De tentativa

 

Por Maria Lucia Solla

 

FullSizeRender

 

o papel
insiste no branco puro
a palavra
no crucial momento da emissão
se perde na vida
vira a casaca

 

o bom fica babaca
a certeza perde a realeza a pose
e a casaca

 

a impermanência exige atenção
pula
se estica
faz careta
me mostra a foto da permanência
coitada
correndo na contramão
envelhecida e mofada
destruída

 

cena triste de se ver

 

insisto ainda um pouco
busco temas teoremas
que ratifiquem a minha razão

 

mas me perco no local do encontro
de mim mesma com a emoção

 

apago tudo
faço a vontade do papel
dou à palavra alforria
ao bom o seu complemento

 

e
bem

 

a certeza
não encontrei
ouvi dizer que ela e a razão
se mandaram para Canoa Quebrada
e que vivem disfarçadas
de sardinhas enlatadas

 

E voilà

 


Maria Lucia Solla escreve aos domingos no Blog do Mílton Jung

14 comentários sobre “De tentativa

  1. Texto lindo querida poetisa…
    Buscar a reflexão do leitor através de um poema, não é pra qualquer um, parabéns!
    Grato por suas palavras semanais e imperdíveis…

  2. Maria Lucia, incrível como você brinca/usa/manipula/joga/se manifesta com as palavras e faz delas momentos de poesia. Não é à toa que você domina idiomas e transforma pessoas em seus cursos.
    Grande beijo

  3. Suiang, que me foi trazida pelo meu livro “De bem com a vida, mesmo que doa…”, minha editora favorita.

    Bom ter você aqui. Melhor ainda ouvir o teu reforço.

    E vai se preparando porque tem outro saindo do forno!

    Beijo e feliz dia ensolarado,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s