Foto-ouvinte: E por falar em poda

Quaresmeira

À esquerda, como era. À direita, como ficou a quaresmeira após a passagem dos funcionários da prefeitura pela rua dos Pescadores, no bairro do Cambuci, na capital paulista. O ouvinte-internauta José Antonio Rey tentou impedir o corte que ele considerou “drástico”, mas foi informado que alguém da vizinhança havia registrado queixa contra quaresmeira, pois esta estaria ameaçando cair.

8 comentários sobre “Foto-ouvinte: E por falar em poda

  1. Vou aproveitar esse espaço prá falar de um assunto que considero urgente. >>>av Marginal Pinheiros.
    Ciclistas>>> circulam sem dispositivos que os identifiquem. Ando pela Marginal às 5:30 (antes de clarear o dia) e perto do Carrefour, a avenida tem iluminação precária>>>altíssimo risco de qualquer veículo derrubar uma dessas bicicletas. >>>providência>>>regulamentar dispositivos pisca, pisca ou olho de gato nas bicicletas.
    Ônibus bi e tri-articulados circulam pela marginal. Além desses preferirem a faixa central da via local (eles Tb levam sustos com os ciclistas) estes enormes veículos não têm nos pontos espaço adequado para estacionar. Resltado>>>por exemplo, junto ao shopping SP Market Pace, DIARIAMENTE, eles não aguardam que o veículo da frente se movimente saindo do ponto, fazendo manobras de ultrapassagem perigosíssimas>>>tri-articulado ultrapassando tri-articulado, entrando vagarosamente na faixa central, criando situações perigosíssimas. A av Marginal Pinheiros está precisando de reformas nos pontos de ônibus, já que a prefeitura permite a presença desses mastodontes de manobra complicada numa via expressa, com outros veículos e ciclistas ocultos no escuro e sem sinalização.
    Deveria ter uma fiscalização por imagem pelo menos junto a pontos de ônibus, porque é nesses locais que a pressa dos motoristas tem proporcionado situações de altíssimo risco aos todos os usuários da via.

  2. Como eu disse ontem, nao existe diferenca entre a poda do morador que foi flagrado pela reportagem da CBN e os funcionarios da prefeitura!

    Sera que esses funcionarios sabem realmente o que esta fazendo?

    Sera que existe um treinamento antes?

    Sera que estão podando de forma correta?

    Minha opiniao, NAO ESTAO!

  3. É claro que não tinha denúncia nenhuma de perigo dela cair, senão a árvore deveria ser removida por inteiro.
    E depois se DEUS quisesse alguém da prefeitura plantaria outra no lugar.

    Isso aí chama-se IMCOMPETÊNCIA.

    Alguém já ouviu a expressão:

    Um revolver na mão de um macaco a culpa é de quem?

  4. Não percebo menhuma ameaça da árvore cair, inclusive ela está linda florida.
    Por acaso no local antes da ” poda” , houve presença de um engenheiro agrônomo?

  5. Podem ter certeza de que a partir de agora com essa pode mal feita a árvore vai ter sua saúde comprometida então a ameaça de cair se tornará real .

    Temos presenciado essas barbáries tbém aqui em nossa região

    Não sei se é por incompetencia ou alguma razão obscura !

  6. Sem dúvida que visualmente, a arvoré estava mais bonita na primeira foto, mas vamos observar o que a segunda foto nos diz. Reparem que a casa atrás da árvore é muito bem cuidada, exceto na parede da sacada, provavelmente por umidade, decorrente da falta de sol. Esta poda não vai prejudicar a árvore nem os passaros que se servem dela, e em mais algum tempo sua sombra abrigará outros carros como o da foto, porém de uma forma mais orientada sem causar umidade na casa como me parece.
    Em Higienópolis onde moro existem Tipuanas quase centenárias que também são podadas de tempos em tempos, é de cortar o coração, porém quando isto não ocorre com regularidade aumenta os casos de assidentes com queda de árvores principalmente, Temos que ter cuidado com os ecochatos e orientalos abuscar colocar essa energia em ações mais efetivas como o desmatamento de regiões grandes para mplantar mega projetos imobiliarios ou condominios que destroem as matas siliares de nossas represas.

  7. Já faz muitos meses que estamos solicitando junto à Prefeitura a poda de uma arvore na rua debaixo da minha casa em Interlagos, pois ela cresceu e está com o topo dela na fiação elétrica. Quando chove ou venta, os galhos movimentam, dá curto circuito e o quarteirão fica sem energia.
    Isso já aconteceu muitas vezes. Vem uma equipe da Eletropaulo consertar a fiação, e mais nada.
    A Prefeitura diz que é a Eletropaulo que tem que podar. Eletropaulo diz que é a Prefeitura que tem que providenciar.
    Enquanto isso, nós moradores, ficamos prejudicados. E com medo, pois quando saiem as faíscas……parece que a árvore cospe fogo!!!!

  8. Bem…Há quase um mês fiz uma matéria sobre o descaso das pessoas em relação às árvores… Procurei saber da coordenadora de fiscalização Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, Patrícia Amorim, a situação, no geral das árvores na cidade…Em um certo momento perguntei pq era demorado o serviço de poda ou remoção de uma árvore quando solicitada pelo munícipe. A resposta dada, foi que existe um trâmite a ser seguido, como a ida de um engenheiro agrônomo para verificar o caso e emitir um laudo que depois passa para análise de outro departamento, que depois faz o pedido, etc,etc,etc….. A demora para execução do serviço varia conforme a subprefeitura responsável da área. Na ocasião entrevistei o prof. titular do Depto. de Botânica do Instituto de Biociências da USP, Gilberto Kerbauy, que entre outras coisas disse que muitas árvores não foram selecionadas adequadamente para ocupar determinados espaços (por ex: árvores de grande porte que acabam chegando à rede elétrica). Segundo ele, os próprios funcionários da Prefeitura ou das empresas contratadas por ela, não sabem como executar o serviço (outro exemplo: para proteger a fiação, galhos e árvores centrais são cortados em V, ficando apenas as partes laterais da copa e isso é um convite para que ventos mais fortes quebrem os galhos ou coisa pior). Ele disse tb que são cortados troncos laterais ou galhos laterais e que não são colocados , nos cortes, os produtos bactericidas que protegem às árvores da invasão de fungos, como o sulfato de cobre, o que acaba criando um foco de contaminação para toda a planta.
    Continuo de olho….
    PS: Me desculpe o ouvinte pela espontaneidade no uso do termo “depenar” na matéria desta 4a. feira. Não foi nada apropriado, mas a poda feita pelo seu José foi menos ainda……

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s