Avalanche Tricolor: Comemore comigo

 

Grêmio 2 x 0 Vasco
Brasileiro – Olímpico Monumental

 

Gremio x Vasco

 

Assistir ao Grêmio nestas últimas rodadas tem sido um enorme prazer, mesmo que  esteja consciente do risco que corro em dormir tão tarde precisando acordar tão cedo. O jogo de ontem se encerrou lá perto da meia-noite e fechar os olhos após a partida não é algo imediato, a excitação pelo resultado e a percepção de que caminhamos em direção a liderança fazem o coração bater em ritmo forte. É preciso, como dizem no popular, baixar a bola antes de se entregar ao sono. O problema nisso tudo é que às quatro da manhã o despertador não perdoa e a responsabilidade de estar disposto a falar a partir das seis da matina no Jornal da CBN, e por quatro horas seguidas, é enorme. Seja como for, nossas vitórias compensam qualquer sacrifício, apesar de eu entender, em parte, a ausência do torcedor nas arquibancadas nesta altura do campeonato. A incompatibilidade de agenda tem me impedido, porém, de escrever esta Avalanche Tricolor imediatamente após o jogo, por isso apenas deixei o espaço reservado no Blog para você se expressar e comemorar comigo mais uma conquista. A estratégia me proporcionou uma outra oportunidade que foi a de publicar este texto após os comentários dos meus raros e caros leitores e, assim, ser pautado por eles.

 

Vamos aos comentários, então:

 

Começo pela bronca do Ramirez que não gostou de o Luxemburgo reclamar da falta de torcedores na arquibancada em jogo tão importante. Concordo que o preço do ingresso e o horário afugentam as pessoas, mas, convenhamos, nossa torcida já encheu estádio em situações bastante complicadas e foi responsável por levar o time a vitórias memoráveis. Escrevi sobre o assunto em Avalanches anteriores. Tenho achado nossa torcida muito distante do time e impaciente. Não sei ao certo o que ocorre nesta relação, mas suponho que esteja ligado a figura do treinador, pouco carismático e distante de ser um ídolo como foi, por exemplo, Renato Gaúcho, apesar de estar obtendo bons resultados. Luxemburgo nunca teve minha simpatia, também. Mas sabe que até aquele terno com um casaco sobreposto tem me parecido mais elegante ao lado do gramado!? Tem outro aspecto a ser analisado, a maneira como o Grêmio atua se difere daquele ritmo que empolga a arquibancada, é um time que espera o tempo certo para o bote, não tem pressa, joga com parcimônia. Eu mesmo às vezes me sinto impaciente diante de tanta paciência.

 

O Gunar, por sua vez, lembra que o time entrou em campo sem Gilberto Silva e Elano. E isto faz uma baita diferença. Naldo na defesa e Marquinhos no meio de campo não são os substitutos dos sonhos. Além dos perigos que corremos lá atrás, sofremos com a falta de armação lá na frente. Mesmo assim percebo no comentário do Adilson que Marquinhos, desta vez, agradou e Naldo não atrapalhou. Escreveu quase o mesmo Seu Algoz, no Blog Imortal Tricolor (http://blogremio.blogspot.com.br/), que gosto de consultar toda semana. Têm razão, mas que Elano volte logo e Luxemburgo encontre no grupo alguém capaz de segurar a onda na ausência dele.

 

A verdade é que quando o time começa dar certo mesmo sem sua força máxima, desconsidera os prognósticos malditos e vê seus adversários tropeçando juntos, é sinal de que o destino está com ótimos planos para nós. Por isso, faço coro com Bruno Zanette: “O Grêmio está chegando”. E de olho no que vai acontecer sábado, fecho com o Milton Ferretti Jung (e não apenas porque é o meu pai): “que se dane o Felipão”.

 

Vamos comemorar

8 comentários sobre “Avalanche Tricolor: Comemore comigo

    • Bruno,

      Ontem o resultado do Atlético sinaliza que o Galo não é invencível como muitos imaginavam. Perder ponto em casa para a Ponte Preta mostra que podemos contar com a ajuda dos demais times que buscam a ascensão, seja para escapar da Segundona seja para se aproximar da zona da Libertadores. Mas que isto também sirva de lição para nós já no próximo compromisso. O jogo do Palmeiras contra o Grêmio será de final de campeonato (para ambos)

  1. Por falar em Palmeiras,lembro que,um certo dia,torci pelo Felipão num jogo deste técnico contra o Luxa. Agora,vou fazer exatamente o contrário. Que se dane o Felipoão!

  2. Caro Milton e amigos, muito bom jogo do Grêmio. A equipe está de parabens. Todos foram muito bem, mas destaque especial para A.Pico, Souza, Zé Roberto, MMoreno, Kleber e Marquinhos.
    Vamos agora para a próxima final no sábado contra o Felipão. Como ele aprontou aqui na CB vamos aprontar com ele em Sampa.
    Se vencermos lá teremos chance do título.
    Vamos Grêmio !!!!!

  3. Não adianta nada o Luxa ficar reclamando da torcida, e tem mais a R$ 50,00 o preço da arquibancada, foi gente demais no estadio ontem, tem que baixar pra no maximo R$ 30,00, senão é pra ir pra vaiar mesmo, não tem como, tem que baixar o preço dos ingressos, é muito caro, depois reclamam que a torcida não apoia, não da pra pagar tão caro, e ainda ter que ver o marquinhos em campo, ai é pra vaiar mesmo!!!
    Ai vai ter jogo que só vai ter 10 mil pessoas, e vão achar ruim, baixa o valor dos ingressos, que vai ter no minimo 30mil todo jogo, é uma questão de inteligência da direção, ela é que sabe se quer a torcida apoiando ou o estadio com pouca gente e vaiando!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s