Avalanche Tricolor: sai da frente que atrás vem gente!

Grêmio 3×0 Tombense

Brasileiro B – Arena Grêmio, Porto Alegre/RS

Bitello prestes a marcar seu gol, em foto de LUCASUEBEL/GRÊMIOFBPA

Lá se foram um tanto de horas desde o apito que marcou o fim de mais uma boa partida do Grêmio. Nesse meio tempo, namoramos o terceiro lugar da tabela de classificação pela primeira vez desde o início da “maldita” B, tiramos vantagem sobre os que tentam colocar o pé na zona de classificação e encostamos nos que estão acima na tabela. 

Mais do que isso: chegamos a 12 jogos invictos, cinco vitórias seguidas em casa, tomamos um só gol nas últimas dez partidas e elevamos Diego Souza a goleador da competição, já tendo marcado nove. 

As conquistas não param por aí: se na rodada anterior não titubeei em taxar que “o Grêmio renasce para o futebol”, a distância entre o fim do jogo e o momento em que escrevo essas linhas me dá tranquilidade para afirmar: “sai da frente que atrás vem gente!”.

O Grêmio descobriu o caminho do futebol. Está de volta a triangulação,  sempre demandada por Roger, em que cada jogador que tem a bola no pé encontra dois colegas disponíveis para receber, ampliando o percentual de passes certos — vide as estatísticas de Villasanti e Bitello. Sem a bola, marca próximo da área do adversário e aumenta o índice de desarmes e interceptações. 

Lá atrás, na defesa: #meodeosdoceo. Gabriel Grando ganha maturidade e, na partida, fez defesas difíceis — a primeira logo no início, o que eliminou a possibilidade de iniciarmos a disputa em desvantagem. Os laterais dão sinais de estarem mais seguros, Bruno Alves faz da discrição sua eficiência. E Geromel …. será que ainda tenho palavras para elogiá-lo? O Cara é o melhor jogador da série B, segundo meu coração e as estatísticas do serviço Footstats 12A.

Sim, caro e cada vez mais raro leitor desta Avalanche, mesmo depois de tantas horas após o fim da partida desse sábado à tarde, meu entusiasmo pelo futebol jogado segue firme e forte. Alguém pode me acusar de ser um iludido — talvez até tenha razão e eu não correrei para negar — mas essa minha sensação diz muito sobre o que Roger está conseguindo construir no comando do Grêmio, aos trancos e barrancos. 

Que venham os reforços! Que cheguem as próximas rodadas! E que essa “maldita” termine logo, porque não vejo hora de assistir ao Grêmio de volta ao seu lugar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s