De Mente

 

Por Maria Lucia Solla



Ouça “De Mente” na voz e sonorizado pela autora

Ah! quanta coisa a gente não aprende na escola; e nem em casa. E quanta falta isso faz.

Os reencarnacionistas dizem que, no momento do nascimento, um dispositivo zera a memória que trazemos de outras vidas. Talvez por isso choramos. Aí aprendemos que chorando, gritando e esperneando chamamos atenção; e abrimos o berreiro por tudo e por nada, para testar o exercício e a reação da turma em volta. Isso quer dizer que nossa mente concreta, a que conhecemos mal e mal, chega com sistema operacional instalado e é só. Dalí para frente é um instalar arquivos e aplicativos que não tem mais fim; o nó é quando se quer desinstalar alguma coisa. Dá uma trabalheira danada, e continuamos chorando, segundo o estilo de cada um. Os arquivos instalados viram crenças, que passam a agir, independentes do que chamamos de vontade, a memória do ruim vira trauma, do bom vira vício e se bobear, a vida vira um suplício.

O bombástico é que, por volta dos 7 anos, nossa personalidade se cristaliza, a responsabilidade dos que nos acolhem é fatal. Mas, nem tudo está perdido ou ganho. Há sempre luz no fundo do túnel, seja você gênio ou tacanho.

Lembra da Lei da Atração que andou na moda? Como tudo na vida, no ritmo da onda do mar, teve seu momento de glória e caiu no esquecimento. Quem é que fala hoje do filme O Segredo? O Segredo veio nos lembrar de que juntamos um pensamento daqui e outro dali e criamos ideias, e são essas ideias que assumem o comando e acabam regendo a nossa vida. Ligamos o piloto automático, por preguiça, desinteresse ou ignorância e entregamos a direção dela a elas, sem nos darmos ao trabalho de separar o joio do trigo. A vida me fez assim e pronto.

Onde está então a tal da luz no fim do túnel? Dentro de você e dentro de mim, meu caro, e se o problema está na mente, a solução está nela coincidentemente.

Esquece o passado. O que passou, passou. Você pensou estes anos todos, sem se dar conta de que pensamentos são unidades de uma construção que resultou no que você é hoje. Ora, sei bem que a gente é mais do que isso; somos o que comemos, o que vemos, o que pensamos e o que dizemos, mas você há de convir que, de toda essa atividade, toda essa presepada, a de pensar ganha de goleada. A gente pensa muito mais e mais rápido do que fala, não consegue reportar em palavras tudo o que vê, mas consegue pensar o que vê e registrar tudo na mente, num zás-trás.

Então, vale a pena, além de arrumar e limpar o guarda-roupa, de arrumar e limpar a casa nos preparativos para o ano que vem chegando, dar-se uma oportunidade e encontrar um tempo para arrumar e limpar a mente das ideias e crenças que já não servem mais. Vale a pena, além de diminuir a gordura e a fritura, diminuir e eliminar o pensamento inútil e o nocivo que tornam nossa vida tão dura.

Então coragem! Fique esperto, não deixe que a mente te engane e que ela seja de você, o inimigo mais perto. Quando estiver pensando, participe do evento não deixe que seu pensamento seja movido pelo vento. Não permita que pensamento aleatório faça parte do teu repertório.

Escolha a dedo o pensamento que vai tua mente ocupar e me diga, depois, se diminuiu o teu sofrer e o teu chorar.

Faxina na mente, já! Afinal, quem é que manda nela?

Pense nisso, ou não, e até a semana que vem.

Maria Lucia Solla é terapeuta, professora de língua estrangeira e realiza curso de comunicação e expressão. Aos domingos, escreve no Blog do Mílton Jung

música: coming back to life – Pink Floyd
foto: A Persistência da Memória, de Salvador Dalì

31 comentários sobre “De Mente

  1. ESTIMADA AMIGA MARIA LUCIA,
    BOM DIA.
    CONCORDO CONSIGO,TEMOS QUE DEIXAR O PASSADO E OLHAR PARA FRENTE,DE FORMA FIRME CLARA E ACIMA DE TUDO COM OBJETIVOS A SEREM ALCANÇADOS
    BEIJOS
    FARININHA.

