18 comentários sobre “A Cracolândia não existe mais ?

  1. Se legalizarem as drogas alegando a falencia da segurança publica em prender ou a super lotaçao de presidios…é essa visao que a gente vai ter que se acostumar … trocando os presidios
    Só que agora em porta de escolas , posto de saude , em todas as ruas… Tudo porque esta segando na porta das classses mais altas.

  2. Acredito que se as autoridades competentes junto com a sociedade civil organizada, não tomarem medidas no âmbito socioeconômico para ajudar essas pessoas, todos vamos terminar em uma convulsão social, aumentando o exercito de reservas na exploração da mão de obra e um considerável acréscimo de mão de obra não reciclável pelo novo modo de produção, dentro do capitalismo tardio.

  3. A cracolandia esta também nos buracos que a PMSP , deixou embaixo do viaduto da antonio de barros X conselheiro carrão , para radial , leste , bem na ciclovia , pode !?? , lixo , fezes e zumbis, que tristeza esta degradação desses eleitores e contribuites viciados.
    samuel oliveira

  4. Essa foto retrata exatamente como o “ser humano” é considerado e tratado pelo poder publco.
    Na hora dos politicos pedirem votos, ficam chorando, invadindo nossos lares com promessas infundadas.
    Mas Quando eleitos tchau mesmo povão e que se danem!
    Que tristesa!

  5. Eu fico pensando que todos os candidatos a presidência deveriam ter como prioridade a construção de cadeias/prisões, visto que ninguém se preocupa em priorizar exatamente o que leva o consumo desenfreado das drogas: Educação, planejamento familiar e principalmente o combate a corrupção.

    Somos todos fidelizados com o ” quanto pior, melhor” ????

  6. A parte mais rica da cidade em História. As ruas do que hoje é só cracolandia, já foi o cenário para os modernistas e poetas do século passado. Ao que parece, a solução que a prefeitura propõe continua sendo espalhar os moradores de rua pela periferia e impedir que o local seja fotografado. Lamentável e inspira cuidado redobrado com o voto que daremos nas próximas eleições.

  7. O que vemos na foto, as pessoas, verdadiros zumbis, trata-se de um enorme problema social.
    Antes a presença “desses coitados” acontecia somente na cracolandia.
    Agora estão espalhados por todo o centro da cidade aos olhos da subpprefeitura responsável pelo setor.
    E nada se faz!
    Aos olhos do poder publico, essas almas não existem.
    A cidade de São Paulo, antes de ser destruida, foi considerada como a meca Brasileira.
    Migrantes de outras localidades vislumbrando dias melhores, porquê em seus locais de origem tais possibilidades inexistem, sem outras alternativas partiram então rumo a São Paulo.
    O que fazer agora com uma cidade que beira os treze milhões de habitantes, sem contar a periferia e cidades dormitorios?
    Sendo que perto de oitenta por cento da população paulistana, espalhada pelas periferias vive em condições precárias, muitas até em condições sub humanas?
    Em favelas, cortiços, vilas, vilarejos, sob viadutos e dai por diante.
    Como inexiste também controle de natalidade visando familias pobres, carentes, “ignorantes”, essas familias chegam a ter mais de cinco filhos, dez.
    E o que fazer com essas crianças sendo filhos de quem não tem e não pode oferecer a menor estrutura, familiar, social, educacional, materia, de saude, sem carinho, respeito e dignidade?
    Muitos não aguentam e vão para as ruas e dá no que estamos vendo na foto.
    Acabam indo para o crime, drogas, cracolandias de São Paulo.
    e mesmo assim as periferias, favelas, cortiços cresecem de forma espantosa e assim mais “gente”, mais carência, mais desmandos.
    Duvido que possa aparecer algum politico realmente interessado e preocupado com essa população de “desgraçados”, abandonados, zumbis.
    Recentemente postei uma foto aqui no blog mostrando crianças “nóias” assim um GCM me falou, dormindfo nas calçadas da Antes chic, bucolica, limpa, Rua Sete de Abril.
    Hoje um verdadeiro lixão a ceu aberto, Marconi, Barão e adjacencias.

    Para os politicos da cidade de São Paulo e os dos locais de onde partiram essa gente toda, certamente a maioria veio de outras localidades do país, tudo bem, porquê certamente dormem em confortáveis casas, apartamentos em suas camas extremamente confortáveis e qeuntinhas. alimentam-se muito bem obrigado, ótimos planos de saude, “trabalham” poucos anos, uns quatro por ai, depois de cumprirem seus mandatos, ou alguns mandatos, dão um jeito e aposentam-se cedo recebendo polpudas aposentadorias, seus filhos estudam nas melhores escolas, faculdades.
    Será que voltamos aos tempos do feudalismo?

