O defeito dos homens, por elas

 

Por Dora Estevam

Falar da celulite, do rosto enrugado, da barriga que teima em se mostrar e do bumbum caído da mulher é fácil. E como se fala. Mas quando nós fazemos comparações com homens tipo David Beckham – o abdome mais sarado do mundo – aí é covardia. A comparação é injusta, dirá alguém. E quem está falando em justiça ?

David_Beckham

Dos defeitos no físico e na personalidade. Se é para é falar do que não gosta neles, as mulheres não perdoam: barriga caída, barriga estufada, barriga de cerveja. Não faltam adjetivos. E qualquer um desses é insuportável.

Vamos a lista:

Ø    Dentes amarelados ou a falta de um deles
Ø   Horas diante do computador sem dar a mínima para a família
Ø  Adoração pelo futebol somada a mania de vestir a camisa do clube quando recebe visita em casa. É do time dos cafonas.
Ø    Barulhinho com a colher do café, mexendo o açúcar
Ø    Preguiça de tudo, não levanta por nada      
Ø    Pintar os cabelos brancos ou (tentar) esconder a careca.
Ø    Senhores de idade avançada com look de bad boy
Ø   Nunca reparar na roupa nova da mulher e quando repara pergunta se custou caro.

O comportamento do homem se estende da casa para o trabalho, e a aparência é capaz de indicar que ele é megainteligente na atividade profissional mas em casa não passa de um Ogro. Não dá !

Eu, particularmente, não gosto quando vou ao restaurante com a família e tem lá uma mesa cheia de homens falando bobagens em alto e bom som, é muito desagradável. 

Alguns defeitos você tolera, mas quando superarm as qualidades, aquele abraço.
 
Mulher não tolera falta de educação, falta de higiene, falta de asseio. Não tolera que o seu marido fique olhando para o traseiro ou derrière da menina que passa … apenas para lembrar algumas dentre muitas reclamações, pois para todas não haveria espaço suficiente aqui.

Tudo bem, você não precisa ser um lorde Inglês (ou um craque inglês como Beckham) , mas tem alguns cuidados que não custam caro e podem melhorar muito a sua aparência física e intelectual com reflexos na sua auto-estima. Vá por mim:
 
Ø    Comece praticando algum exercício;
Ø    Se tiver os dentes amarelados, opte por fazer um clareamento;
Ø    Deixe sempre a barba bem feita;
Ø    Mantenha os cabelos bem cortados e limpos;
Ø    Faça de vez em quando uma limpeza de pele;
Ø    Procure usar um filtro solar e creme;
Ø    Na roupa, procure as cores da estação para não destoar dos outros;
Ø    E, acima de tudo, tenha educação em qualquer situação da sua vida.

A ideia não é fazer de você um homem obsessivo pela beleza, levá-lo a torrar o dinheiro com produtos caríssimos nem tão pouco transformá-lo em um jovenzinho sem idade para tal. É, sim, a de criar uma imagem interessante e bacana, para ser respeitado pelas pessoas que o rodeiam, no trabalho, em casa, entre os amigos.
 
A ala feminina agradece.

Dora Estevam é jornalista e aos sábados escreve no Blog do Mílton Jung sobre moda e estillo de vida.

19 comentários sobre “O defeito dos homens, por elas

  1. Dora, Adorei seu texto, embora tenha ficado com pena de alguns homens….rssss principalmente daqueles que não tem uma mulher (entendam mulher como amiga, mãe, alguém do sexo feminino) para orientá-lo.
    Aproveito a oportunidade e pedir sua autorização para encaminhar para alguns amigos seu texto por e-mail. Quem sabe alguns resolvam se olhar primeiro no espelho antes de criticar a aparência ou comportamento alheio…rssss
    bj.
    Walnice

  2. Oi Walnice, obrigada.
    Pode mandar para todos os seus amigos e amigas, sem problemas, vamos adorar os comentários e as participações.
    Uma mulher antenada ajuda bastante a construir a imagem de um homem, e ela começa cedo, quando ele ainda é criança.
    Beijos

  3. Oi Dora, bom dia.
    Grato pelas dicas.. rsrs
    Mas vale lembrar q muitas mulheres estão se masculinizando e agindo tal e qual ao homem descrito acima, já fui em restaurante onde havia um grupo só de mulheres q pareciam histéricas, rindo e falando alto, querendo chamar a atenção mesmo!
    E mais, já viu a foto antes e depois do Beckham? Nada como ter “capital” pra clarear os dentes e acertá-los como foi o caso dele…
    Bom fds!!
    Abs.

