. Em campo tem que mostrar comportamento arrojado.


Dora Estevam é jornalista e escreve sobre moda e estilo aos sábados no Blog do Mílton Jung.

19 comentários sobre “Na moda, Dunga é arrojado

  1. Robinho,Maicon e a produção de moda de Dunga foram os destaques positivos da estréia do Brasil.
    Como sub-produto pudemos constatar que parte dos homens no Brasil não entendem desta linguagem que é a moda, através de manifestações na midia social.
    A surpresa ficou para alguns jornalistas esportivos que se portaram como criticos de produção de moda.
    No programa Quatro em campo da CBN foi um tiroteio de cegos em cima do Dunga. O pior é que também demonstraram desinformação, pois nenhum deles sabia que o casaco além de ser da etiqueta HERCHCOVITCH significava uma releitura das vestes de comando de guerra usadas em batalhas por figuras proeminentes da História.
    Tudo a ver, muito melhor que os costumes masculinos com gravatas e sapatos sociais, que não combinam nem com a função e nem com o meio ambiente.
    Os QUATRO não devem ter lido os jornais e nem ouvido o Galvão ,que de cara ,detectou a “elegância fashion” de Dunga.
    Gostei bastante da escolha do tema . Quem sabe não evoluimos neste quesito de produção de moda?
    É bom lembrar que a elegância em moda e futebol está sempre ligada a FAIR PLAY, como Falcão,Beckham, Kaká, Julio Batista .

  2. Concordei, plenamente , com teu comentário , não por ser gaúcha , mas por estar entre os poucos brasileiros que concordam que o Dunga é sério , tem personalidade e não está nem aí para as criticas . Como ele não é da noite , nem das “popozudas”, os brasileiros só querem malhar .
    Maryur

  3. Gosto, preferencias não se discute.
    Em se tratando do tema, assunto moda, como disse anteriormente em outro artigo, sou “semi-alfabetizado”
    O Dunga, que está mais para Zangado, por razões óbvias, demonstra ser possuidor de personalidade extremamente marcante!
    Na minha opinião “ele é na dêle”.
    E eu acho que é por ai mesmo ne pessoal?
    Cada um na sua.
    No meu modo de ver, devemos nos vertir conforme as ocasiões.
    Mas em campo, usar terno, gravata, sapato social em campo, como “alguns técnicos” tem o costume, ai nada a ver.
    Ainda mais embaixo de sol escaldante, chuva e outras condições de clima totalmente adversas.
    Se os jogadores em campo vestem os seus uniformes, porquê técnicos também não usar uniforme também.
    Tipo agasalho de moleton nas cores do time.
    Abraços, bom domingo, boa semana a todos

    Armando Italo

  4. Adorei o estilo do Dunga!! Super fashion, apesar do casaco ser de 2006!
    Isso renova o meu pensamento de que a moda é atemporal, desde que quem a vista tenha personalidade!!!!
    Vamos, aí, Dunga!! Por enquanto sua seleção está de bem com a torcida!!! Vamos em frente! Com estilo!
    Beijos, Dora, e boa semana!!
    Mônica

  5. Concordo que o cara ficou chique!!!, mas eu prefiro técnico de futebol vestido a caráter, tipo: Telê, Parreira, Muricy, ou seja, com agasalho do Clube, tem tudo a ver com a profissão e mostra espírito de equipe, além de ser mais confortável para ficar “brigando no bom sentido” com o time na beirada do campo, que normalmente não entende o que o treinador fala………rsrsrsrs…………..abraços!!!

  6. Elegância não está só no vestir, mas também na postura.

    Gosto no trajar é pessoal, mas não há como negar que pelo menos a escolha dele foi baseada num profissional inquestionável.

    Já sua postura deixa tudo a desejar. Que guarde seu linguajar para o campo, onde existe uma liberdade maior e se controle quando estiver nos compromissos profissionais fora de campo, onde ele prima pela deselegância.

    Abraços,
    Silvia Affiune

  7. Ficaria feliz se os QUATRO EM CAMPO da CBN tivessem assistido o Fantástico com a Gloria Kalil comentando a produção de moda do Dunga com a roupa do Herchcovitch.
    Não escapou nem a análise correta do Galvão.
    É isso aí jornalistas esportivos, se quiserem se aventurar em seara alheia façam uso da midia especializada .

  8. Dora,

    Sempre achei o Dunga elegante no vestir e as vezes deselegante na postura com jornalistas. Acredito que para os jornalistas “formadores de opinião”, o bem vestir seria usar aquelas roupas de etiquetas famosas bordadas -tipo Tommy Hilfiger e Ralph Lauren- admiradas pelo Zagalo e Parreira e muitos comentaristas .

    Será que roupa pode influir no astral tb? O mal gosto -na minha opinião- dos trajes usados pela equipe da Globo, resultou em uma cobertura esquisita, sem brilho e clima esportivo. As cores e combinações são horríveis. Os trajes ficaram tão esquisitos que, influenciaram no desastroso e infantil editorial lido pelo Tadeu Shimidt. Um bom exemplo de tiro no pé!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s