De simplesmente existir

 

Por Maria Lucia Solla

na contramão deste mundo
eu quero alegria
e quero daquela infantil
declarada
sem medo do gargalhar
alegria do tipo que teme
pouco
ou nada

alegria
sem tempo de esconder
à luz do mundo
as rugas
da idade da saudade

quero romper a barreira do som
com meu riso atrevido
que revela
intensidade
e beleza
de tudo o que tenho vivido

quero gritar
na fronha escandalizada
espreguiçar
mesmo que amanhã
me ponha
de novo
a chorar

quero chorar
sim
e quero chorar de rir
ou rir
depois de chorar
mas sem precisar
entender
se estou a chorar
a rir
atriz
a fingir

quero querer
sem questionar
se realmente quero
o que penso querer

quero viver
sem o limite
dos corpos
quero ser
um

com você

quero negar a dor
abraçar o amor
posicionar o medo
no seu devido lugar
quero viver a vida
no real
de mãos dadas com o sonho
e ser
simplesmente
existir!

Maria Lucia Solla é terapeuta, professora de língua estrangeira e realiza curso de comunicação e expressão. Aos domingos, simplesmente (nem sempre) escreve no Blog do Mílton Jung.

17 comentários sobre “De simplesmente existir

  1. Olá amiga , como sempre iluminando o nosso domingo , com tua poesia , tão sensivel e tão forte ao mesmo tempo !
    Bjs e obrigada por aqueceres esta fria e chuvosa manhã gaúcha , Maryur

  2. Oi prima querida, lindo texto, acho que todos nós queremos esquecer a dor e viver intensamente o amor, seja ele de qual tipo for.
    Acredito que as rugas mostram o quão intensamente vivemos, como diz o Rei: “Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi….”
    Por isso avante! o mais importante é ter força para continuar a caminhada diante das provações da vida.
    Beijocas
    Magutcha

  3. Simplesmente para amar
    Ouvir,pensar e sonhar
    Um mundo de mais amor
    Um sonho para alcançar
    Belíssimo compartilhar.

    Parabéns, Maria Lucia!

  4. Ola Mike Lima

    Um rubi para fazer os nossos olhos brilharem precisa ser lapidado.
    Assim acontece com nós seres humanos.
    Uma lixadinha aqui, outra lixadinha ali, uma desbastada um pouco mais forte, assim vamos sendo lapidados pelas circustâncias que a vida nos impoe!
    Positivas e negativas
    Afinal em tudo existe a dualidade.
    Nesta vida somos “tratados com a flor e o chicote”
    Mas vamo que vamo ne?
    Lindo texto!
    Bjus
    Alpha India November.

  5. maryur,

    é um vice-versa constante.
    Também fico aqui no meu pedaço de mundo esperando o carinho teu.

    Obrigada!

    Beijo e boa semana,
    ml

    Olá amiga , como sempre iluminando o nosso domingo , com tua poesia , tão sensivel e tão forte ao mesmo tempo !
    Bjs e obrigada por aqueceres esta fria e chuvosa manhã gaúcha , Maryur

  6. magutcha,

    Também estou certa de que todos queremos o mesmo -trilhar um caminho de amor.

    Vivemos cercadosdele, mas nem sempre nos damos conta disso! Nos encantamos com os amores cantados em prosa e verso e nos esquecemos de que cada amor é diferente; todo amor imprescindível.

    Tenho pouquíssimas respostas, mas cada dia tenho mais perguntas! E você certamente tem me ajudado a me manter alerta.

    O importante é que cada dia me torno menos cega ao amor imenso que me cerca.
    Você é parte dele!

    Beijos aos meus primos recém chegados deste mundão de meu Deus.
    A eles beijos da tia-grécia.

    beijo e boa semana,
    ml

  7. suely,

    um mundo de mais amor
    começa a ser construído
    com o teu e com o meu
    com nosso compartilhar
    com o teu e o meu sonhar
    com o nosso realizar

    beijo e boa semana,
    ml

  8. Olá Malú,

    Penso, logo existo!

    Descoberto que existo é hora de viver intensamente cada milésimo de segundo da vida que mais parece um fórmula 1.

    Estou numa euforia só, tenho que buscar minha gatinha de 4 anos na rodoviária depois de 15 dias na casa da avó.

    Estou doente de saudades! Aquela doença que vai se curar ao ver aquele sorriso lindo me chamando de papai!

    Meus amigos, como você e minha famíla são tudo para mim!
    Devo dizer que: como é bom, simplesmente existir, vocês!

    Beijos arreganhados de muito carinho!

  9. cláudio,

    sempre tem um pit stop, aqui e acolá.

    Bem-vinda, sofia!
    Beijo, Karen!

    é muito bom integrar a tua super patota de amigos. Espero sempre ser digna de fazer parte dessa turma.

    e meus braços se abrem, o sorriso escancara de dar lacinho nas costas e eu recebo os beijos e o carinho.

    beijo e boa semana,
    ml
    PS: o gato vai ficar feliz!

  10. Oi querida Malu!
    Cheguei!
    Como é bom ri e muito. Choar também. Faz um bem…
    Hoje estou rindo e chorando de felicidade matando essa saudade da pequena Sophia juntinho da gente.

    Bjus e uma otima semana.

  11. Há questões de urgência na lida. Na vida, muito poucas.
    O hábito de ter preça não é natural e está mais para máquinas que pra nós. Correr com o tempo e chegar primeiro adianta também o fim. Muito pouco inteligente morrer antes, não é Malu?
    Pior ainda é : Para viver na frente, não ser capaz de enxergar a mesma vida.
    Ter que comer 1Kg de chocolate e só então sentir o sabor de um doce fim de tarde à francesa.
    Estou contigo e não quero a preça de terminar. Nem de entender muito o que menos é comum à lida, mudar e contemplar.
    Boa semana Malu.

  12. sérgio,

    se fosse só o chocolate… e as duas mil folhas recheadas com o creme mais saboroso?!

    Nesse caso, a compreensão e o juízo (ou o que sobrou dele) a gente deixa em casa, e é só ser feliz, e rir muito!

    beijo e doce semana pra você,
    ml

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s