Foto-ouvinte: Acidente grave na Inajar

 

Acidente na Inajar de Souza

Nesta manhã, um acidente grave envolvendo um carro, uma moto e dois ônibus na avenida Inajar de Souza, na zona norte de São Paulo, foi registrado pelo ouvinte-internauta Màssao Uéhara. De acordo com a repórter Mônica Pocker, o motorista foi jogado para fora do carro devido a violência do choque e está em estado grave. O motoqueiro também está hospitalizado.

4 comentários sobre “Foto-ouvinte: Acidente grave na Inajar

  1. Olá Milton, vendo a foto deste acidente, venho aqui indagar o seguinte: Quando será que na cidade de São Paulo e em todas as demais cidades do Brasil haverá um departamento que fiscalize as condições que alguns motoristas de ônibus dirigem seus carros, pois trabalho na cidade de São Paulo, e não há um dia sequer que eu não veja um ônibus infringindo a Lei, pois eles fecham os carros sem qualquer cerimônia, atravessam faróis fechados, andam em altíssima velocidade por seus corredores, fecham cruzamentos, etc..etc..etc..

    Eu fico pensando se para os veículos de passeio a velocidade máxima permitida em algumas vias da cidade é a de 70kmH e que em caso de necessidade de frenagem já é quase impossível parar o carro a tempo. Que dirá um ôibus bi-articulado que deve pesar no mínimo 10 vezes mais que um veículo comum.

    E me pergunto porque será que certos motoristas muitas vezes ultrapassam o limite de velocidade pois em vias de 60kmH é comum vc ver um ônibus passando sem dificuldades qualquer outro veículo. Então gostaria de saber o que as autoridades fazem a respeito, pois se eu por descuido ou nescessidade passar um farol vermelho (de madrugada por exemplo) tenho quase que absoluta certeza que dentro de 15 dias receberei uma notificação da nossa eficaz Prefeitura. E no caso dos ônibus???Eles também pagam multas?? São penalizados de alguma forma??? Pois parece que não, pois acidentes acontencem quase todos os dias na cidade, envolvendo o transporte público e não vejo sinais de melhora para isso, quantos Garis, pedestres e pessoas em ponto de ônibus terão que falecer para que algo seja feito???.

    Antes de terminar gostaria de parabenizá-los (vcs da CBN) pelo ótimo trabalho.

  2. Já passou da hora que as autoridades tomem providencias quanto a forma como os motoristas de ônibus trafegam em SP.
    São verdadeiros assassinos, e exemplos não faltam. Nessa semana um desses assassinos matou duas pessoas que esperavam na calçada para atravessar a rua.
    E nem adiantar reclamar das condições de trabalho, pois em comparação com outros trabalhadores eles são muito bem remunerados pelo fazem.

  3. O Expresso do Descaso (Expresso Tiradentes ex-Fura Fila) – Por Provos Brasil

    As fotos não ficaram muito nítidas, mas as imagens do descaso ficou muito clara. O Governo do Estado de São Paulo continua com a sua difusão de propagandas enganosas sobre mudanças nos transportes públicos, mais especificamente refiro-me ao Metrô, já que a historinha de se chegar de Itaquera até o Murumbi em 46 minutos é a coisa bem imbecil que vi nos últimos anos.

    Mas isso tem uma boa e única explicação: esses senhores que falam, ditam, e impõem suas regras e idéias jamais utilizaram o Metrô em suas medíocres vidas.

    As fotos acima mostra como funciona as Estações do Expresso Tiradentes (Ex-Fura Fila) em dias chuvosos nesta São Paulo suja, cinza e abandonada (http://saopauloabandonada.com.br/) que a tudo engole. Inclusive o Metrô desabou em 2007, sete pessoas perderam suas vidas e faço aqui uma pergunta: O que aconteceu? Quem foi responsabilizado? Quais os engenheiros que foram demitidos? Como sempre o descaso é mantido e silenciado por uma grande parte da mídia podre e corporativa, já que os “amiguinhos” não podem ficar “sujos na foto”!

    Essas fotos foram tiradas na segunda-feira (26.10.2009) por volta das 18:00HS na Estação “Rua do Grito” quando caiu sobre São Paulo uma chuva forte, mas com pouca duração. O mais absurdo são esses baldes que ficam pela estação embaixo das goteiras, uma coisa lastimável – todas as Estações do Expresso são ridículas, e pessimamente feitas. Na Estação “Ana Neri” quando chove você não pode ficar esperando o ônibus no lugar adequado, já que os carros que passam pela Avenida do Estado jogam água em quem esta esperando na plataforma, um absurdo que acontece sempre quando chove.

    Em outras ocasiões já presenciei senhores que caíram na Estação “Rua do Grito”, sem contar que os ônibus que percorrem esse trajeto são péssimos para as pessoas com baixa estatura e acima do peso. Os ônibus nas partes internas são desproporcionais, com degraus de impedem pessoas com idade avançada de se movimentar dentro do mesmo. E no ano que vem vamos ter que pagar 2,80 para andar nestes péssimos ônibus.

    Provos Brasil

    Fotos: By Nema Herrero

  4. acidente, como prórpio nome diz: é um acidente. Mas, definitivamente, não tem como temer os motoristas e suas arte-manhas. Na linha 437A/10 Metrô Saúde – Vila Livieiro, ou motoristas parecem estar pilotando um F1 ou algum carro esportivo. Alguns deles chegam a competir com os carros e, pasmem, com os próprios colegas; falo isso porque fui tentar passear pela cidade de ônibus pra sentir a sensação de muitos em contrapartida a retórica de outros.

    Provos Brasil: o marketing governamental do governo do Estado de S.Paulo continua vivo e irrigando a hipocrisia paulistana !!!

    _

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s