  4. Oi Fernando, de fato o dinheiro ajuda muito:faz milagres, diria. O importante é ter sempre a preocupação com a educação e com a estética, apareceu um dinheirinho vai lá e resolve…faz bem.
    Obrigada pela visita.
    bj
    DE

  5. Olá Dora
    Bom dia!

    Realmente, bem pertinente o seu artigo de hoje e nos dias de hoje.
    Muitos homens deixam a desejar e muitas mulheres tem razão quando reclamam das posturas e atitudes de certos homens.
    Suas dicas acima devem ser seguidas pelos mais atentos e conscientes.
    Porém, noto também muitas mulheres, apesar de serem charmosas, se vestirem muitissimo bem, perfumadas, cheirosas, “cultas”, principalmente evidenciando algumas executivas, realizadas profissionalmente e financeiramente, obviamente por merecimento, conseguiram galgar altos cargos dentro de corporações, acabam passando a agir dentro de seus lares, perante a familia como se estivessem atuando dentro das corporações onde trabalham.
    Familia, colegas de trabalho, empregados, subordinados, marido, pais, filhos são todos iguais.
    E não é por ai!
    Assim como muitos homens, muitas mulheres a exemplo acima também são mandonas, “machonas”, decidem ou melhor, querem decidir a todo custo, por tudo e por todos, o que deve ser feito e o que não deve ser feito e pronto!
    Recentemente uma amiga casada pela segunda vez, mãe de duas filhas, uma delas alta executiva em uma multinacional, ao ver o companheiro da mãe, ambos, mãe e companheiro, perto dos sessenta anos, êle honesto, competente, culto, cavalheiro, educado, companheiro em todos os momentos, encontrando-se numa má faze da vida, desempregado, deprimido, sem condições de comparecer $$$$, esta jovem executiva com os seus trinta e poucos anos, convidou a mãe para um almoço em um restaurante da moda, como se estivesse tratando de nogocios na empresa que trabalha, e “orientou a mãe” a largar o companheiro, “dar um tempo”, pois ao ver da moçoila, o sujeito infeliz desempregado “quase idoso”, notando que suas chances de uma decente colocação no mercado de trabalho eram extremamente remotas, com “sérios riscos” da mãe “poder vir a sofrer”, ter que supostamente sustentar o companheiro por um bom tempo, o melhor seria largar o atual companheiro, passar a viver na casa de uma das filhas ou próximo, alugar o seu apartamento para ter mais uma fonte de renda quem sabe um dia por a mãe da jovem mandona, “cheia da razão” ser ainda bonitona, um dia poderia aparecer um outro pretendente em melhores condições financeiras e social.
    tem homens que são verdadeiras bestas quadradas, “os machões,” folgadões, etc e tal.
    Mas tem mulher também que faça-me o favor!

  6. Oi Armando, infelizmente tem mulher que confunde um pouco. Com a revolução elas sairam para o mercado de trabalho e por várias razões tentaram imitar os homens no comportamento e na vestimenta. Hoje ela já provou que é capaz e não precisa mais disso. Mas tem algumas que preferem fazer a linha dura. Sabe lá o que se passa na casa delas.
    Abraço e obrigada
    DE

  7. Dora,

    A barriguinha sarada, a roupa elegante e os bons modos a mesa de nada servem se um defeito que considero crucial persistir: a falta de ética.

  8. Olá Dora
    Vivemos numa sociedade de consumo, onde infelizmente oTER prevalece sobre o SER.
    Noto homens e mulheres, ainda bem jovens, ingressando no mercado de trabalho, na sociedade, ainda despertando para a vida, precocemente por exigencia dos tempos atuais, detentores de títulos, diplomas, especializações, para somar sendo obrigado por corporações a vestirem-se de forma impecável, a saúde tem que estar cem por cento, seus automoveis, celulares, computadores, acessórios tem que ser de última geração.
    Porém, para estes jovens executivos, promissores, prodígios, faltam-lhes a vivência, maturidade, feeling, jôgo de cintura em comparação com profissionais e pessoas mais velhas, mesmo estas não sendo detentoras de titulos, diplomas, etc.
    Nas suas inocentes divagações e sonhos, imaginam que basta somente estar bem trajados, nos trinks conforme mencionei acima e está tudo bem!
    E é ai que mora o perigo.
    A falta de estrutura emocional pesa.
    e quando abrem as suas bocas, o real SER desperta!
    Quanta decepção!
    O que adianta, estar super, hiper, na moda, bem vestido, cheiroso, dentinhos limpinhos, sem querer hironizar as suas orientações por favor, super equipado tecnologicamente, se o TER ainda fala mais alto, a prepotencia impera, a ganância domina?
    Desta forma, postura e atitudes, realmente não sabemos, ou não podemos explicar o que se passa na cabeça de determinadas pessoas.
    Abraços
    Bom findi
    Armando Italo
    Homens e mulheres.
    Desculpe-me se fugi um pouco do tema.

