Moda e carne

 

Por Carlos Magno Gibrail

 

oskl-img-el-n42-008-1

desfile de moda em foto do site oficial da SPFW2017

 

Terminada a SPFW, procurava analisar o motivo pelo qual o setor de Moda nacional ainda não tinha conseguido destaque internacional em produtos e materiais que teria condições de liderar.

 

Até agora inúmeros esforços já foram realizados por estilistas, confeccionistas e entidades representativas e governamentais.

 

Outros ramos em condições naturais privilegiadas também têm encontrado dificuldades para atingir algum destaque no mercado global.

 

O café, por exemplo, com o maior volume disparado de produção mundial, não consegue até hoje um reconhecimento de qualidade. O futebol, com um plantel invejável de garotos de talento, viveu anos gloriosos, mas perdeu a hegemonia e a liderança.

 

O Agronegócio é uma exceção e o caminho que seguiu de resiliência e competência poderia ser o exemplo a ser espelhado. A qualidade mundialmente reconhecida é, ou era, atestada pelos mercados mais exigentes.

 

Essa linha de raciocínio sobre Moda foi interrompida na sexta-feira, diante das informações divulgadas pela “Carne Fraca”, pois escancaravam um rol de informações fortíssimas e espetaculares, misturando datas e números incompatíveis, bem como fraudes em composturas e misturas, deixando indagações cruciais.

 

Um pacote que poderia levar a explosão do setor de melhor desempenho nacional. Mesmo já tendo passado por maus momentos como o da febre aftosa e da vaca louca. Afinal, trata-se de um ambiente altamente competitivo e punitivo.

 

Ouvindo ontem de manhã o comentário de Sardenberg, gravado para o programa de Mílton Jung, “in loco”, pois falava de Santa Catarina, uma das regiões produtoras de carne de alta qualidade, surgiu uma esperança de tranquilidade, ultrapassando e neutralizando a “Carne Fraca”. Provavelmente um exagero, que torcemos, seja passageiro.

 

 

Esperamos que a Carne volte a ser forte e setores como o de Moda possam usá-la como inspiração.

 

Carlos Magno Gibrail é mestre em Administração, Organização e Recursos Humanos. Escreve no Blog do Mílton Jung, às quartas-feiras.

Internet pressiona e SPFW adotará modelo “veja agora, compre agora”

 

Por Carlos Magno Gibrail

 

Moda

 

Na próxima SPFW, Paulo Borges introduzirá o sistema “see now, buy now“, seguindo os passos inovadores de marcas como Burberry, Diane Von Furstenberg, Tom Ford e Tommy Hilfiger.

 

Significa que estamos chegando ao fim de mais um ciclo da moda, que, ao romper , atende a nova geração de estilistas e consumidores, impulsionados pela comunicação “WWW”.

 

Deixamos para trás varias espirais da moda, do pós-guerra até hoje. A alta costura foi esmaecida pela industrialização, que por sua vez teve sua ruptura através da sistematização dos bureaux, encabeçados pela Promostyl, quando se estabeleceu um “prêt-à-porter” direcionado, que posteriormente foi colocado em segundo plano pela realidade do lifestyle.*

 

Voltamos agora à passarela para atender o desejo dos consumidores.

 

Através da contemporânea internet e das mídias sociais interativas que refletem o “I want what I want when I want”, ou seja, “eu quero o que eu quero quando eu quero”.

 

Em fevereiro de 2017, teremos o SPFW No. 42, sem relação com verão nem inverno, e as coleções desfiladas poderão ser vistas nos smarts e compradas na hora. E Paulo Borges poderá comemorar o pioneirismo, assim como, em 2001, a SPFW fez na transmissão ao vivo pela internet.

 

Não será tarefa fácil. E curioso é que a MODA que bem definimos como uma forma de comunicação se curve à comunicação e sua evolução, como que referendando Mc Luhan, ao ditar que “o meio é a mensagem”.

 

Carlos Magno Gibrail é mestre em Administração, Organização e Recursos Humanos. Escreve no Blog do Milton Jung, às quartas-feiras.

 

(quer saber mais, leia abaixo)

 

Continuar lendo

Vem aí a Semana de Moda Brasileira

 

Por Dora Estevam

 

Na próxima semana, o trânsito nas imediações do Parque do Ibirapuera ganhará um público fashion e descolado, e haverá movimentação extraordinária, em muitos ambientes. Começa a Semana de Moda Brasileira (SPFW). De volta ao habitat inicial, o evento mostrará o que os estilistas nacionais prepararam para as brasileiras vestir no verão 2013/2014.

 

Quer saber quem vai desfilar? Vamos ao line-up:

 

 

Enquanto não sabemos o que vem por aí, vamos dar uma espiada nas tendências de verão que foram desfiladas em NY, Londres, Milão e Paris.

