De luxo

 

Por Maria Lucia Solla

 

Flor

 

Olá,

 

luxo? me perguntei, sequestrada pelo título do artigo de Ricardo Ojeda Marins.
Parei tudo, foquei o máximo que tenho conseguido focar numa coisa de cada vez e me dei conta de que tenho vivido o luxo a vida inteira. Já tive, já não tive, vivi na abundância, no aperto, amei, desamei, ri e chorei como todo mundo, de toda raça, de todo credo e de de todo tamanho de conta bancária. Fui e deixei de ser tanta coisa, vivi papéis variados, mas o luxo dos luxos ainda acho que é reconhecer o luxo do dia a dia.

 

Ter amigos que valem a pena e reconhecer que nem sempre se é o amigo que vale a pena, é luxo. Luxo é receber o telefonema de um amigo querido dizendo que vem te ver, e ele vem. Ter pouquíssimos ingredientes na cozinha e preparar um prato divino, é luxo. Luxo é não querer parecer o que não é e não sentir insegurança de mostrar o que é.

 

Viver é luxo. Fazer parte do elenco da maior novela já encenada, é puro luxo. Luxo é excelência sob medida em cada fase da vida. Comer pastel na feira com quem a gente quer bem, num papo firme daqueles, é luxo. Luxo é bolinho de chuva, é milho na espiga na praia num dia de sol, caminhada e silêncio; é a caixa de bolinhas de chocolate recheadas de licor, esvaziada durante a projeção de Meia Noite em Paris. Luxo é o vestido de couro italiano estampado comprado na Neiman Marcus em Nova Iorque e o Cornetto comprado no boteco da esquina em São Paulo para acompanhar mais um episódio de House.

 

Luxo é prestar atenção no outro. Paz e a simplicidade do Papa Francisco são luxo.
Luxo é saber se comportar sem luxesa, mas com finesa. Acordar e saber que os filhos estão vivos e bem, é luxo. Luxo é ser capaz de reconhecer o luxo disfarçado de trivial.
E você, se pergunta?

 

Pense nisso, ou não, e até a semana que vem.

 

PS: Bem vindo Ricardo Maríns. Parabéns pelo excelente texto. Um luxo.

 

Maria Lucia Solla escreve aos domingos no Blog do Mílton Jung. Tê-la aqui desde o início deste blog é um tremendo luxo.

21 comentários sobre “De luxo

  1. Sabe, flor, estar a um passo de uma tristeza total e ler seu texto é um luxo. Luxo tomar um tapa na cara desses com luva de pelica, um tapa delicado que só alguém que tem a alma cheia de luxo sabe dar.
    Obrigada, meu domingo vai ficar melhor!
    Bj

  2. Maria Lucia,
    Que lindo texto! Adorei! Você definiu o luxo de uma forma incrível!
    Muito obrigado pela mensagem de boas vindas. Esse acolhimento sincero é extrema demonstração de um comportamento de luxo!
    Uma ótima semana pra você – com tempo, tranquilidade, sucesso e muito luxo!
    Beijos,
    Ricardo Marins

  3. Eu sou sempre muito grata pelas joias em forma de palavras que você distribui para quem tem o privilégio de ler seus textos.
    Um luxo só.
    Abraços gratos.

  4. Flor, luxo é ter a sua companhia toda semana, dividindo as impressões do seu olhar leve e astuto, as dores e sabores de uma vida bem vivida. Boa semana!

  5. Luxo é ter vc em minha vida! Luxo é poder aprender mais e mais a cada dia contigo! Luxo é poder ler tudo isso e saber que faço parte dessa história, da sua história! Obrigada por existir! Minha Lady…. ❤

  6. Roberta, pequena,

    luxo é a gente viver e experimentar tudo isso. Amar e ser amado, por todo tipo de amor.
    Você e o Val são uma benção na minha vida. Luxo só!

    Você leu o texto do Ricardo Marins? Lê porque é muito bom!

    Beijo na Edy,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s