Foto-ouvinte: O velho e a criança

A criança e o velho

O avô – ou seria o pai ? – todos os dias leva duas crianças para a esquina da rua Paula Souza e Florêncio de Abreu, centro de São Paulo. E lá deixa sua equipe de plantão a pedir esmola quando o sinal fecha. Eles ficam ali “onde todos veem mas ninguém enxerga”, escreveu o ouvinte-internauta Samuel Oliveira que está indignado com a situação encontrada a 200 metros da sede da Fundação Casa e bem próximo do Palácio da Polícia.

2 comentários sobre “Foto-ouvinte: O velho e a criança

  1. a indignação é o primeiro passo para uma ação, o problema é que paramos na primeira, e muita vezes não procuramos entender que culpar o sujeito reproduzimos a ideologia do sistema dominante, o qual nos insere a idéia da meritocracia, ou seja, o sucesso ou fracasso depende exclusivamente do sujeito, o que obviamente não é verdade em nossa sociedade capitalista.

  2. Eu acho que tem que dar é um emprego para esse velho vagabundo,e lugar de criança é na escola e não na rua pedindo esmola.Tem que dar é uma violenta surra nesse velho,usando a criança pra chamar a atenção.Ha se eu tivesse por perto esse velho rabujento ia ver só o que é bom pra tosse.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s