Pauta do dia no #cbnsp

 

Greve dos professores, no Masp Foto Marcos Paulo Dias, ouvinte-internauta

A morte do cartunista Glauco e a greve dos professores no Estado de São Paulo foram destaques na edição desta sexta-feira do CBN SP.

Violência – Glauco e o filho foram assassinados de madrugada na cidade de Osasco, na Grande de São Paulo. A família diz que eles foram vítimas em um assalto na casa em que moram, enquanto o Boletim de Ocorrência fala em execução. Polícia já tem foto e nome do suspeito pelo crime. Atualize aqui as informações sobre a morte do cartunista e o filho dele.

Greve dos professores
– Haverá assembleia e passeata dos professores estaduais em greve desde a semana passada, em São Paulo. A dificuldade de acordo ficou evidente nas entrevistas que realizamos com a presidente da Apeoesp, Maria Izabel Azevedo Noronha, e com o secretário adjunto da Educação do Estado de São Paulo Guilherme Bueno.

Lixo – A Ecourbis, uma das concessionárias que trabalham na coleta do lixo na cidade de São Paulo, anuncia que tem prejuízo de R$ 3,5 mi por mês, em média, e terá dificuldade para continuar prestando serviço na capital. A entrevista foi com o presidente da empresa Ricardo Acar.

Meio Ambiente – Os jovens dizem que o nível de informação sobre as questões ambientais é bom na escola e dão nota 7, segundo estudo da Unicef em comunidades de São Paulo. Por outro lado, os líderes comunitários identificam que os moradores ainda não cuidam do meio ambiente como deveriam e dão nota 3. Para analisar esta relação das pessoas com o ambiente urbano entrevistamos Tida Cavalcante, agente ambiental da zona leste e da Associação de Amigos da Pedro Nunes.

5 comentários sobre “Pauta do dia no #cbnsp

  1. Lixo e Meio Ambiente: No Conjunto Residencial José Bonifácio, extrema periferia da zona leste, há diversos pontos viciados de descarte de entulho, a Prefeitura até aparece para fazer a limpeza, a população por sua vez insiste em jogar entulho nestes lugares, trazendo mau cheiro, insetos, pragas, enfim, tudo o caracteriza entulho…
    Será que os funcionários da varrição, não poderiam auxiliar na tarefa de comunicar ao setor responsável por recolher entulho?
    Considero nobre o trabalho de Tida Cavalcante, acho que lá no Cj. Res. José Bonifácio as pessoas mais conscientizadas ambientalmente precisam arregaçar as mangas e trabalhar em prol do meio ambiente. É um absurdo um conjunto habitacional daquele porte não ter sequer coleta seletiva de lixo!

  2. Gostaria de comentar sobre a greve dos professores da rede estadual de São Paulo.

    Este salário anunciado de R$ 1800,00 é com todas as gratificações e por 40 horas, como o próprio secretário adjunto da Educação do Estado de São Paulo Guilherme Bueno disse “o professor pode [e deve] ter mais um emprego, como na rede municipal, para complementar sua renda”, com isso o professor deve trabalhar o dia inteiro, não sobrando tempo para preparar aula, buscar uma melhor qualificação, entre outras coisas…E A QUALIDADE NO ENSINO ? Com essa realidade fica impossível…

  3. Escutei essa senhora que se diz preocupada com a situação do ensino, da má remuneração, entre outras mentiras.
    Agora, no final da entrevista, ele confirmou o encontro MASP (algo já proibido), mas que dessa vez a população não iria ser encomodada, pois eles não querem trazer mais transtornos.
    Bom, mas uma mentira, pois acabo de ler no G1 que ambas as pistas estão interditadas pelos professores.
    Mas uma vez fico com a certeza que esses Petistas Sindicalistas, são um bando de MENTIROSOS.

  4. Não sei porquê a maioria dos governos, “parece que não gostam” dos professores.
    O mais interessante que o nosso ilustre governador também é professor!
    Aumentos reais de salários são ítens que inexistem.
    Gratificações não são aumentos.
    Gostaria de propor as autoridades responsáveis pelo ensino no estado de São Paulo para, acompanhar o dia a dia de um professor estadual.
    Sem esquecer de outros funcionarios publicos que padecem do mesmo mal.
    O descaso!
    A falta de consideração com quem um dia ensinou a ler e escrever os filhos destas mesmas autoridades que estão ai no poder e não dão a minima.
    Gostaria de saber se as mesmas autoridades conseguirão sobreviver com o salario que recebe um professor, policial, medico, etc.
    Basta darem uma passadinha no departamento de psiquiatria no Hospital do Servidfor Publico Estadual para constatarem a quantidade de professores doentes, estressados, deprimnidos.
    Dem mais um detalhe:
    Além do professor ter que trabalhar em duas escolas no periodo integral, o dia inteiro, nos finais de semana, o professor tem que permanecer em seus lares corrigindo provas, preparando trabalhos, etc.
    Gostaria, por gentileza, de receber comentários sobre estes fatos, das nossas autoridades do ensino publico
    Vale lembrar que não sou professor.

  5. Caro Marco Milanez e demais leitores
    A manifestação dos professores no dia 12/03 foi autorizada sim pelo Ministério Público no vão livre do Masp, quanto à Av Paulista, foi interditada, pois segundo a lei da Física dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço, ou seja, algo por volta de 20.000 pessoas não coube no vão livre do Masp.
    E no dia 19/03 o número será maior. Uma das reinvindicações que muitos não sabem (e a meu ver é a principal), pois divulgam-se muito a questão salarial, é a criação por parte do governo de categorias diversas de professores representadas por letras: A,F,L,O,S,I e V. Só para exemplificar: A categoria “O” que lecionar neste ano NÃO poderá lecionar no ano que vem (terão que procurar outra ocupação no próximo ano). Entre tantas outras coisas que só vem a desestimular o trabalho do professor da rede estadual.Por favor, informe-se mais sobre o assunto e depois dê sim a sua opinião. Vamos dialogar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s