  2. Grande Mike Lima
    Má que belo texto cumadi!
    Uma das minhas atividades é a informática.
    Um estudo sem fim, extremamente complexo, entre upgrades e updates assim vamos possuindo máqunas cada vez mais potentes, parrudas, fortes.
    as máquinas “obsoletas”, o hardware ultrapassado, nos defazemos muitas vezes doando aos mais necessitados, entidades filantrópicas, e assim por diante.
    Como tivemos oportunidade de ao longo dos anos aprender com estas maquinas obsoletas, damos então aos “iniciantes na informatica”, as mesmas oportunidades e vamos então estudar o nosso novo equipamentp em um todo.
    Software e hardare.
    O Software você xinga e o hardware você chuta!
    As nossa novas e potentes maquinas super atuyalizadas, nos chegam muitas veses sem o sistyema operacional instalado, ou simplesmente pré instalado ou para os mais técnicos montam suas maquinas e instalam o sistema operacional, numa HD zerinho.
    E assim com o tempo como você diz no belo texto, vamos instalando com o tempo softwares, utilitários, programinhas, depois não era bem isso que gostariamos de ter em nossas HDs, depois então desinstalamos tudo, depois navegando pela internet, conversando com amigos este nos informa que o novo software tal que “é da hora”!
    Massa!
    E assim passa o ano, o sistema operacional, o pc acabam ficando lentos pesados, começa a esquentar muito, travam, mesmo desfragmentando as HDs com frequencia, limpando o registro o REGEDIT com certa frequência, instalando uma nova placa de video, mais meoria RAM DDR5.
    Com o passar do tempo nota-se que apesar dos cuidados que devemos ter com os “nossos pcs” vamos ter que fatalmente, para muitos partir “para a árdua” formatação da HD e reinstalar o sistema operacional novamente.
    Limpar o hardware, retirar a poeira acumulada dentro do gabinete e deixcar a maquina zerada novamente para reiniciar “nos trinks” o proximo ano.
    No que se refere a depois de decolarmos a nossa aeronave da vida, de ter enfrentado algumas turbulencias, chacoalhões quando temos que varar algumas nuvens e formações mais pesadas, nada mais justo que depois já nivelados nos 40000 pés, ou doze mil metros de altitude no ceu azul totalmente cavok, ou somente alguns cirrus para quebar um pouco a monotonia, ativar o piloto automatico, o FMC, GPS os nossos gerenciadores de voo e assim, “não precisamos mais nos preocupar”.
    Muitos jovens pilotos, estão tão acostumados com a automoatização existnete nas modernas aeronaves, que acabaram “se tornando” preguiçosos.
    Pois voar point to point, em aerovias que “encurtam a distancia, as RNAVs, protegidoe e guiadoe pelo GPS ou pelo FMC é mais comodo, seguro, mais facil, cansa menos.
    Só que um dia estes sistemas todos podem falhar a exemplo do Airbus A330 que cai no mas depois de cruzar o arquipelago de fernando de Noronha, o A320 que Varou a pista porque o sistema da nave enlouqueceu, o Legacy cortou a asa de um Boeing 737 800 a 37000 pés, todos pilotados por sofisticadíssimos gerenciadores de voo e mesmo assim todos vomis, assistimos os resultados.
    Um dida teremos que colocar a nossa aeronave da vida no hangar para o chec geral “D”, desmontar a ave inteiramente, peça por peça, parte por parte.
    Um dia por alguma razão em caso de falha nos sistemas avançados de gerenciados de voo falhares, vamos ter que pilotar a ave nas mãos e nos pes, analogicamente.
    Bom domingo
    Bjus
    Armando Italo
    lembrando que estamos chegando no natal, final de ano, muitos bbebem e passam da conta.
    Então aproveito para acessarem o meu blog e assistirem um video.
    “Quem bebe e depois dirige, vira fantasma”

  3. Malu,

    Algumas coisas ruins embutidas em nossa mente, podem criar cisma. E, a cisma geralmente é injusta. Eu já cometi várias injustiças por cismar que, me fizeram isso ou aquilo por causa de algo que procuro esquecer . Coisas que os cismados insistem em me lembrar.

