Eco-poema: O homem vai logo acabar, e os peixinhos …

 

Por Maria Lucia Solla
Comentarista do Blog do Mílton Jung

Se é mesmo verdade, meu Pai,
a história da evolução,
A Terra vai virar piscina
e não vai acabar, não.
É só continuar a caprichar
e cada fresta impermeabilizar,
que se a Vida é mesmo infinita,
e o início se encontra com o fim,
o homem vai logo acabar
e os peixinhos?
vão viver tranquilos, enfim!

7 comentários sobre “Eco-poema: O homem vai logo acabar, e os peixinhos …

  1. Olá Malu,

    Além da impermeabilização das frestas, estamos impermeabilizando nossa cara de pau com botox e blindando nossos corações de coisas que muito mais que certeza, temos é muita dúvida.

    A Natureza é nossa mãe e, quem maltrata, despreza o amor de sua genearca há de pagar o preço. Por mais protetora que seja uma mãe, ela não tem o poder de sanar o mal que causamos a nós mesmos.

    Vou entrar no site do Santuário de Aparecida e ascender uma vela virtual de 7 dias, para Nossa Senhora. Que ela nos de luz!

    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s