O tempo passa diferente para algumas pessoas

Por Abigail Costa

Você já se pegou olhando para alguém que não via há algum tempo; olhando e pensando com aquele ponto de exclamação:

– Nossa,  como está envelhecida !

As rugas acentuadas, a pele que já não tem mais aquela rigidez, os fios grisalhos sem disfarce.  “Coisas” dessa tal lei da gravidade.  Isso é o que  os olhos podem enxergar.

Me disse um amigo outro dia:

– O tempo passa diferente para algumas pessoas.

Concordo:  por dentro e por fora.

Uns envelhecem mais rápido; uma dose a menos de vaidade, cá entre nós, também contribui para acelerar o processo,

Um processo absolutamente  compreensível. Nascemos, crescemos, envelhecemos e por fim…. deixa pra lá.

O que a visão não alcança só os mais observadores percebem. Os amigos. E como tem gente que insiste em envelhecer por dentro, quando a insistência deveria ser ao contrário.

É difícil, mas com um pouco de boa vontade dá para mudar aos pouquinhos, como dose de remédio. Se tomar de acordo com a prescrição a tendência é melhorar.

Deixe para trás certas manias. Lá dentro não se permita ser chamada de menina ou de tia.

Onde poucos conseguem chegar,  permita-se ser jovem todos os dias.  O jovem arrisca, erra, perdoa, começa tudo de novo.

Enquanto o controle das rugas para o rejuvenecimento interior não chega, vamos ajudar.

O tempo pode ser um aliado, ou não.  E para andar de braços dados com ele, a escolha é nossa.

Dá para começar hoje.

Abigail Costa é jornalista e as quintas-feiras, aqui no blog,  mostra que sabe como poucas controlar o seu tempo, no corpo e na alma.

12 comentários sobre “O tempo passa diferente para algumas pessoas

  1. Olá ML
    Texto belíssimo que vale apena fazer uma comparação, um paralelo com aviação, já que este tema é de minha preferencia e conheço um pouco.
    Poderia citar outros exemplos.
    O tempo a vida.
    Consegue, consegue, não consegue
    Consegue, consegue, não consegue.
    Nascemos e depois de preparados, acionamos os motores, taxiamos dentro das regras, alinhamos na cabeceira da pista a nossa aeronave da vida.
    Muitas oportunidades, em um dia lindo, com céu totalmente azul, cavok como dizemos na aviação, ventos calmos.
    No inicio da rolagem da nossa aeronave da vida, damos potencia nos motores, manetes todas a frente, no batente, rolamos vamos ganhando velocidade, V1, V2, V3 rotate!
    Saimos do chão!
    Vamos subindo, ganhando altura inicialmente numa razão de subida acentuada, manetes full, potencia nos motores.
    A medida que vamos ganhando altitude, o “ar” vai se tornando mais rarefeito, causando menos sustentação aerodinâmica na aeronave da vida, como conseqüência, temos então que começar a diminuir a nossa razão de subida gradativamente em uma parábola, ajustando e configurando a nossa aeronave da vida, poetencia dos motores, etc.
    Por vêzes, durante a subida, vamos nos deparar com “surpresas” como turbulências, correntes ascendentes e descendentes, chuva, vento, granizo, nuvens negras pela proa, os temíveis e terríveis CBs, cumulus nimbus,
    Até nivelar a nossa aeronave da vida no nível de vôo “programado” nos sistemas gerenciadores de vôo.
    Para aquele “piloto” determinado, persistente, que estudou tudo o que podia, treinou, este etará em condições de enfrentar “as adversidades” que provavelmente surgirão, pela proa e durante toda as etapas do voo da aeronave da vida.
    Lá em cima, já nivelado, voando acima dos dez quilometros de altitude, acma dos trinta mil pés, no silencio da imensidão, no ar totalmente rarefeito em velocidade mach vamos então apreciando o que é de mais lindo e agreadecemos a Deus, a natureza, o quanto nos custou até conseguir colocar uma aeronave voando onde está.
    Voando calmamente, “silenciosamente” sobre as nuvens, e tudo lá embaixo.
    Só que em um momento, “a algumas milhas” do nosso aeroporto de destino, teremos então que iniciar a descida e o processo é inverso e de certa forma complexo.
    Toda cautela, destreza, proficiência, cálculos matemáticos e da física, serão realizados com ou sem auxilio dos sistemas da nossa aeronave da vida, opção de cada um,
    Da mesma forma que aprendemos a subir com a nossa aeronave da vida, voar nivelado gerenciando, pilotando, temos que agir no inicio de descida até o pouso seguro.
    Abraços
    Armando Italo

  2. envelhecer é um estado de espírito!
    nós nos fazemos jovens, felizes, bonitos ou não.
    fato é, que poucos, tem a consciência que a vontade de se divertir diariamente faz uma figura ficar mais jovem a cada dia.
    e cá entre nós, uma ruga bem colocada é um belo acessório!

    beijo big!

  3. O tempo é nosso melhor amigo. Hoje você pode não entender porque um relacionamento, que você se entregou de corpo e alma, chegou ao fim. Pode estar triste porque se formou, e não verá mais os amigos da faculdade, enfim… mas com o TEMPO, vai entender que ele é seu aliado. Basta dar um tempo para enxergar! E já que temos tempo vamos usá-lo para coisas boas.

  4. Mil perdões, Abigail
    Nos meus comentários coloquei as iniciais da Maria Lúcia, equivocadamente.
    Acontece que como no meu cérebro existem apenas e estão operando somente dois neurônios
    O Tico e o Teco
    Acredito portanto que um dos dois estava dormindo, não sei qual.
    Daí a minha mancada, meu engano, meu equivoco.
    Mil perdões por favor ABIGAIL

  5. Eu quero ser feliz ,estar ao lado das pessoas que amo ( meus pais, minha amada ,meus amigos ),crescer espiritualmente e intelectualmente,pois tenho muito que aprender e compartilhar ,ler, não ser bitulado ou melhor alienado,estar preparado para as críticas e colher somente as construtivas,
    ter planos, sonhos, desejos,pensar ,cuidar da saúde , viajar… passar pelos altos e baixos de cabeça erguida e amar,amar

  6. Puxa, ia comentar, mas acredito que Mariana Brambilla e Claudio Vieira já disseram tudo!

    Não lutemos contra envelhecer, mas para envelhecer com graça, com elegância, aprendendo mesmo alguma coisa na vida!

  7. É Biga….Eu me olho no espelho e vejo que o tempo tá passando, que as rugas já dão sinais mais fortes, a tinta do cabelo já tem que ser passada com mais frequência, mas por dentro ainda tenho a disposição, a alegria, a atitude de 20 anos atrás…..Viva!!!! Estou viva……… Armando: que viagem!!!!!! Peguei carona com você….Muito bom……..

  8. Armando Italo,

    Nem precisa se justificar. Entendi assim que comecei a ler o seu texto. Um primor!
    A relação feita por vc, me vez de fato viajar no tempo. Peguei carona de verdade.
    É gratificante escrever e ter respostas como esta.
    Obrigada sempre.
    Abigail Costa.

  9. Kátia querida,

    Há quanto tempo não te encontro!
    Um tempo que não me faz perder o carinho e o respeito que sinto por vc.
    Que bom esse canal de comunicação, assim meus elogios vão direto, sem intermediários.
    As rugas? não se preocupe, elas contam a nossa experiência.
    A tinta para o cabelo? Aproveite as melhores!
    A tecnologia caminha a nosso favor.
    Beijos
    Abigail Costa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s