Uso e abuso do barulho no Morumbi

 

Por Carlos Magno Gibrail

 

 

O bairro do Morumbi é local dos mais expressivos dos usos e costumes desejados na cidade de São Paulo. Visado pela riqueza das casas e pelo contraponto das favelas, moldou marca de visibilidade e atratividade. Fato fácil de constatar pela utilização do nome Morumbi a inúmeros bairros limítrofes que se designam como tal.

 

As características da região, com ruas arborizadas, silenciosas e absolutamente residenciais, formam uma reserva ecológica da cidade e para a cidade. Esta qualificação tem sido mantida graças ao esforço da coletividade residente. Edifícios, comércios, cassinos, locações temporárias para festas, etc. tem sido de certa forma bloqueada.

 

Entretanto, uma cultura local de respeito ao direito do outro tem sido transgredida por um novo fenômeno baseado na divulgação pela internet. Casas desocupadas de alto padrão estão sendo usadas para festas geridas por empresas especializadas em eventos noturnos. São iniciados às 17hs e encerrados às 3hs da madrugada. Barulho de música e de gritos se aglutina, criando verdadeira agressão sonora.

 

A solução, antes dificultada pela falta de regras municipais e ausência de equipamento policial adequado para agir, por falta de provas, está facilitada. As provas estão nos sites das empresas promotoras, à disposição das autoridades, e ao alcance dos moradores. Por exemplo:

 

 

Encaminhei os endereços encontrados na internet ao CONSEG MORUMBI, que certamente fará cumprir o respeito urbano que todos merecem.

 

Carlos Magno Gibrail é mestre em Administração, Organização e Recursos Humanos. Escreve no Blog do Milton Jung, às quartas-feiras.

 


PROPRIETÁRIO RESPONDE SOBRE “USO E ABUSO DO BARULHO NO MORUMBI”

 

Na quinta-feira, dia 17 de abril, o senhor Luis Phelipe Batista, que se apresentou como proprietário do imóvel citado no post acima, publicou comentário com seu posicionamento sobre o tema que reproduzimos a seguir para sua avaliação:

 

Bom dia Sr.(s)

Sou Proprietário do imóvel e desde já informo que anúncios e informações via web detalhando realização de eventos no local (minha casa) não são oficiais. Realizei diversas festas em minha residência porém concordo que realmente comecei a quebrar a rotina de meus vizinhos o que não é ético, na semana passada passei de residência em residência deixando um comunicado sobre o fato, deixando bem claro que não irá mais ocorrer estas perturbações, pedi a colaboração de todos e um voto de confiança, após a última festa que realizei em minha casa no último dia (11/04/2014) não iremos mais realizar festas de grandes proporções, confraternizações todos temos o direito de fazer uma vez ou outra, desde que não quebre a rotina de vida de nossos vizinhos, peço desculpas e desconsidere todas e quaisquer publicidades que divulgam festas na minha residência, fiquei sabendo desta publicação através da CBN que me procurou na manhã de hoje (17/04/2014), neste anúncio contém informações que não são reais e contatos que não têm nenhum envolvimento comigo, estou entrando em contato com os responsáveis para sanar este problema, ressalto que não irá ter futuras festas de grandes proporções e todos os problemas já estão resolvidos, a repórter que está cuidando da matéria só está tendo feedback excelente referente a minha pessoa e minha idoneidade, então resumo que nem tudo que o Sr. relatou acima todos estão de acordo, mas enfim preço desculpas novamente, meu e-mail está disponível para que possamos tratar deste assunto de maneira mais eficiente.

Obrigado,

Luiz Phelipe Baptista

5 comentários sobre “Uso e abuso do barulho no Morumbi

  1. Teremos neste mês evento importante sobre poluição sonora:

    Perturbação Sonora
    São Paulo discute pela primeira vez o combate ao ruìdo na cidade
    A Câmara Municipal de São Paulo, por iniciativa do vereador Andrea Matarazzo, e a ProAcústica promovem no final de abril a I Conferência Municipal sobre Ruìdo, Vibração e Perturbação Sonora, no Dia Internacional da Conscientização sobre o Ruìdo, o International Noise Awareness Day (INAD).
    Datas | 28, 29 e 30 de abril de 2014
    Local | Câmara Municipal de São Paulo – Salão Nobre Presidente João Brasil Vita – 8º andar
    Endereço | Palácio Anchieta – Viaduto Jacareì, 100 – Bela Vista – São Paulo, SP – Brasil
    Como chegar | Acesse aqui!

  2. Recebi resposta da Presidente do CONSEG MORUMBI, Julia Titz:

    Carlos,

    coloquei o caso na reunião e entreguei o material que imprimi (o que você mandou) para o delegado e para o capitão. O Delegado vai instaurar inquérito e vai anexar o material.

    Conte conosco

  3. Bom dia Sr.(s),
    Sou Proprietário do imóvel e desde já informo que anúncios e informações via web detalhando realização de eventos no local (minha casa) não são oficiais.
    realizei diversas festas em minha residencia porem concordo que realmente comecei a quebrar a rotina de meus vizinhos o que não é ético, na semana passada passei de residencia em residencia deixando um comunicado sobre o fato, deixando bem claro que não irá mais ocorrer estas perturbações, pedi a colaboração de todos e um voto de confiança, após a ultima festa que realizei em minha casa no ultimo dia (11/04/2014) não iremos mais realizar festas de grandes proporções, confraternizações todos temos o direito de fazer uma vez ou outra, desde que não quebre a rotina de vida de nossos vizinhos, peço desculpas e desconsidere todas e quaisquer publicidades que divulgam festas na minha residencia, fiquei sabendo desta publicação através da CBN que me procurou na manhã de hoje (17/04/2014), neste anuncio contem informações que não são reais e contatos que não tem nenhum envolvimento comigo, estou entrando em contato com os responsáveis para sanar este problema, ressalto que não irá ter futuras festas de grandes proporções e todos os problemas já estão resolvidos, a repórter que está cuidando da matéria só está tendo feedback excelente referente a minha pessoa e minha idoneidade, então resumo que nem tudo que o Sr. relatou a cima todos estão de acordo, mas enfim preço desculpas novamente, meu e-mail está disponível para que possamos tratar deste assunto de maneira mais eficiente.

    Obrigado,

    Luiz Phelipe Baptista

    • Luiz Phelipe,

      Agradeço pela gentileza de esclarecer este fato aqui no Blog na busca de conseguirmos entender melhor questões como estas que têm se repetido em diferentes bairros da cidade de São Paulo. Aproveitarei sua mensagem e irei ampliá-la no próprio post como resposta ao ocorrido para que outras pessoas que acessarem o texto tenham à disposição o seu posicionamento.

      Obrigado,

      Mílton Jung

  4. Luiz Phelipe, acrescento ao agradecimento feito pelo Jornalista Milton Jung, as boas vindas dos moradores desta região do Morumbi aos seus hábitos e costumes. Quando há festas familiares os vizinhos são avisado com antecedência. Não raro, aos avisos são incluídos mimos. Houve casos em que vizinhos contíguos receberam estadia em hotéis próximos. Isto também é Brasil.Civilizado.

Deixe uma resposta para Luiz Phelipe de Aguiar Baptista Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s