    Me incomoda quando dizem: Fulano está velho, impossível mudar sua cabeça. Tenho vários exemplos que isso não é verdade. Esses exemplos me incentivam a trabalhar para que não digam isso de mim.

    Reencarnacionistas: Um desses me disse que, em outra vida fui um orador que usava o dom da palavra para ludibriar as pessoas. E, talvez isso, seja a explicação de que quando falo muito alto e com intusiasmo, possuo uma leve gagueira. Sei, lá!

    Beijos e ótima semana!

  4. Mama,

    Passado e futuro nem existem, não é? Tolle fala do Agora, o presente… a consciência!
    O resto são resquícios ou vagos pensamentos. Nem mesmo a memória do que uma determinada pessoa te fez, ou deixou de fazer, tem sentido ser carregada. Nossa ação depende apenas de nossa presença… que já colheu muito mais do que memórias no seu tempo de existência.
    Nessa presença, o que não sabemos, é colhido na forma de intuição, que vem exclusivamente de dentro.
    Mas dentro de onde? Se a mente é tão rasa, e efêmera…
    De dentro de Tudo, de qualquer coisa, de qualquer ponto e de todos os pontos no mesmo instante.
    É perfeitamente agora, nesse exato lugar!
    Te amo!
    Pi

  5. “Forget regret, or life is yours to miss” outra parte de “Rent” (risos, esse é um dos meus vícios)
    E como desinstalar a percepção de tempo? Esquecer de passado, presente e futuro e pensar que tudo faz parte de tudo?

  6. Alpha India,

    é isso mesmo. Assim fora como dentro, e vice-versa. Cada coisa, cada funcionamento, cada tudo é mestre. Não importa se a gente lê a mensagem do mestre no jornal caído no chão, no crecimento do alface ou no funcionamento de um super moderno jato.

    O negócio é ficar ligado, não na parafernália externa, todo o tempo; mas na dispensa universal. Fazendo espaço para a supramente agir. Nossa meta, querendo ou não.

    beijo,
    ml

  7. beto,

    quem nunca cismou, que atire a primeira bomba de chocolate!

    e quem é que quer ficar nesse lugar velho, onde nada muda? Você pelo jeito não, e nem eu. Mas é questão de opinião e de decisão, né? como tudo. Não se deve achar que o caminho que a gente toma é o único ou o melhor; porque não é, com certeza.

    quanto a reencarnações e vidas passadas, nada é preto no branco ou vice-versa, Há infinitos matizes. Eu, particularmente, (friso o particularmente) prefiro a regressão feita por você mesmo e não por um outro. Não poderia argumentar, só sinto assim.
    Faz sentido pra você o que a pessoa viu, ou sentiu? O teu “sei lá” quer dizer o quê? Como dizia um dos meus mestres, o Sadi: se você soubesse, você diria o quê? Você acha interessante mas acha melhor não mexer com isso?
    Você não precisa me dizer nada disso, mas são essas perguntas que vão te ajudar a achar o caminho. Se você quiser.

    Beijo,
    ml

  8. Olá, meu filho,

    você é mestre nesse assunto, e aprendi muito com você.

    É verdade, passado, presente e futuro são concomitantes. O tempo linear é usado para que a gente possa aprender a conectar tudo, para depois desconectar por opção.

    Como fizeram os mestres da pintura: chegaram à maestria na forma para só então desestruturá-la.

    É como a nossa mente foi criada; para funcionar assim; fragmentar tudo e, assimilar de bocados, na nossa medida.

