Hugo Possolo fala de assalto aos Parlapatões

 

HugoPossolo

A violência no espaço Parlapatões na praça Roosevelt foi considerada um caso isolado por um dos fundadores do grupo de artistas que mantém o local. Hugo Possolo disse que o assalto que deixou o companheiro dele Mário Bortolotto gravemente ferido pode ocorrer em qualquer ponto da cidade. O importante para ele é que o cidadão não se torne refém desta situação e saiba reagir com inteligência, como fizeram cerca de 400 pessoas na noite de domingo que se reuniram no mesmo local em que Bortolotto foi baleado (leia sobre o encontro no Blog São Paulo Urgente, onde você encontrará uma série de fotos na homenagem ao diretor artístico).

Hugo Possolo explicou a importância do trabalho cultural no entorno da praça Roosevelt e está confiante de que o projeto de recuperação da área, de responsabilidade da prefeitura, possa avançar nos próximos meses:

Ouça a entrevista de Hugo Possolo, dos Parlapatões

Uma das ironias deste caso de violência é o fato de Mário Bortolotto, que está hospitalizado e em coma induzido, manter um blog com o nome “Atire no dramaturgo”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s