  8. Mílton;
    Por mais que seja facil colocar a culpa no poder publico em relação a Cracolândia, este é um problema dificil de se combater pois estas pessoas não são obrigadas a aceitar tratamento para a dependencia quimica.Ou seja, vamos sempre andar em circulos na materia droga.
    Vejo muitas pessoas falarem sobre a discriminalização da droga, acho um absurdo, é como discriminalizar a compra de peças roubadas,o porte de armas, usar tv a cabo pirata. Deveria ser o contrario, porte de drogas dar detenção em centro especializado no tratamento de dependentes quimicos, quem compra droga esta financiando o trafico, esta participando de alguma forma com o crime, é receptação qualificada!!!Tansporte e utilização de produto de crime.
    Pena revertida em tratamento obrigatorio, temos que acabar com isso de que o drogado pode se recusar ao tratamento.
    Mílton esta é a minha opinião, acho que as drogas tem que ser mais criminalizadas, repreendendo os usuarios estamos atacando diretamente os traficantes e quem sabe assim acabar com esse grande problema que é não só da Cracolândia como de todo o Brasil.

    Abraços Mílton, tenha um bom dia.

  9. Se juntarmos todos os comentarios acima, e dermos uma filtrada, muito pouco se aproveita. Como já trabalhei em Drogaria, as drogas controladas são realmente controladas pela Vigilancia Sanitaria, mesmo assim não se consegue impedir que existam alguns desvios. Viciados ou gente que quer emagrecer, tem um parente ou amigo médico e consegue uma receita e acaba comprando, mas isto é uma minoria. Tudo começa com as drogas liberadas, que são as destiladas ou fermentadas, pinga, vodka, cerveja etc. e o também o Cigarro – No caso do Crack, Maconha e Cocaina, é acabar com a fonte fornecedora, pois se não tiver a droga não haverá viciados. Tolerancia Zero – Pagar bem a policia para não haver corrupção- Criar Leis durissimas Federal e Estadual, como existem em alguns paises radicais, que o traficante ou produtor vai pensar duas vezes antes de cometer o crime. O Governo Federal há oito anos que não faz nada, muita droga e armas são aprendidas, mas a destinação da maioria delas é meio nebulosa. Enquanto isso familias são destruidas, mutiladas, muitos jovens morrendo.
    Agora na reta da Eleição , todos prometem que vão fazer e acontecer, mas é só passar esta fase, tudo continua como dantes no quartel de Abrantes, como diz o velho ditado.
    Gostaria que não colocasse meu sobrenome, somente o nome, ou só Antonio da Aclimação

  10. Se juntarmos todos os comentarios acima, e dermos uma filtrada, muito pouco se aproveita. Como já trabalhei em Drogaria, as drogas controladas são realmente controladas pela Vigilancia Sanitaria, mesmo assim não se consegue impedir que existam alguns desvios. Viciados ou gente que quer emagrecer, tem um parente ou amigo médico e consegue uma receita e acaba comprando, mas isto é uma minoria. Tudo começa com as drogas liberadas, que são as destiladas ou fermentadas, pinga, vodka, cerveja etc. e o também o Cigarro – No caso do Crack, Maconha e Cocaina, é acabar com a fonte fornecedora, pois se não tiver a droga não haverá viciados. Tolerancia Zero – Pagar bem a policia para não haver corrupção- Criar Leis durissimas Federal e Estadual, como existem em alguns paises radicais, que o traficante ou produtor vai pensar duas vezes antes de cometer o crime. O Governo Federal há oito anos que não faz nada, muita droga e armas são aprendidas, mas a destinação da maioria delas é meio nebulosa. Enquanto isso familias são destruidas, mutiladas, muitos jovens morrendo.
    Agora na reta da Eleição , todos prometem que vão fazer e acontecer, mas é só passar esta fase, tudo continua como dantes no quartel de Abrantes, como diz o velho ditado.
    Gostaria que não colocasse meu sobrenome, somente o nome, ou só Antonio da Aclimação

  11. É triste ver uma imagem desta nos dias de hoje em uma área que um dia foi nobre e faz parte da história da cidade.

    Não adianta aqui criticá-los, devemos cobrar da classe política uma legislação mais rigorosa contra o tráfico como comentou acima Gabriel Uesso.

    Tenho assistido aos debates e alguns horários politicos obrigatórios (ninguém é de ferro), e o que se vê são candidatos sem propostas apenas se alfinetando e nada de concreto é discutido sobre o tema.

    Presidente da República, Governador e Prefeito de São Paulo, hoje só estão preocupados com a organização da copa do mundo. Gastarão bilhares de reais em construção de estádio para sediar a copa, enquanto milhares de zumbis perambulam pela cidade. Quando estiver próximo da copa darão um jeitinho e retiram todos da região, maqueiam a cidade para mostrar ao mundo.

    Pense bem na hora de depositar seu voto, são só alguns segundos, ou voce terá quatro anos para reclamar. (No caso de senadores serão 8 anos).

