A difícil arte de confiar

 

Por Abigail Costa

Penso que ninguém escolhe ninguém pra ficar ao lado já com desconfiança.
Isso no caso de pessoas normais.
Ninguém escolhe amigos e desta relação manter o pé sempre atrás.
Entre irmãos o natural é se doar, não renegar.
Mas em todo o momento da vida a pessoa se vê obrigada a fazer escolhas.
Quando acontece alguma coisa fora do esperado, puxamos o breque.

Sempre tive dúvidas em relação a uma traição.
– Dá pra recomeçar sem a desconfiança natural?
– É possível encarar o outro de novo sem fantasmas ?
– Será que vai se repetir ?

Numa relação de intimidade entre amigos, onde se faz tudo junto, se diz tudo despreocupado e se toma uma bola nas costas, por experiências pessoais, nada é como antes
Desculpas são aceitas. Mágoas esquecidas.
Mas dá pra sentar num restaurante e brindar a amizade?

Tenho que melhorar isso com a meditação.
Na família isso é complicadíssimo.
Se tira a pessoa das listas de festas, dos almoços de domingo.
Foge dos telefonemas desagradáveis.
Mas não se deleta do coração.

É um conflito entre a razão e a emoção.
Crescemos lado a lado, dormimos juntos, fizemos planos.
E, agora, cada um para um lado.

Deveria ser assim: O médico prescreve um remédio, alguns meses de tratamento e….
A confiança de volta!
Sem o remédio pra isso, fica o amargo de um sentimento que era, não é mais, e quem sabe se um dia voltará a ser.
Enquanto isso vamos no lema dos que umdia se entregaram ao vício e estão se recuperando.
Pelo menos por hoje vou confiar.

Abigail Costa é jornalista e, confiante, escreve às quintas-feiras no Blog do Mílton Jung

4 comentários sobre “A difícil arte de confiar

  1. Uma coisa que eu aprendi é ouvir tudo e a todos, não importa o sentimento que eu tenha.

    Há 23 anos atrás, recebi e ouvi o pedido de desculpas de um amigo que me traiu e me difamou perante nossa turminha de adolescentes. Depois do pedido de desculpas e a cerveja em um Bar da Rua Pinheiros, não passamos um dia sequer sem o sentimento de sermos irmãos. É uma das pessoas que mais confio e sei que confia muito em mim.

    Não devemos perder a chance de dizer e ouvir. E, seja o que Deus quiser.

  2. Olá Abgail

    Existe um ditado que diz:

    “O cesteiro que faz um cesto, faz um cento”

    Trama, traição, extorsão.
    Seja por qual motivo.
    Dinheiro, poder, ter, cargo, outro, outra, etc.

    Ficamos pasmos, vitrificados quando somos traidos por alguem, seja algum ffamiliar, AMIGO, colega de trabalho, alguem que está sempre ao nosso lado, faz parte das nossas vidas, do nosso dia a dia.
    Por momentos ficamos sem ação e sem reação.
    Sem rumo, sem proa, sem saber o que fazer, que direção seguir.
    Fazer o que?

    Perdoar sempre será o melhor caminho e deixar que o tempo reorganize tudo novamente como antes.

    O relacionamento será o mesmo?

    O futuro a Deus pertence!

    quem nunca errou que atire a primeira pedra.

    Belo tema de hoje

    Consta na bilbia sagrada uma passagem que na familia poderão estar os nossos piores inimigos.

    Obrigado
    Abraços
    Armando Italo

  3. Boa tarde, Abigail.

    Eu parto da premissa de que até provarem o contrário todos são do bem, relevo muitas coisas pois se levá-las a ferro e fogo eu perderei minha paz. Alguns me consideram inocente demais, outros boba.

    Só te digo uma coisa, eu sou mais eu, eu me garanto, azar daquele que me trai ou puxa meu tapete, só ele terá muito a perder, afinal minha fidelidade, amizade e total confiança são para poucos.

  4. Confiar é um sentimento tao nobre quanto amar! A confiança nasce de pequenos gestos de gratidao, amizade… Quando se vê estamos confiando! É como se construissemos um pouco por dia de um castelo. Continuar a construcao e deixar este castelo sempre bonito depende de nos e do outro! Desmoronar este castelo pode ser rapido demais! Nao podemos perder a esperanca mas devemos confiar desconfiando!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s