De vida

 

Por Maria Lucia Solla

 

Amo a Vida.
Sou profundamente grata por ela
e hoje partilho esse amor
através da voz de quem sabe
como e o que dizer.

 

 

Gracias a la vida que me ha dado tanto
Me dio dos luceros que cuando los abro
Perfecto distingo lo negro del blanco
Y en el alto cielo su fondo estrellado
Y en las multitudes el hombre que yo amo

 

Gracias a la vida que me ha dado tanto
Me ha dado el oído que en todo su ancho
Graba noche y día grillos y canarios
Martirios, turbinas, ladridos, chubascos
Y la voz tan tierna de mi bien amado

 

Gracias a la vida que me ha dado tanto
Me ha dado el sonido y el abecedario
Con él, las palabras que pienso y declaro
Madre, amigo, hermano
Y luz alumbrando la ruta del alma del que estoy amando

 

Gracias a la vida que me ha dado tanto
Me ha dado la marcha de mis pies cansados
Con ellos anduve ciudades y charcos
Playas y desiertos, montañas y llanos
Y la casa tuya, tu calle y tu patio

 

Gracias a la vida que me ha dado tanto
Me dio el corazón que agita su marco
Cuando miro el fruto del cerebro humano
Cuando miro el bueno tan lejos del malo
Cuando miro el fondo de tus ojos claros

 

Gracias a la vida que me ha dado tanto
Me ha dado la risa y me ha dado el llanto
Así yo distingo dicha de quebranto
Los dos materiales que forman mi canto
Y el canto de ustedes que es el mismo canto
Y el canto de todos que es mi propio canto

 

Gracias a la vida, gracias a la vida

 


Maria Lucia Solla é professora de idiomas, terapeuta, e realiza oficinas de Desenvolvimento do Pensamento Criativo e de Arte e Criação. Aos domingos escreve no Blog do Mílton Jung

12 comentários sobre “De vida

  1. A força do pensamento “bem direcionado” produz algo intraduzível É o amor: por si, pela vida!Quando “o homem” mobiliza sua voz…..
    Lindo! Momento raro!

  2. Maria Lucia,
    que ótimo compartilhar deste momento de contemplação de amor a vida, também sou profundamente grato por ela.
    Muito amor e Luz !!!
    beijos!!!

    Marcos Paulo Dias.

  3. Felicidade é acordar em uma manhã qualquer e ouvir esta celebração de amor a vida.
    Musica que faz bem para todas a células.
    Eu sou grata a vida e a você Maria Lucia.
    Abraços .

  4. Maluzinha,
    essa musica foi desenhada na pele de sua autora bem quando seus algozes pensaram ter retirado todo o que ela tinha. Não chegaram nem perto de conseguir essa façanha.
    Ela era dona de muito mais do que eles podiam ver. Existem coisas que não se pode levar e estas são o verdadeiro tesouro sem preço. Um que a mão alheia não leva nem pode esconder.
    Um beijo.

  5. Sérgio,

    bom dia! Sua máquina de café andarilha, que adora me visitar, deve estar a todo vapor, literalmente, perfumando a casa. Valentina saracoteando å tua volta e Maria Carolina suspirando paciente: “ah! essa adolescente cansa a minha sabedoria!” E dá de patas!

    Bom ter vc.

    beijo,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s