  12. Gabriel,
    sua conclusão não é nova e nem pouco experimentada. Os EUA vem tentando aplicar esta tsolução desde a década de 70 e muitos cadáveres depois, a certeza a que chegaram é de que sem trabalho social e educação, fica tudo do mesmo jeito. As cidades grandes são bem parecidas nos problemas que tem e algumas já deram com os burros n’agua . Nós aqui podíamos ao menos economizar alguns cobres e não jogar no rio, os pobres burros. A cracolandia não é o problema, ela é um sintoma mais evidente da falta do poder público, de quem deveria zelar pelo cidadão, prestar conta do nosso dinheiro mas prefere perder tempo mudando o nome de ruas e outras traquitanas sem sentido. Em outros lugares o problema de drogas e violência foi até mitigado desde que resolveram investir onde realmente é a causa de tantos sintomas e mesmo sem resolver por completo, economizaram, no numero de cadáveres.

  13. Caro Milton
    Como moradora dos Campos Elíseos, para onde a Carcolância está se expandindo, é muito triste constatar a omissão dos poderes públicos e agora, com a propaganda política do PSDB, virem as promessas de “combate às drogas”. Vindo de quem vem, só podemos desacreditar! Há 16 anos no poder em São Paulo, vimos crescer os problemas na cidade: falta de transporte, especulação imobiliária, crescimento de problemas socias. Como eles mesmos gostam de dizer a História já mostra tudo!

  14. É estarrecedor ver José Serra na TV dizer que vai se ocupar do problema do crack no país. Quando prefeito e governador, Serra deu de ombros às solicitações da Assoc. de Moradores de Campos Elíseos. Não resolveu nem o problema do quadrilátero da chamada Cracolândia no centro de São Paulo. Quando fez algo, foi uma ação meramente policialesca, que nem prendeu traficante nem se preocupou com a recuperação de usuários. Esses candidatos deviam ao menos maior respeito aos eleitores.

  15. Milton e os colegas blogueiros Bom Dia,

    Na minha opinião, não tem como não dizer que a culpa é sim do poder publico, principamnete do govenador do prefeito. São eles que administram a cidade/estado, são eles que ditam as leis, são eles, que são obrigados a nos dar: bons hospitais, boa educação e segurança. Tenho certeza, que, se tivessimos um boa educação, bons centros de suade nas periferias, bons locais para pratica de esportes também nas periferias, essa situação, seria facil de ser resolvida talvez, nem existisse. Afinal de contas, o tanto de dinheiro que pagamos que não é pouco, daria para fazer tudo isso com sobra. Mas, a corrupição, os elefantes brancos construidos no meio da nada, a falta de capacidade para administrar, faz com o nosso dinheiro desaparece. Um exemplo de elefante branco, é a ampliação da maginal tiete, ponte estaiada que não sabemos até hoje para que que serve aquilo, eu acho que é um capricho do kassab, por que o transito, continua a mesma m. E muitos outros elefantee brancos que temos espalhados na cidade, que não serve para nada.
    Eu gostaria de citar como exemplo de administração publica, a cidade de São caetano do Sul. Hoje, pra se ter ideia, na educação, alunos de 3º ano fundamental, professores/diretores/coordenadores, tem computador, projeto que a prefeitura chama de tecnologia na escola. Fora outros beneficios que a cidade tem. Hoje, se vc anda em S. Caetano, vc ver: ruas, parques, escolas, predios publicos, todos bem cuidados. Vc entra qulaquer reparticação publica da cidade que não seja dos estado, para obter esclarecimentos ou documentos, vc sente parazer no atendimento dos agentes. Agora vai na prefeitura de SP, vai em um dos orgãos publico do estado de SP! quando somos atedidos, somos tratados com descaso, desprezo. Isso quando não ficamos amarrados na burocracia. Tenta tirar um documento, por exemplo um alvarar de funcionamento na prefeitura de SP ou uma I.E no estado, é simplismente um martirio. Visita um parque publica da prefeitura de SP ou do estado, eu me sinto idiguinado de ver tanto desrespeito com o nosso rico dinheiro e as coisa publicas. entra na parque da juventude! isso, quando não somos assaltados ou mortos. Em SCS, vc consegue um documento desse em um mes. Então, a cracolandia só existe, por causa desses politicos que ai estão. E vão continuar se não tomarmos vergonha na cara.

    Abr,

    JS.

  16. Boa Noite Milton e os Colegas Blogueiros,

    Concordo plenamente Nelson comentario 15. Realmente, é uma vergonha. Temos que desconfiar mesmo. O que eles não fizeram em 16 anos, querem fazer em 4. Como ele mesmo disse, é trololo do psdb.
    Alias, vcs assistiram o fantástico no domingo? Viram como está o uso da cocaina na na cidade de Fernandopolis? logo, vão montar uma barraquinha em cada esquina da cidade para vender a droga. Na verdade, é que quer o Sr. Fernando henrrique, que é do mesmo partido. É muito triste.

    Abr,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s