10 comentários sobre “Virada Cultural no olhar cidadão

  1. Virada Paulistana
    Esse sim podemos considerar como evento para a população
    E não os trocentos eventos pagos que acontecem o ano inteiro em são Paulo para poucos privilegiados. turistas e outros abastados que podem pagar os olhos da cara.
    Como por exemplo os shows de artistas estrangeiros e outras personalidades.
    Agora teremos a parada Gay outro evento que realmente encanta a muitos com suas cores, alegria.
    Só que tem um detalhe.
    Porque não realizar a parada Gay no sambódromo, depois do carnaval fica literalmetne as moscas ao invez de ser na Av Paulista?

  2. Gostaria de saber porque a CBN não comentou as mortes ocorridas na viarada. È ótimo só dar destaque de morte às chacinas como de realengo que já deu. Vocês não fizeram nenhum comentário. Acho que a virada cultural é algo magnífico para a cidade, mas a saber a verdade é algo imprescidivel ou será que interesses comerciais fala mais alto?

    • Elizabeth

      A CBN noticiou que ocorreram duas mortes durante a Virada, uma delas um suicídio. Comparar estes dois casos com o ataque em Realengo beira o absurdo. Tanto quanto querer ligar o evento que mobilizou milhões de pessoas na cidade com estas mortes. É número bem inferior aquele que registramos todos os dias na capital, inclusive em fins de semana.

  3. O evento tá de parabéns. Na prestes Maia teve um tumulto provocado pelos skinheads e a polícia jogou gás de efeito moral para dispersar os briguentos. Resultado: minha amiga que levou a sobrinha de 14 pela primeira vez só não desmaiou por pura sorte, o gás caiu perto delas. Andando pela rua tbém observei jovens que chegavam em 4 ou 5 e quando a pessoa tava sozinha eles partiam para o roubo. Bebidas alcoólicas era vendidos a rodo nos arredores. Tudo era mais caro nos arredores: água, lanches etc. Deveria ter mais fiscalização da prefeitura para combater abuso nos preços, policias deveriam andar à paisana para pegar os ladrões em flagrante e shows de punks ou rock pesado deveria ter um dia exclusivo só para eles fora da Virada Cultural. Ou isso só vale para os Racionais? grupo de rap não pode. Punk e bandas de Skinheads pode. Não sei se é verdade: Depois do tumulto com os Racionais Mcs numa Virada Cultural, o grupo tá proibido de se apresentar em Sampa. Meu colega que faz evento queria contratar os Racionais, mas informaram que o grupo não pode tocar em Sampa. O que pode é contratar apenas um membro do grupo para shows. Se é verdade é ridiculo. No geral o evento foi positivo. Registrei esses incidentes não como critica, mas como alerta para que o ano que vem seja melhor. Shows de grupos de Punk, rock pesado, Rap deveriam ser realizados no Pacaembu longe da região central. Afinal, senhoras, crianças, adolescentes de 12 a 15 anos vão na região central para um passeio familiar. E quem curte esses sons (é claro que não são todos) vão para bagunçar. Pacaembu seria um bom lugar e mais fácil para um bom policiamento.

  4. Armando, procure saber quanto a Prefeitura gastou com Ecad, cachê dos artistas, aluguel de som, iluminação, pessoal, segurança policial, monitoramento de trânsito etc. Acredito que não ficou barato. Cada um de nós vai pagar a conta. Não é de graça. De graça seria se iniciativa privada bancasse tudo.

  5. Daniel,as fotos que fiz foram feitas nesse domingo entre as 11 hs da manhã até as 14 hs.Tudo estava muito limpo, muitos policiais e a sensação de segurança era flagrante.
    Nos eventos noturnos da virada costumo ir as unidades do Sesc onde tudo acontece de maneira muito organizada,segura, até as 03 da manhã.
    Concordo com vc,trazer essas bandas norte americanas decadentes e violentas, e proibir o grupo brasileiro Racionais nâo dá pra entender os critérios.
    A produção deve repensar a respeito !

  6. Boa noite Milton e os Clegas do Blog,

    Milton! eu faço a seguinte pergunta: Será que realmente uma cidade que esta totalmente abandonada em todos os aspectos, tem condições de esta fazendo esse tipo de festa?
    Essa situação não esta pareendo na Roma antiga, em que o imperador fazia aquelas festas longas, colocando o povo dentro arena para ver os gladiadores se matarem e antes de tudo isso, jogava pães para o povo para deixa-los contenetes e gritarem bastante quando um dos lutadores fosse assasinado com um golpe motal de espada? Por que Milton não tem outra explicação. A cidade esta sitiada pelos bandidos, em cada praça virou uma cracolandia, a educação esta um lixo, não temos mais segurança, não temos mais saude ou seja não temos mais nada e eles ainda dão festa, realmente não dar. O por de tudo isso, é que tem pessoas que apoia esse tipo de atitude.
    Milton, vc já passou pela estação de metro D.Pedro, por uma escola que fica ao lado do que si diz palacio das industrias? passe la e veja quanta sugeira, quanto lixo tem nesses locais.
    E tem gente que apoia esses lacaios? Temos que lutar para que o voto seja facultativo. Ai sim, queremos ver se esses lacaios retornam a vida publica.

    Abr a todos e Boa Pascoa.

    SRJ

  7. A respeito da cobertura da midia sobre mortes e desgraças cotidianas acho que o espaço aberto é excessivo.
    Não tenho nenhuma disposição para ouvir ou ler.
    Na CBN que não é uma emissora sangrenta, várias vezes mudei de estação quando começam a informar de mortes comuns . No meu ponto de vista não aprovo ouvir que um determinado motoqueiro faleceu na marginal. Principalmente quando há detalhes.
    Assassinatos então , ainda penso que é midia para os bandidos. Espaços tão caros e desperdiçados. Ainda bem que caminhamos para a customização.Prefiro economia, esportes,social e cultura.Para se irritar, a politica.

  8. Carlos
    Depois das 18 horas, as TVs pingam sangue, sai bala pra tudo que é lado, publicidade desenfreada de cervejas, etc.
    Não sou muito de assistir TV.
    Pois a TV nos dias de hoje é verdadeiro atrazo de vida, principalmente no que se refere aos tais dos BBB que não acrescentam absolutamente nada na vida de uma pessoa, consciente.
    Muito pelo contrário.
    A TV mostra
    Assiste quem quer as “atrações”
    Futeis, sangrentas, baixo nivel.
    O sujeito durante o dia em São Paulo enfrenta toda a sorte de stress desde o memomento que levanta da cama.
    Quando chega em casa a noite “na cor verde” ainda liga a TV para ver bobagens, programas inuteis, violentos, etc?
    A não ser um noticiario sério.
    Prefiro ouvir musica em quanto trabalho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s