    O passado serve só como referência, mas a gente leva tempo carregando malas , (isso quando não carrega as suas e as de outros) sofrendo, se arranhando, caindo pelo caminho, chorando e gemendo, até se dar conta de que a “biblioteca” é virtual, nas nuvens, e que a gente pode ir largando as malas e esquecendo que elas existiram um dia.

    Chegamos lá!

    Intuição.
    Nasce na supramente. Não atravessa pensamento.Você pode colhê-la ou não, mas para ter a oportunidade, precisa aquietar a mente que conhece, ou o que conhece dela.

    Também amo você.
    Beijo,
    mm

  9. bruno,

    é só respeitar a cronologia.
    Você vai aos compromissos de ontem, de hoje ou de amanhã?
    Você lê a tua agenda e lembra do que fez ontem, mas não vai lá e vivencia tudo de novo, e de novo, e de novo.
    É bem isso. Só treino. Ir deixando cada coisa no seu lugar e assumindo o teu lugar de comando.

    Fácil dizer; eu sei, mas vale a pena se empanhar.

    Continua no Rent que as dicas são boas, e continua com as dicas pra nós.

    beijo,
    ml

  10. Maluzinha querida!

    Como falamos, nossos pensamentos devem ser cuidados como nossa casa, onde abrimos a porta para quem realmente queremos receber.
    Vamos treinar sempre e muito.

    adoro vc!
    Bjs
    Li

  11. Edmilson,

    só depois de dar o enter na resposta pra você, vi que tua saudação dizia “Saúde.”

    Não posso deixar de te dizer como foi bem-vinda.
    Muito obrigada.
    Pra você também!

  12. Malu,
    Arrumar a casa, as gavetas e a bolsa, fazer comida, mesmo arrumar a própria cama, hoje, já não dá tempo. A correria do transito, do trabalho não deixam. Arrumar a cabeça e pensar melhor ou pensar, foi ficando mais pro final. Se a fatura do cartão de crédito não aparecer pra ocupar a cabeça mais um pouquinho. E que pouquinho.

  13. Oi prima querida, como diz o ditado: “Somos o que pensamos”, por isso a limpeza dos pensamentos é tão importante quanto a faxina da casa.
    Hoje a psicossomática trabalha com a consequência dos pensamentos e sentimentos inadequados que afetam nossa saúde, por isso a saúde mental é essencial para nossa saúde física. Então……. vamos aproveitar a mudança de ano e fazer uma bela faxina mental!
    Beijocas
    Magutcha

  14. Tá bom vai, eu não queria, mas você não é preconceituosa.

    Deletar o homem velho ?

    Sim, esse modelo que se arrasta a milênios e só nos faz sofrer.

    Quando nos damos conta de que somos seres espirituais e não materiais, sofremos menos.

    O lado ótimo que a doutrina reencarnacionista nos traz é justamente esse: Somos herdeiros do que fizermos de bom ou de ruim ontem, mas que com nossas melhores ações no hoje, seremos melhores amanhã.

    Não é tão simples como parece, mas adquirimos mais responsabilidades perante nossos atos.

    Viva a vida..

    Beijos.

  15. Olá Maria Lúcia!
    Bela reflexão, quero compartilhar também juntando a ela essas palavras.
    As primeiras investigações sobre a mente humana para que se pudesse compreender a alma do indivíduo , foram de caráter místico-filosófico; estudos esses realizados pelos egípcios, no período de 2780 a 220 a.C. Eles acreditavam que a consciência e a inteligência humana, tinham suas origens no coração, órgão que representava a parte sacra do corpo .O corpo era embalsamado , depois de retirar os pulmões, rins, estômago , fígado e outros que eram depositados num recipiente e mantidos ao lado do corpo. O cérebro, esse , era descartado porque dele quase nada se sabia! Simplesmente era conhecido como uma parte impura do corpo.
    Ah! cérebro máquina misteriosa e cheia de interrogações e de idéias!Por tudo isso e muito mais, para acumular conhecimentos, devemos acrescentar coisas novas todos os dias. Por outro lado, para obter Sabedoria, por que não descartar algo todos os dias?
    Como diz um antigo provébio chinês:” Você é senhor do que não disse e escravo do que disse”

