Twittadas do dia: Sérgio Guerra e lei antifumo

 

Desde o retorno ao trabalho, a novidade no blog é a publicação das mensagens que envio pelo Twitter (dê uma olhada na lateral direita). Alguém há de dizer: “grande novidade, Milton Jung”. Pois é, caro amigo e amiga, a vida deste blogueiro não é fácil, pois a plataforma em que estou ancorado nem sempre me oferece todos os recursos que sonhei. Este só está no ar graças a turma de apoio da internet da CBN.

Ao que interessa: minha intenção é diariamente dar publicidade no blog também aos comentários enviados pelo Twiiter, pois cresce a cada semana a participação do pessoal por lá. Nem sempre será possível colocar todos por aqui, mas me esforçarei para que as opiniões estejam bem representadas.

Nesta segunda-feira, a entrevista do presidente do PSDB Sérgio Guerra, explicando o uso de dinheiro público para que a filha dele o acompanhasse em viagem para Nova Iorque, onde fez tratamento de saúde, e a reação de fumantes contra a lei antifumo no Estado de São Paulo foram os temas que mais geraram comentários.

Sérgio Guerra e o dinheiro público

marcosrs@miltonjung Se o dinheiro é NOSSO, fico feliz em saber que se precisar ir à NY tratar da saúde, posso contar com um avião do senado. Não?

fernandomaciel@miltonjung Precisa avisar ao Sen. Sérgio Guerra que a palavra “farra” no caso das passagens não é no sentido de diversão, mas do uso ilegal

Isasperandio@miltonjung vou pedir pra minha empresa pagar a passagem pra minha máe vir pra cá e ir ao médico comigo. Tá, até parece. É uma palhaçada

Isasperandio@miltonjung meu, vai contar história pra boi dormir em outra freguesia, né? é indignante como chamam a gente de otário.

bferrari@miltonjung Ele ganha o suficiente para comprar a passagem. Se o país desse condições a todo enfermo tratar-se no exterior, talvez sim.

hellenquirinoRT @miltonjung Sen. Sérgio Guerra defende gasto c passagem aérea p filha ir à NY p ser sua acompanhante em trat d saúde. Neste caso pode ?

AntonioBicarato@miltonjung mas ainda sendo uma questao de saude, nao deixa de ser uma questao particular, nao?

AlmirVieira@miltonjung Senador faça me o favor o senhor é muito desinteressado com o dinheiro público!

Lei antifumo em São Paulo

hugowt@miltonjung quem é contra sempre vai reclamar mais do que quem é a favor vai elogiar… saí neste fim de semana e só vi sorrisos de alívio

Roberto_SP@miltonjung Milton, só manda email quem quer reclamar,né?! A grande maioria, que apoia, não se manifesta.Acho incrível quem reclama

marcospog@miltonjung É a meia duzia de fumantes de sempre, sem respeito, sem vergonha e que não aceita o fato de que ele é um cancer

FefeThomson@miltonjung Claro que os e-mails são contra. Quando as pessoas são a favor, não costumam se manifestar. É cultural…about 6 hours ago from web in reply to miltonjung

danielmajzoub@miltonjung mais uma medida draconiana e extrema, apesar de odiar cigarros, não se pode fazer a coisa certa da maneira errada!

ric_gonzalez@miltonjung E eu que fui no Genésio (Vl Madalena) e o garçom me disse que apoiava tanto a Lei, que ele mesmo ia ao banheiro ligar no 0800!

elderbraga@miltonjung Em São Paulo qualquer minoria é gigantesca e merece atençãoabout 8 hours ago from Twitterrific in reply to miltonjung

anabenassi@miltonjung Minha irmã foi em uma balada no sábado e falou que realmente funcionou…Ela adorou não sair fedendo cigarro.

KilderCatapano@miltonjung Mas são a minoria. A maioria q aprova a lei não tem do que reclamar 

NRigon@miltonjung não tem pq ser contra… a maioria não é fumante e a maioria em qquer democracia tem o direito de escolher o que é melhor

MAFE_87Toh chocada!!! RT: @miltonjung: Em São Paulo, 16 multas por descumprimento da lei antifumo, diz Gov de SP.

guskauffman@miltonjung Gente contra terá sempre!! Mas que esta lei antifumo veio em boa hora, isto veio! Chego em casa ainda cheiroso.

panicoemsp@miltonjung Bem, eu apoio a lei antifumo. Agora posso jantar fora numa boa.

sergiostampar@miltonjung Isso ai.. tem que multar mesmo! Primeiro o respeito com quem não fuma!

2 comentários sobre “Twittadas do dia: Sérgio Guerra e lei antifumo

  1. É engraçado como é fácil confundir respeito e a falta dele para impor, em nome de uma causa santa.
    Fica muito escancarado que não sabemos nem de longe respeitar diferenças. Ao primeiro estremecimento sacamos nossas armas e que salve-se quem puder. Mas primeiro os primeiros.
    Não sou contrario a que sejam tomadas medidas para isolar a fumaça de quem preferir arriscar a vida. Mas poderíamos contar com ambientes realmente isolados para este fim, e para resguardar trabalhadores, o serviço nestes locais seria simplesmente, suspenso. Educar é mesmo muito caro!
    Jogar para o meio da rua é mais barato. Quem fuma não presta mesmo.
    Mobilizar fiscais e caçar cizeiros em condomínio sim. AlphaVile na mira! hahaha.
    E quem vai dar conta da merenda nas escolas? E os livros? Alguém ainda se lembra? Acaso aqueles livros pagos com o dinheiro do estado, alguém perdeu direitos por causa daquilo? Não importa mais?
    E quem fica preso duas horas no transito… Respira o que?
    Minorias?
    Maioria?
    Alguém se lembra que somos obrigados a garantir direitos iguais? E garantidos não por que é bom ou ruim pra mim. Mas garantidos por que a democracia é assim. Existe espaço para todos, e este espaço é a exata medida de ser democrático ou não.
    Cigarro mata, e isso não se pode negar. Mas não se pode dizer que mata menos que ignorar o fato de que qualquer um, minimamente qualificado recebeu de muita gente boa, o direito de adquirir uma arma. E caso não queira muito aborrecimento, ainda pode contar com o mercado negro escancarado, para comprar de tudo o que a cidadania normal não quer enxergar! Ou não temos?
    Sejamos todos assim ou assado, é conversa pra Hugo Chaves ver!
    Empurrar o problema dos outros pra fora daqui, não ajuda em nada. Mas é a solução que aparentemente contenta os cidadãos, possivelmente mais educados e ricos, deste país de oligarquias e latifúndios!
    Há quem plante uma árvore e nem imagine que o lixo da cozinha vai parar no mar!
    Resolvemos o cigarro e nos vemos em NY, respirando o perfume de flores do campo… hum…
    Que coisa! O noticiário não deixa esquecer que falta construir muito esgoto e metrô até arranhar o padrão do Tio Sam. Não acompanhar também pode matar até com uma gripe. Mas quem preferir não se preocupe, vai ter seu direito preservado.
    Pelo menos por enquanto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s