Mexa-se*

 

Por Carlos Magno Gibrail

A capital paulista depois de impedir o movimento de veículos, está prestes a fazer o mesmo com os paulistanos que desejarem se exercitar em campos de futebol society ou nas quadras de tênis.

O mesmo processo que tirou o futebol de várzea da capital, levando-o para as quadras ou para os campinhos, começa agora a desalojar futebolistas e tenistas. É a oferta e procura de terrenos para incorporações, também conhecida como especulação imobiliária. Tão acentuada quanto à liberalidade excessiva que tais empreendimentos possuem.

Os governos, responsáveis por um planejamento que preserve as modalidades e não interfira no poder econômico estabelecido, precisará exercer seu papel, criando condições na cidade para a prática destes esportes.

A revista VEJA desta semana edita reportagem na qual ressalta o problema para os praticantes do tênis e do futebol e, avalia como perspectiva a retirada destas atividades para cidades limítrofes.

Certamente a solução não é essa, pois a função do Estado é exatamente regular e atender atividades em que a iniciativa privada não tem interesse, mas a população precisa dispor destes serviços ou produtos.

De 2008 até hoje, segundo a VEJA, mais de 60 campos de futebol foram fechados. De acordo com a Federação Paulista de Futebol Society, há 30mil praticantes registrados e 650 unidades, enquanto no tênis não há estatística em relação às quadras públicas, tão necessárias a este esporte mais caro.

Em Salvador, Aracaju, Florianópolis, as Federações de tênis oferecem quadras. No Rio, Porto Alegre, Vitória e Recife há quadras públicas. Entretanto, Buenos Aires é um espetáculo, tanto na região central quanto na periférica. Há tenistas e futebolistas por toda a cidade.

Cidade e Estado, através de seus governantes precisam se mexer, para que os adeptos destes esportes possam também se mexer nas quadras e nos campos.

A tarefa não vai ser fácil, se a Sub-Prefeitura do Butantã servir de exemplo, pois acaba de desapropriar uma área na Super Quadra Morumbi, onde hoje há o CAT uma das últimas academias de tênis da região. Seu proprietário, Leonardo Cunha, um apaixonado pelo esporte, se dispôs a ignorar a especulação imobiliária e planejar uma expansão das quadras. Obteve embargo com alegação de restrição de zona. Entretanto, a administração pública projeta a construção de Cingapuras para complementar a favelização que as administrações anteriores não só permitiram, mas incentivaram.

Aos cidadãos civilizados resta o recado da TV Globo:

Mexa-se

*Campanha premiada da TV Globo em 1976

Carlos Magno Gibrail é doutor em marketing de moda e escreve, às quartas-feiras, no Blog do Mílton Jung


A imagem que ilustra este post é da galeria de Juan Pablo, no Flickr

12 comentários sobre “Mexa-se*

  1. Caro Carlos

    Desde o inicio da atual administração paulistana estamos comentando aqui no blog sobre os reais interesses da prefeitura e politicos que legislam em São Paulo.

    -Construtoras, incorporadoras, montadoras, estão em primeiro lugar em tudo!

    A especulação imobiliária manda e desmanda na cidade indiscriminadamente!

    Infernal!

    A tendencia do paulistano sera a cada dia ter viver confinado em.

    -Em seus apErtamentos pavorosos, sem vista, sem sol, em locaus superadensados, poluidos, com conjestionamentos que iniciam dentro das garagens de edificios.

    -Em restaurantes
    -Em shoppings centers
    -Em cinemas dentro dos shoppings
    -Em teatros
    -Dentro dos seus automoveis

    Mas deve-se levar em consideração que para curtir "as dicvversões e lazeres acima" tem que levar um bom dinheiro no bolso e não é para qualquer um.

    Quem tem condições pode ficar socio em poucos clubes existentes na cidade e os cuidados devem ser tomados, pois existem clubes que estão falindo, endividados, estes provavelmente serão desativados e seus terrenos vendidos para construtoras também.

    Em frente do Hospital São Luiz na Vila Nova conceição existia uma grande academia de ginasticca, fisioterapia, etc.
    Foi demolida e no seu lugar mais um grande empreendimento!
    O pior!
    O predio sera construido bem em frente ao referido hospital!
    Imagine o que terão que passar os pacientes durante a construção deste novo empreendimento, internados nesta casa de saude, local de repouso, recuperação, de sossego, paz
    Todos tipos de incomodos.
    Poluição sonora, ambiental, poeira, barulho de betoneiras diariamente descarregando concreto, caminhões descarregando materiais a noite porque durante o dia é proibido.

    Como pode ser aprovada uma grande obra em frete a um Hoispital?

