5 comentários sobre “"Eu respeito o ET de Varginha", palavra da presidente

  1. AGRADEÇO
    POR ESTE ESPAÇO DEMOCRÁTICO, E QUERO EXPOR MINHA VEEMENTE CRÍTICA À
    CONDUTA DO DECEA ( DEPARTAMENTO DE CONTROLE DO ESPAÇO AÉREO), NO QUE DIZ
    RESPEITO À CONDUTA DESTE DEPARTAMENTO EM RELAÇÃO AO SER HUMANO ,
    ESPECIALISTA EM CONTROLE DE TRÁFEGO AÉREO, DOS QUAIS EU FAÇO PARTE,SOU
    FORMADO A QUASE TRÊS DÉCADAS, E PELO QUE TENHO VISTO E SENTIDO NA PELE,
    COMO CENTENAS DE COMPANHEIROS, É UM TOTAL DESRESPEITO AO SER HUMANO, QUE
    EXERCE ESTA EXTENUANTE ATIVIDADE, EM VÁRIAS REGIÕES DO BRASIL,AGENTES
    PÚBLICOS, CIVIS E MILITARES, SOB UM REGIME DE ESCALA DESUMANO.
    OS CONTROLADORES DE VÔO MILITARES, ALÉM DA ESCALA OPERACIONAL, SÃO
    SUJEITOS TAMBÉM A ESCALAS DE SERVIÇO ARMADO, CERIMONIAIS, REUNIÕES,
    DESFILES, PARADAS, ETC, QUE NUM TOTAL,, EM UM MÊS DE TRINTA DIAS, RESTAM
    APENAS,DE CINCO A SEIS DIAS DE FOLGA; E OS CONTROLADORES CIVIS NÃO
    FICAM DISTANTE DISSO, (INCLUSIVE AQUELES QUE ATUAM NA INFRAERO, ESTÃO ,
    OPERACIONALMENTE, SOB A TUTELA DO DECEA, E SOFREM AS MAZELAS DESTE ORGÃO
    ).A PROFISSÃO AINDA NÃO É REGULAMENTADA,OS SALÁRIOS SÃO RIDÍCULOS, NÃO
    EXISTE PROGRESSÃO PROMISSORA NA CARREIRA, EM VÁRIOS LOCAIS OS
    EQUIPAMENTOS ESTÃO DEFASADOS, ENTRE OUTROS PROBLEMAS QUE O ESPAÇO AQUI
    NÃO ME PERMITE ESPECIFICAR. A GESTÃO DO DECEA TEM SIDO UM DESASTRE PARA O
    SER HUMANO, HÁ ANOS, E ACREDITO, SE MEDIDAS URGENTES NÃO FOREM TOMADAS,
    ESTA QUESTÃO DA RELAÇÃO CARGA DE TRABALHO/ESCALA DE SERVIÇO/EFEITO
    PSICO-FISIOLÓGICO NO CONTROLADOR DE VOO, ESTE “ELO”, OU ” PEÇA DO DOMINÓ
    “,PODERÁ ABRIR UMA SEQUÊNCIA DE EVENTOS QUE CULMINARÃO EM UMA TRAGÉDIA.
    E O DECEA, CONJUNTAMENTE COM O COMANDO DA AÉRONAUTICA, SÃO RÁPIDOS NO
    GATILHO PARA APONTAR OS DEDOS AOS “CULPADOS”, MAS SE ESQUECEM DE OLHAR
    PARA OS PRÓPRIOS UMBIGOS, E CORRIGIREM O QUE DE FATO HÁ DE ERRADO NO QUINTAL
    DA “CASA”. PEÇO A ESTA SECRETARIA PROVIDÊNCIAS, PORQUE TROCAM-SE OS
    DIRETORES DO DECEA E OS COMANDANTES DA AÉRONAUTICA, MAS A CONDUTA NO
    TOCANTE AOS HOMENS E MULHERES QUE DIA E NOITE, CONTROLAM AS AERONAVES NO
    ESPAÇO AÉREO DESTE PAÍS,E FAZEM ” DAS TRIPAS , CORAÇÃO “, PARA MANTÊ-LO
    SEGURO, A TODOS QUE LIVREMENTE VÃO E VEM , NO BRASIL ” CONTINENTE “.
    OBRIGADO PELA ATENÇÃO, AGUARDO RESPOSTA.
    OSCAR MOREIRA MOTA – CONTROLADOR DE VOO .
    OBS.: MILTON, ESTE TEXTO ACIMA NÃO TEM RELAÇÃO COM O TEXTO DO “BLOG”, TRATA-SE DE UMA CÓPIA QUE ENVIEI À SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, ENVIEI DENÚNCIAS SEMELHANTES ,AO PALÁCIO DO PLANALTO, NO: “FALE COM A PRESIDENTA”. AO MPF, AO DECEA, AO COMANDO DA AERONAÚTICA, AO STF,À CAMARA DOS DEPUTADOS,E AO SENADO ,E AINDA NENHUMA RESPOSTA SATIFATÓRIA, AINDA BEM QUE VIVEMOS EM PLENA DEMOCRACIA, FALTA SÓ A IMPRENSA .SOU OUVINTE ASSÍDUO DO SEU PROGRAMA, GOSTO MUITO DO “GESTÃO DESCOMPLICADA” , COM CARLOS JÚLIO, UM GRANDE ABRAÇO, SE ESTOU SENDO INCONVENIENTE PEÇO DESCULPAS, ATÉ BREVE,
    OSCAR MOREIRA MOTA

  2. Espaço aéreo caótico?
    Se no Brasil em comparação com os EUA por exemplo, nosso país “desenvolvido” que não possui nem 1/3 das aeronaves, Imaginem então na copa de 2014 com centenas de aeronaves, tráfegos de todos os tipos cruzando os ceus do país transportando equipes de futebol, turistas, equipamentos, etc além das cias brasileiras!
    Ainda temos NDB!!!!
    ILS CAT II só em dois ou tres aerodrmos
    CAT III então…………..
    ETs somos nós

  3. Hey Oscar, concordo plenamente contigo. Formei na mesma turma da EEAer em 1984. Exerci a profissao em Brasilia como controlado de defesa aerea e aviacao civil. Depois de presenciar os abusos aos profesionais controladores civis e militares, terminei meu curso de Eng/Matematica na UnB e resolvi deixar a minha patria amada. Aqui como estrageiro fui tratado com mais respeito do que ai no Brasil. No momento trabalho como Arquiteto de Rede, Atlanta/GA. Quem sabe um dia eu volta. Ate mais e boa sorte. Jan.Neto@live.com, Moura.

  4. Hey Oscar concord plenamente contido. Sou formado na mesma turma de 84 de controladores da EEAer. Depois de servir como controlador da Defesa Aerea e do Cindacta em Brasilia e presenciar os abusos sofridos pelos controladores civis e militares em Brasilia, resolvir terminar o meu curso de eng/mat na UnB e deixei ( left) Brazil. Trabalho aqui em Atlanta como Arquiteto de Rede, mas gostaria de ter continuado no Brazil como CTA. Quem sabe um dia. Ate mais e boa sorte na Copa Brasil. Jan.Neto@live.com, Moura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s