  9. Pois é minha cara, a vida do homem assim como a das mulheres na atualidade não é fácil.
    Acho que faltou aquela célebre, embora não seja exatamente esse o tema, abaixar a tampa do vaso sanitário, após a utilização do mesmo………….rsrsrs).
    Mas enfim, tudo pode ser resolvido, basta um pouco de boa vontade.
    Educação e higiene pessoal, cabem em qualquer situação, aliás acho que os dois se confundem porque não acho possível a existência de um ser a do outro.
    Abraços.

  10. Armando, o que está tornando muitos “jovens deslumbrados” e alguns mais crescidinhos, é acreditar que com dinheiro se compra e pode tudo, fato esse que ocorre ou ocorreu por falta de exemplos e presença dos pais ou pessoas mais vividas a orientarem esses pobres infelizes que nunca pensaram que um dia envelhecerão e que o dinheiro que hoje eles tem podde acabar de um dia para outro. E o pior de tudo, virem a depender financeiramente daqueles que mal sabem se vestir, pouco se preocuparam em estar seguir padrões consumistas de consumo.
    Abraço

  11. Ei, Dora!!!
    É isso aí!!! Nada de desleixo com a aparência e principalmente com a saúde! Não precisa ser um metro, um emo ou sei lá que nome se dá a isso…. hahahah….. mas que uma bela estampa chama nossa atenção, ah, isso sim!!!
    Dá um agarrão naquele gordinho gostoso que você tem em casa!!!! Diz prá ele que a Cacá mandou ele comer muito ovo de chocolate, porque ele ainda não precisa se preocupar com a barriga tanquinho!!!!
    Beijos e feliz Páscoa prá vocês!!

  12. Queridona,
    …huum vamos todos comer muito chocolate, ninguém é de ferro… hehehe.
    …e aquela feirinha de chocolates do Clube?? Pode??
    O que importa é ser feliz!!
    Beijocas pra Cacá e ótima Páscoa para todos.

  13. Ola Walnice
    Só mais um exemplo que foi comentado por mim muitas vêses aqui no blog
    Sobre um conhecido 60 anos, desempregado, doente, atualmente mora e agora tem que viver as cuistas da companheira funcionaria publica, imagine o salario dela, tb idosa.
    Este conhecido, depois de tentar uma coloccação no mercado de trabalho por anos a fio, sei que é verdade, pois trata-se de um trabalhador desde a tenra infancia, estudou comigo em escolas publicas na ex periferia de São Paulo, onde residiamos, diante das dificuldades, pela idade, saude precaria, ficou pobre, os “amigos e parentes se afastaram” tentava sobreviver com a renda de oitocentos reais por mês fruto aluguel de um pequeno imovel.
    Para sua supresa, desalento, sofrimento, as suas proprias filhas do primeiro casamento, maiorres de idade acima dos 21 anos saudáveis decidiram por bem, tramar contra o proprio pai, trair e acionar na justiça com ameaça de prisão coercitiva, teve o mandato de prisão expedido pelo juiz porque não dfispunha da quantia exigida e cobrada pelas filhas.
    ìtens que este homem jamais negou as filhas, o dinheiro, o carinho, a sua presença, o amor “em quanto tinha condições” de patrocinar.
    Essa é a nossa juventude cega, surda, muda, egoísta, alienada, burra, que não pensa no dia de amanhã, somente o hoje o agora, não pensa nas consequências que poderão ser desastrosas para o resto de suas vidas, como vc comentou, um dia também ficcarão velhos, idosos, necessitados, desmpregados, discriminados, abandonados.
    Só que a lei da familia é bem clara no que se refere a reciprocidade, e o grau de parentesco
    Vento que venta lá, venta cá.
    Pau que dá em chico, dá em francisco.
    Tanto é que noto atualmenbte muitas empresas recontratando, admitindo “velhinhos” com mais de quarenta, concoenta, sessenta anos.
    Porquê sera?
    Abraços
    Armando italo
    Abraços
    Armando Italo

  14. Olá, Armando Ítalo

    O problema de seu amigo era de fácil solução, ocorre que a maioria dos alimentantes não pedem a exoneração do seu dever no momento em que os filhos atingem a maioridade, o que não quer dizer que vá a partir de então abandonar seus filhos, nem deixá-los passando necessidades, mas tb não o obriga a dar continuidade aos alimentos, desse modo não corre mais o risco de prisão.
    É claro que todo pai consciente continua a ajudar seus filhos até que os mesmos terminem a faculdade ou consigam um emprego.
    Caso seu amigo ainda esteja passando necessidades diga para ele procurar a Defensoria Pública Estadual, que em São Paulo, fica próxima ao Fórum João Mendes, e mover uma ação contra as filhas “ingratas” com fulcro nos artigos do Capítulo VI, subtítulo III – Dos Alimentos – do Código Civil. Com enfase nos artigos 1.694, 1.695, 1.696, 1.697, 1.699, 1.703.
    Abraço.
    Walnice

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s