    Então meu Caro Carlos, em são Pasulo comprovadamente o poder está nas mãos da especuilação imobiliária, das construtoras, das incvorpooradoras, do lobby com total apoio da prefeitura da cidade de São Paulo

    E assim o paulistano vai ficando sem lazer, sem ter onde praticar esportes, sem poder se mecher agora com o sumiço das quadras de esportes.

    Existem lançamentos que possuem quadras poliesportivas que não servem para absolutamente para nada.
    Só para marketing de vendas das unidades.

    Como meu vizinho temos um grande recem construido predio com quadra poliesportiva a mais de um ano e confesso que nuca vi ninguem praticando esporetes a não ser pessoas com seus cachorros.

    Como podemos observar meus caros colegas do blog, a prefeitura de são Paulo não mantem suas atenções voltadas para a população e sim para o lobby formado pelas construtoras, incorporadoras e a especulação imobiliaria.

    viver em São Paulo com qualidadde de vida notoriamente est´pa sendo impossivel sobre vários aspectos.

    Graças aos céus passo a maior parte do mês fora de São Paulo por não suportar mais viver nesta cidade caótica, imunda, absurda, pessimamente mal administrada, escura, sem qualidade de vida, entupida de gente, de carros, desumana, sem lazer.
    Sinceramente São Paulo foi muito boa para viver até o inicio da década de oitenta.
    A prefeitura atual conseguiu acabar com São Paulo em poucos anos com a desenfreada construção de predios, nunca jamais vista, e outros aspectos por exemplo os citados em seu artigo de hoje
    Só o dia em que terminar o tempo da atual administração e entrar alguem que seja realmente intreressado pelo povo e não somente pelas construtoras, pelo lobby da especulação imobiliária.
    Não vejo a hora de terminar o mandato da atual administração.
    Creio que muitos paulistanos pensam da mesma forma.

  2. Armando Ítalo, já se sabe que o esporte é uma grande saída para a juventude evitar problemas. Na medida em que se colocasse quadras e campos públicos poderíamos não só ter a virada esportiva por 24hs mas uma virada do esporte, praticado com regularidade.

    Este caso do Butantã é emblemático porque o dono das quadras é um romântico e por sua paixão pelo tênis o lucro imobiliário não o atrai.Convicto, estava investindo por puro prazer, quando a Sub Prefeitura vem com a investida da desapropriação para melhorar a favela que foi incentivada por administrações passadas.
    Como sabemos uma favela grande é um potencial núcleo de eleitores.

  3. Boa Noite e Milton e os Colegas do Blog,

    Meu caro Carlos, parabens pela o comentario. Vc tem razão quando fala que os governantes dessa cidadeestado, tem que se mexer.
    Porem o que observamos é o contrario. O prefeito, só esta interesado em fundar o seu partido e angariar adeptos. Não esta nem ai para cidade. Ele esta tão interesando na cidade, que queria trazer um pernanbucano para prestar serviços em SP. É brincadeira não é mesmo? Para não mandar ele e sua corja para pqp.
    O governandor, os bandidos estão bombardeando a cidade e ele só fala no numero de homicidio que caiu.
    Pelo andar da carruagem, logo logo, não vamos ter mais cxs. eletronicos no estado e nem na cidade.
    Do jeito que a coisa anda, quando os bandidos acaberem com os cxs. eletronicos, eles começam explodirem os bancos. Ai, ele vai falar é uma situação pontual, esta tudo sobre controle, o indice de homocidio caiu em todo estado. Novamente a pergunta: mas o roubo de carros na paulista, aumentaram 70%! Ele diz : é algo pontual, o numero de homicidio caiu em todo estado.
    A pergunta que eu faço é a seguinte: será que ainda vamos ter direito de sair das nossas casas para irmos a padaria comprar pão? Pelo senario que estamos vvivendo não.

    Abr,

    SJ.

