Avalanche Tricolor: Diego Souza, um oportunista

Grêmio 2×0 Sampaio Corrêa

Brasileiro B – Arena Grêmio, Porto Alegre RS

Diego comanda a comemoração do gol, em foto de Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Pode me chamar de oportunista — se é que você, caro e raro leitor desta Avalanche ainda desperdiça seu tempo me chamando de alguma coisa. Pelo que li, se não neste blog, ao menos nas redes sociais, ainda tem quem perca seu tempo me criticando. Verdade que a avalanche de comentários não veio pelo que falo e penso do futebol. O tema era outro: política. E o clima anda quente por aquelas bandas.

Sendo assim, de volta ao futebol e ao meu oportunismo. Foi estratégico de minha parte esperar o fim da rodada de sábado para escrever sobre o Grêmio. Em outros tempos, teria feito meus elogios (?) logo após a vitória na Arena. Os três pontos conquistados, porém, não eram a garantia de permanência no G4, pois dependeríamos do revés de um dos adversários, que se realizou já nos embalos de sábado à noite. 

Diante da intolerância de alguns ‘amigos’ de rede social — que são incapazes de procurar um só mérito no time do Grêmio, pois parecem mais interessados em atacar seus desafetos e eleger como salvador seus ídolos —, achei que comemorar a vitória com os dois pés dentro do G4 fortaleceria meus argumentos.

Oportunista portanto que sou, aqui estou, na manhã de domingo, festejando o resultado que o Grêmio alcançou diante de 30 mil torcedores, dentre os quais alguns — ou seriam muitos —- impacientes, que vaiam mais forte do que cantam nossos hinos de louvores. Ainda bem que a turma da ‘arquibancada norte’ agora está mais próxima do gramado e consegue, assim, com efeito, entoar nossas músicas e empurrar o time e os demais torcedores. 

Preferiria que os protestos contra os desafetos viessem ao fim da partida e não enquanto a bola está rolando, pois atinge, também, a segurança dos demais companheiros que estão em campo. Como sou otimista, porém, melhor a vaia na Arena do que a ausência no estádio; melhor o apupo na arquibancada do que a violência que assistimos de torcidas, que ameaçam jogadores e treinadores. 

Quero crer que o time, por maduro que seja, e seu técnico, com inteligência emocional elevada, tenham personalidade para driblar essas situações e superar às críticas — o que só vai ocorrer quando demonstrarem capacidade de se manter entre os quatro primeiros colocados da competição. Só os resultados em campo serão suficientes para acalmar os ânimos e calar os desânimos. 

Por falar em oportunista …

O gol que abriu o placar no sábado foi de puro oportunismo. Diego Souza estava, como sempre costuma estar, no lugar certo e na hora certa para cabecear a bola para as redes, depois do lançamento de Diogo Barbosa — sim, foi do desafeto da torcida o cruzamento lá do outro lado da área que permitiu a chegada de Bruno Alves pelo alto, o cabeceio no travessão e a sobra para o nosso atacante. Foi dele, Diego, o lance do pênalti tanto quanto a cobrança paciente e precisa na bochecha da rede e distante do goleiro que definiu a vitória.

Diego Souza este oportunista é o goleador do Brasileiro B, com sete gols, e o gremista que mais marcou no Século 21, com 80 gols. Aos 37 anos, completados na semana passada, é referência também fora de campo. Muita gente o chamava de ‘cansado’, sem entender que havia sido acometido duas vezes pela Covid e jogava em um time que tinha uma série de dificuldades técnicas — sem nunca deixar de marcar seus gols. Chegou a ser dispensado pela diretoria e aceitou voltar em um gesto de humildade e resiliência. E foi assim, resiliente e oportunista, que calou os críticos.  E só assim, com humildade, resiliência e resultado após resultado, o Grêmio voltará a conquistar a confiança da totalidade de seu torcedor. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s