  16. Oi Mike Lima
    Sou casado com uma físca edas estudiosas!
    Conversamos com frequencia sobre matéria, se existe ou não existe, a virtualidade, espiritualidade e por ai vai.
    Atualmente as teorias da fisica praticamente puseram a baixo as considerações e e convicções materialistas.
    Seriamos nos sêres totalmente espirituais, intergaláticos, energia ou materia em um todo.
    O artigo abaixo é interessante e vale apena ler e reavaliar sobre quem somos e o que somos, de onde viemos, para onde iremos.
    Então boa leitura.
    http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=confirmado–a-materia-e-resultado-de-flutuacoes-do-vacuo-quantico&id=010130081125
    Armando Italo
    http://www.blogdoaitalo.blosgpot.com
    Ah!
    Procurem pelo filme “QUEM SOMOS NÓS”
    Deve existir DVD por ai a venda.

  17. sérgio,

    é verdade, o cardápio do fazer e do pensar pode ser um papiro interminável, mas na verdade, o fazer fica na categoria do fazer e, portanto, é listar e mandar ver. Não adianta ficar pensando no que fazer que a coisa não se faz sozinha e o pensar não ajuda nesse caso. Quanto ao cartão de crédito, melhor é pensar na hora de comprar e não postergar…

    Agora, peneirar o que pensar não dá trabalho nenhum, e evita uma encrenca danada. É continuar treinando que vai!

    beijo,
    ml

  18. magutcha,

    outro dia tinha um pensamento do tipo pop-up, que não parava de se meter na minha tela mental. Na terceira vez que me peguei afastando ele, deitei no sofá, tirei um cochilo de 15 minutos, e quando acordei ele já tinha se mandado para outra cabeça que o acolhesse. Pelo jeito se deu bem, porque não voltou.

    beijo,
    ml

  19. Ah, Ezequiel,

    com certeza!
    Gosto da ideia do plantar e colher. Já me dei mal com isso, mas na época era o melhor que eu podia fazer; plantei mal e colhi o melhor que deu pra colher.

    Agora, responsabilidade e consciência deveriam ser matérias obrigatórias do primeiro ao terceiro grau, com pós graduação, mestrado e doutorado.

    Cobra-se responsabilidade, mas nunca há quem fale sobre ela, quem demonstre suas vantagens e a desvantagem que resulta da falta dela. Consciência, então… só em letra de música
    “Vai, vai mesmo
    Eu não quero você mais (nunca mais)
    Tenha santa paciência
    Ponha a mão na consciência…”
    laialará,,,

    beijo,
    ml

  20. Luciah,

    interessante essa história dos egípcios! Dá o que pensar…

    Ainda acho que quanto mais nos afastamos da Natureza, mais longe da verdade – que tanto buscamos – vamos ficando. E com o passar dos séculos e a pressa de chegar a algum lugar – que eu, com toda a minha curiosidade, ainda não descobri qual é-, continuamos na mesma direção, com velocidade cada vez mais alarmante.

    Estamos deixando para trás uma Era de idolatria ao cérebro, o que é muito bom…
    E viva o coração, o Chakra cardíaco, ou o que eles simbolizam, que deverão tomar a liderança, muito breve!
    Pela dor, para a maioria.

    beijo,
    ml

  21. Alpha India,

    não somos um corpo que abriga um espírito, mas um espírito que habita um corpo.

    Que bom! Sinal de que quando expira o nosso prazo de validade física, aqui na Terra, ainda existem universos e universos por onde trafegar.

    Não tenho pressa de deixar o planeta, até porque tenho um montão de lição de casa ainda não terminada, mas minha curiosidade e minha sede de viver, na forma que for, levam embora o medo do que chamamos de desconhecido.

    Tô sempre a fim de viver!
    Vou ler o artigo que vc sugeriu.

    Obrigada!

    beijo,
    ml

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s