Canto da Cátia: Prédio desaba em São Bernardo

 

Prédio desaba em São Bernardo

 

O que está acontecendo com os prédios no Brasil? A pergunta voltou a se repetir desde que na noite de segunda-feira despencou parte de um prédio na área central de São Bernardo do Campo, região do ABC Paulista. Há pouco mais de uma semana, a tragédia foi no Rio de Janeiro, com três edifícios se transformando em entulho e pó e soterrando uma quantidade enorme de pessoas. A repórter Cátia Toffoletto que acompanhou o trabalho de resgate do Corpo de Bombeiros conversou com o prefeito de São Bernardo, Luis Marinho, que se antecipou às críticas de que há falta de fiscalização do setor público dizendo que a documentação do prédio estava em dia. Perícia técnica e investigação serão feitas nos dois casos para que se tenha ideia de quem é o responsável pelos acidentes, mas, historicamente, aqui no Brasil, sabe-se que boa parte destes dramas poderia ser evitada se houvesse trabalho preventivo e responsabilidade do cidadão e das autoridades. Infelizmente, o jeitinho brasileiro, sempre alardeado como sendo uma habilidade para saírmos de situações complexas, tem se transformado em um desastre para nossa sociedade.

 

Para ver mais imagens do desabamento em São Bernardo, feitas pela repórter Cátia Toffoletto, visite nosso site no Flickr, clicando na foto acima.

2 comentários sobre “Canto da Cátia: Prédio desaba em São Bernardo

  1. Pos é Carissima Catia
    Mais uma catastrofe!
    Mesmo assim com predios desabando, rachando, contribuindo para entupir ruas de carros, caos, mais predios cada vez mais altos estão sendo construidos, graças a lei da “outorga Onerosa” que permite que predios cada vez mais altos, mais finos, com unidades menores, sejam construidos erm locais onde antes era permitida somente a construção de predios com altura de dez andares.
    Graças aos nossos politicos que legislam solmente para aprovar tudo o que é de bom e para favorecer somente construtoras e incorporadoras.
    Estra lei da outorga onerosa é um verdadeiro absurdo
    é permityido construir predios acima do “permitido” desde que a construtora pague “pelo uso do espaço aéreo” com seus andares a mais.
    Uma vergonha o que vem acontecendo em São Paulo graças a tal lei ON
    So pesquisarem no google, Outorga Onerosa.

  2. Na região Central de SP tem predios que dá até medo de entrar. Áss vezes até uso as escadas porque não confio no elevador. Velho demais. Na rua Conselheiro Crispiniano tem predios que é transformado em estacionamento. Tem um que eles fizeram até uma rampa e levas os carros até o segundo andar. Será que isso pode? O Prédio tem estrutura para isso? Não sou engenheiro mas acho estranho essas coisas. Vejo muitos predios que funcionam no improviso. São Paulo é a Terra do jeitinho. A tal da propina. Agora querem que predios tenham laudos a cada cinco anos. Seria bom se isso fosse levado com seriedade. Mas quem sabe não teremos a industria dos laudos? Dois exemplos: Nos anos 80 trabalhei numa danceteria e o dono conseguia comprar laudo dos bombeiros. Trabalhei numa empresa nos anos 90 e o fiscal da Prefeitura passava por lá para fazer vistoria. Era tanta coisa que o fiscal pedia que era mais fácil derrubar o predio e fazer outro. Resultado: o fiscal cobrava uma propina e o predio era liberado. Isso naquela época. Imagina hj. Então o que prejudica SP é a tal da propina. Infelizmente a população paga caro com isso: Paga com a vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s