Aeroportos e estradas, tem de privatizar !

 

Por Carlos Magno Gibrail

 

 

Num momento em que estádios de futebol particulares recebem doações estatais, parece distante esta saudável premissa de entregar à iniciativa privada aeroportos e estradas. Em São Paulo, exemplo maior do sucesso rodoviário entregue às empresas particulares, prefeitura e estado ordenadas pela FIFA doam capital público ao privado para a COPA 14. Ainda assim, a qualidade das estradas paulistas e a eficácia do sistema não deverá permitir a volta da administração pública ao sistema rodoviário.

 

E já era hora deste exemplo ter se alastrado pelo país afora, evitando episódios como o que Chapecó vive. Seu aeroporto foi interditado pela Anac por falta de manutenção. Por 75 dia, desde 21 de abril, os 25 mil passageiros que mensalmente o utilizam deverão optar por alternativas. Todas incluindo as rodovias. Enquanto isso o Prefeito Caramori – DEM, que é dono de empresas de ônibus na região, e a oposição trocam acusações a respeito do fechamento. Senti in loco este desconforto ao ir na quarta feira à Chapecó, quando desci em Passo Fundo e, de automóvel, vivi o problema das rodovias nacionais. Não há sinalização quase nenhuma, inclusive indicativa de Chapecó. Ou se usa GPS ou se é nativo. A pista com trechos em estado compatível provavelmente à do aeroporto interditado. Além disso, vários caminhões com caçambas proibidas. Transportando gado em carrocerias de madeira, o que não é autorizado por facilitar a transferência de doenças. Ou frangos sendo carregados em pequenas caixas plásticas, que ao primeiro tranco podem se espalhar na pista e causar graves acidentes. Neste caso, o inacreditável é que nesta região de Chapecó, 400mil habitantes com metade só na cidade, estão grandes indústrias que fabricam estas caçambas. Para gado, porcos e frangos.

 

A cidade de Chapecó aguarda ansiosa a reabertura do aeroporto, as eleições e melhoria nas rodovias. Não será fácil, pois elas envolverão colocar a mão no bolso. Assim como para usufruir dos bons hotéis, restaurantes e Shopping que possui

 


Carlos Magno Gibrail é mestre em Administração, Organização e Recursos Humanos, e escreve às quartas-feiras, no Blog do Mílton Jung

6 comentários sobre “Aeroportos e estradas, tem de privatizar !

  1. Carlos
    A ANArC ditas as normas, mas não oferece soluções
    Onde pousar um ATR 72, um 737, um ERJ 195 proximo a Chapecó?
    Qual aerodromo alternativo comporta estes tipos de aeronaves?
    De Floripa ate Chapeco a distancia e muito grande!

  2. Armando Italo,
    As alternativas são Passo Fundo e Joaçaba, que distam mais ou menos 200 km, ou duas horas de carro.
    Ao mesmo tempo é preciso precaução, pois não são estradas como as paulistas. Que cobram alto pedágios, mas tem qualidade.
    Quanto Á ANAC, tudo indica que a pista não tinha condições, embora a turma do DEM acusava um vereador do PT de ter feito um estardalhaço por um pneu furado em função de pedra na pista.
    Chapecó perde dinheiro, pois os melhores hotéis ficam abaixo da lotação. As 25 mil pessoas mensais são na maioria agentes ativos do mercado.

  3. Julio Tannus
    Quando fiz o mestrado na PUC no final da década de 80, uma colega, filha de ex ferroviário, apresentou sua dissertação sobre a questão do poder público ignorar totalmente o transporte ferroviário. Para carga e passageiros. Era um abandono irresponsável. Todos assistimos durante os anos do curso o vibrante posicionamento sobre os trens.
    Uma marca que ficou entre todos nós companheiros de mestrado e que certamente nos acompanha até hoje, dada a fácil constatação desta estratégia de transportes focados nos veículos rodoviários.
    A aversão não deve ser somente por trilhos, mas também com fios, haja visto os ônibus elétricos.

  4. Agrande arrecada impostos astronomicos, para empregar na população
    na forma de educação, saúde, transportes terrestres este muito deficiente aonde
    não tem praças de pedagios os contratos são bem elaborados de modo
    que são imunes a uma cpi. Cade ao povo se qualificara no que tange
    a escolha melhores de seus representantes que são os deputados
    estaduais federais e senadores responsáveis pela elaboração de novas
    leis e emendas na constituição federal, ok

  5. Carlos Magno, sois um profundo DESCONHECEDOR da realidade de nossa região e nossa cidade. Os frangos que disseste são transportados assim por padronização das empresas que os abatem.Com a parada do aeroporto perdemos dinheiro e tempo? sim perdemos, mas hj graças a esta encrenca temos um aeroporto tecnicamente mais seguro, rodaste pelas RS´s que são muito ruins mesmo, mas o que tu me diz do empresario de transporte que paga premio para seu motorista rodar com peso acima da lei? que consequentemente vai destruir as rodovias. Temos um movimento de construção de ferrovias que a duras penas avança por conta de lobby´s. Não sabe de nada inocenteee

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s