  4. Caro Carlos.
    Como sempre muito oportuno seu comentário sobre a desapropriação do antigo CAT (Centro de Aperfeiçoamento Tenístico) hoje Tennis Village.
    Essa triste notícia nos afeta pois somos praticantes e amamos o esporte.
    Acontece que nós não amamos só o Tênis, amamos os outros esportes que são as vias mais fáceis e mais baratas para o governo (municipal, estadual e federal) tirar das ruas os garotos para a sua prática e para seu sustento (estou falando dos pegadores de bola).
    Conforme seu comentário citando a Revista Veja sobre o desaparecimento de campos de futebol society e várzea, embora sem as estatísticas do futebol, poderia citar algumas academias de tenis que desapareceram por conta da especulação imobiliária.
    Academia J. Oncins virou prédio, eu jogava em uma na Oscar Freire, que também virou prédio, por força da menor remuneração aos donos dos seus terrenos.
    Mas no caso do antigo CAT no Morumbí, foi comprado por alguém que queria manter a Academia… Um ano depois a Favela que existia "aos lados" da academia foi retirada… o incansável e apaixonado tenista Leonardo Cunha adquiriu o terreno ao lado para ampliar a academia, totalmente na contra-mão da especulação imobiliária e deu no que deu…
    Como você sabe, minha esposa é professora de Tenis, já foi proprietária do Arica Tenis, em frente ao Hospital Albert Einstein que igualmente foi desativada pelo motivo já conhecido, ministra suas aulas no antigo CAT, pelo menos até o final do ano, já está dando aulas no Club Parque Continental, vizinho da cidade de Osasco pois não está fácil encontrar quadras e academias particulares em SP, tem que se associar a um club se quiser continuar a viver do amor pelo Tenis. Estou penssando seriamente em mudar para o interior pois as quadras e academias ficam mais proximas de casa.
    Abraço
    Erasmo

  5. José Sinval, você citou importantes situações que devem merecer atenção do poder público. É inaceitável que com tantos assuntos prioritários , na época das eleições as discussões girem em torno de itens pessoais, como aborto e Deus.
    Precisamos cobrar mais, ou melhor nos mexer mais.

  6. Erasmo Bonato, uma bela retrospectiva.
    De outro lado é bom levar em consideração quanto a possibilidade de mudança para o interior e uma cidade menor, que o “boom” imobiliário começa a tomar conta de todo o território nacional.
    Daí a necessidade da interferência dos governos para delimitar e oferecer áreas de prática de esportes.

  7. Sou professor de tenis em uma academia na região do Morumbi.
    esse situação de desapropriação de terrenos ja me preocupava muito !! tenho minha aula mais fico com medo de perder meu trabalho !! e por isso desde de 2009 ja estoume mexendo, criei meu projeto de aulas de tenis em condominios, por que acredito que nos proximos anos essa vair ser as unicas quadras que se permaneserão vivas.
    um abraço

  8. José Carlos, tudo indica que essa tendência se acentuará e o futuro do tênis se restringirá as quadras de condomínios, de clubes e residências.
    Como se vê a elitização ficará mais acentuada ainda.
    Uma pena, pois não atende à democracia do esporte e limita a chance de possuirmos tenistas profissionais que se destaquem nas competições internacionais.

  9. Na Rua Dr Alceu de Campos Rodrigues existia uma grande e tradicional academia, onde era possivel treinar judo entre outras modalidades.
    Foi abaixo para dar lugar a mais um predio!
    Por incrível que pareça este predio será construido em frente do Hospital são Luiz!
    Imaginem os senhores leitores do blog o que terão que suportar os doentes, pacientes, funcionarios desta casa de saude no decorrer da obra!
    Poeira, barulho, mais transito, porque esta rua jé se encontra no profundo caos.urbano.
    E uma das poucas ruas que depeja automoveis na av sto amaro.
    Nos horarios do rush o transito fica parado desde a Faria Lima
    E mesmo assim mais um predio nesta caotica rua sera construido e mais um centro de lazer e de saude foi abaixo para dar lugar ao apavorante predio
    Na vila nova conceição existia uma grande academia de tenis que também foi abaixo para dar lugar a um grande predio
    Uma vergonha, abuso, falta de respeito para com a população e para que gosta de praticar esportes ai ar livre.
    Esta gestao paulistana conseguiu finalmente acabar, matar a cidade de são Paulo
    Eu sou um dos que fica a maior parte do tempo fora da cidade por não suportar mais viver neste caos, neste inferno, ao lado de politicos gananciosos, incompetentes, que se elegeram em beneficio proprio, de seus asseclas e puxa sacos.
    Que se elegeram para favorecer somente grandes lobbys e poderosos
    Que se elegeram para legislar somente em causas proprias.
    Para ficarem ricos, famosos, poderosos.
    Não importa a qual partido pertençam
    São todos farinha do mesmo saco.
    O povo, eleitor, pagador de impostos durante cinco meses por ano não lhes interessam.
    O que querem somente é o poder, fama, status, dinheiro, muito dinheiro.
    Tanto é que ate agora o Ministro master em Brasilia não explicou o milagre do seu enriquecimento em tão pouco espaço de tempo para o povo brasileiro

  10. Armando Italo, comentário 11
    Efetivamente a melhor solução é a criação de campos society e quadras de tênis públicas.
    O futebol como ninguém duvida é uma cultura e patrimônio nacional.
    O tênis um esporte elitizado e precisaria ser mais difundido e ficar ao alcance de outras classes sociais.
    Lula e Cabral são um exemplo de quanto isso é verdadeiro no episódio do ano passado no Rio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s