Canto da Cátia: Ponto de desrespeito

 

Chuva na cidade de São Paulo

A Patrícia Madeira da Climatempo abriu a conversa ressaltando o número de pontos de alagamento na cidade, na quarta-feira (17.02). Teriam sido 92 segundo dados do Centro de Gerenciamento de Emergência da capital. Fiquei curioso para saber se este é um dado relevante para a avaliação feita pelos meteorologistas e ela explicou que a quantidade desses pontos dá a dimensão do temporal e a capacidade da cidade absorver a água da chuva. Estamos mal, segundo estes números.

Pelas ruas, a Cátia Toffoletto assistiu na quarta às ondas que se formavam na avenida Dom Pedro VI no bairro da Lapa, zona oeste da capital. E, hoje, encontrou o fiscal da CET se esforçando para impedir que novos pontos de alagamento se formem na avenida Eusébio Mattoso, próximo da Marginal Pinheiros.


Ouça a reportagem da Cátia Toffoletto que registrou a ação do fiscal da CET e após foi falar com o prefeito Gilberto Kassab que insiste na ideia de que a população reconhece o esforço dele para resolver os problemas.
(publicado às 19h30)

14 comentários sobre “Canto da Cátia: Ponto de desrespeito

  1. Olá subprefeita! Como sempre seu olhar atento e fiscalizador flagra uma cena inusitada dessas.

    O agente da CET que age com extrema cidadania é uma gota no oceano do descaso do poder público e principalmente da população. Sabe-se que sacos de lixos, bitucas e papéis de bala não saem caminhando por aí sem um sujeito para dispensá-los com extrema falta de educação.

    Cidade impermeável + falta de fiscalização + poder público com políticas públicas equivocadas + população sem educação = ENCHENTES

    O remédio está dentro de nós, cobrando com energia do poder público suas obrigações!

  2. Mílton
    Se os munícipes não jogassem sujeira e lixo nas ruas e tivessem essa boa ação do marronzinho acima da foto, estaríamos muito melhor.
    Esse ano as chuvas estão mais fortes, é a resposta da natureza pela ação dos homens.
    Abs
    Alexandre Taleb

    • Mesmoi assim, Taleb, não seria a solução. Pois o problema dos alagamentos não se refere apenas as bocas de lobo obstruídas. Tem a ver com a ocupação permitida, o descontrole urbano, a falta de fiscalização, e incompetência gerencial, inclusive para promover o aumento da coleta seletiva e campanhas que incentivem mudanças de hábito de consumo. Obrigado

  3. Precisou a cidade se afundar em águas, precisou os tunéis encher de água até ficar intransitável para só depois o Kassab descobrir que os “piscinões” da cidade nem estava recebendo manutenção das emporesas terceirizadas e que os tunéis da cidade as bombas d’água não funcionavam e precisavam de reparos. Até quando? No começo era que a quantidade de água que vinha com as chuvas era além do normal. E agora, será que toda vez que chove na cidade o alagamento é a culpa das chuvas? E o lixo, quando teremos realmente Leis severas para punir quem joga lixo na rua? Marketing para ensinar a população a jogar lixo no lixo não resolve. Se a falta do uso de cinto de segurança não gerasse multa ao dono do carro, até hj a grande maioria não usaria cinto de segurança. A única coisa que resolve e multa para quem suja a cidade e coloca em risco a vida de todos.

  4. Jogar lixo em lixeira é uma coisa simples, não necessita pratica tão pouco habilidade, e as pessoas não conseguem fazer. não sabem viver em sociedade, não sabem viver num lugar limpo. Depois reclamam de enchente, que entrou em casa, que demorou pra chegar ao destino! sinceramente? merecido a muita gente, mas não todas, é logico…

  5. A boa atitude desse profissional-cidadão me faz pensar que cada marronzinho deveria andar com sacos de lixo, luvas, serra para cortar galhos de árvores grandes que interrompem ruas, etc… Isso daria uma tarefa a mais para eles, que frequentemente observam o transito de braços cruzados.

  6. Estou com a sensação de que a cidade de São Paulo está abandonada. Até o Minhocão está alagando. Os buracos não são tapados. Agora eles colocam um cone ou um cavalete.

    Afinal, os nossos governantes nos abandonaram e pularam do barco?

  7. Alcaide?

    Isso me lembra um antigo seriado de Walt Disney em que os governantes sugavam o povo com impostos, os quais não eram revertidos para o bem do povo, que além disso sofria tirania. Mas lá, eles tinham o Zorro!

  8. Bem….Lamentável ver a situação que está a cidade….Cláudio, Armando, meus amigos… bom tê-los de volta no Canto….
    Só fazendo uma correção, Milton: Esta foto da enchente é da rua DOM JOÃO V, na LAPA, na zona oeste… Até uns 5 anos atrás, não enchia desse jeito, segundo moradores…sinal de que há muito o que fazer….sempre…..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s