 

Começando com as propostas de Karl Lagerfeld para Chanel, os longos vestidos fluídos e estampados.

 

 

Os curtos do Atelier Versace.

 

 

As calças e os terninhos da Dior.

 

 

Um pouco da extravagãncia de Jean Paul Gaultier

 

 

Agora é só esperar! Semana que vem conversaremos sobre os elementos surpresa das coleções Vale lembrar que os desfiles são apresentados para a imprensa e compradores, não é aberto ao público

 

Dora Estevam é jornalista e escreve sobre moda no Blog do Mílton Jung, aos sábados.

 

Parque Villa Lobos será cenário do SPFW

 

Por Dora Estevam

 

 

A temporada de inverno 2013 será apresentada em apenas quatro dias, de 29 de outubro a 1º de novembro, no mirante do Parque Villa Lobos, zona oeste de São Paulo, em um cenário inspirado em estufas de plantas, idealizado pelo artista plástico Felipe Morozini. As mudanças do calendário e do tempo de desfiles fazem parte do momento de transição do SPFW.

 

Algumas grifes que tradicionalmente integram o line-up do evento vão apresentar as coleções de maneira pouco diferente das que estamos acostumados, através de vídeos ou exposições de fotografias. Neon, Fernanda Yamamoto e Paula Raia aderiram ao novo estilo de apresentação.

 

Como sempre tem muitas novidades em torno das marcas, a começar com o retorno da Maria Garcia, na programação dos desfiles, após um tempo de três anos, desde 2010. Segundo a diretora criativa, Clô Orozco, a marca está mais madura e mais comercial, a coleção está completa e pronta para alcançar muitas clientes, vender muito.

 

Vamos matar a curiosidade logo e ver quem desfila e quando:

 

Segunda-feira, 29 de outubro

 

12h Osklen
15h Têca por Helô Rocha
16h Ronaldo Fraga
17h30 FH por Fause Haten
19h Tufi Duek (foto)
20h Triton
21h Ellus

 

Terça-feira, 30 de outubro

 

16h João Pimenta
17h30 Uma Raquel Davidowicz
19h Samuel Cirnansck
20h30 Lino Villaventura
21h30 Colcci

 

Quarta-feira, 31 de outubro

 

11h30 Gloria Coelho
16h Alexandre Herchcovitch
17h30 Maria Garcia
19h R. Rosner
20h15 Vitorino Campos
21h30 Forum

 

Quinta-feira, 1º de novembro

 

11h Reinaldo Lourenço

 

Lembrando que o evento é destinado à mídia que cobre moda e a convidadas especiais. Não é aberto ao público.

 

Dora Estevam é jornalista e escreve sobre moda no Blog do Mílton Jung, aos sábados.

Meus desfiles preferidos na São Paulo Fashion Week

 

Por Dora Estevam

 

A semana foi marcada com desfiles nos quais as estilistas apresentam toda a moda brasileira para o verão 2013. O evento que ocorrre em São Paulo, duas vezes por ano, reúne editores de moda, fashionistas, celebridades nacionais e internacionais, sempre no prédio da Fundação Bienal no Parque do Ibirapuera. Através dos desfiles as editoras desenvolvem as produções que você vai usar depois, de acordo com o seu biotipo. Vale dar uma espiada nas salas.

 

Abaixo o line up das marcas que participaram desta edição e também alguns vídeos para você usar como referência na próxima estação.

 

Quem desfilou

 

11SEG

 

16:30 Animale
17:45 Alexandre Herchcovitch
19:00 Tufi Duek
20:30 FH por Fause Haten
21:30 Triton

 

12TER

 

11:00 Paula Raia
15:30 Ellus
17:00 Movimento
18:30 Iódice
20:30 Ronaldo Fraga

 

13QUA

 

17:00 Água de Coco p/ Liana Thomaz
18:30 Uma Raquel Davidowicz
20:00 Adriana Degreas
21:30 Forum

 

14QUI

 

15:30 Neon
16:30 João Pimenta
17:30 Juliana Jabour
18:30 Jefferson Kulig
20:00 Osklen
21:30 Colcci

 

15SEX

 

11:30 Reinaldo Lourenço
15:30 R.Rosner
17:00 Gloria Coelho
18:30 Alexandre Herchcovitch MEN
20:00 Vitorino Campos
21:30 Lino Villaventura

 

16SAB

 

11:00 Cavalera
13:00 André Lima
15:30 Têca por Hêlo Rocha
17:00 Fernanda Yamamoto
18:30 Amapô
20:00 Samuel Cirnansck

 

De quem mais gostei

 

ANIMALE

 

 

COLCCI

 

 

JULIANA JABOUR

 

 


Dora Estevam é jornalista e escreve sobre moda e estilo de vida, no Blog do Mílton Jung