Morte em deslizamento de terra em Mauá

 

 

Duas pessoas morreram após o deslizamento de terra na cidade de Mauá, no ABC paulista. De acordo com os bombeiros, uma encosta caiu sobre uma casa e atingiu o garoto de 11 anos e a mãe dele. O repórter Alexandre Ventura esteve por lá e registrou em imagens o drama da família e o trabalho das equipes de resgate. A cobertura completa você acompanha no site da CBN.

4 comentários sobre “Morte em deslizamento de terra em Mauá

  1. A popualçao “pobre”, humilde, diante da ignorância técnica, sem onde morar dignamente, parte para constryuir suas precárias casas em barrancos, nas margens de corregos, rios.
    Resultado.
    Quando caI uma chuva mais forte, vem os desabamentos, e ai mais uma vez temos que ler a triste noticia que mais pessoas morreram soterradas.
    Mesmo assim, as prefeituras, tenocratas fecham os olhos para tais construções.
    Porque permitem?
    Quando será que vai aparecer alguem “com aquilo roxo” com real vonmtade politica para coibir que tais construções sejam erguidas.
    Desculpa em afirmar que não é possivel controlar o numero de construções em locais extremamente perigosos não dá para aceitar.
    Para que servem os helicópoteros das prefeituras, policias, estes em sistema de colaboração durante os sobrevvos em máreas de alto risco, em poucos minutos de voo já e possivel saber onde esta sendo construida uma casa em barranco, margem de corrregos, rios, etc?

  2. Alexandre Ventura,

    Parabéns pelo brilhante trabalho!

    Infelizmente é mais uma tragédia anunciada, como milhares de outras que virão por aí, enquanto nossos governantes gozam de mordomias, o coitado do eleitor e simples mortal não desfruta nem um único direito que tem: M O R A D I A digna…

    Até quando isso vai???

  3. Meu caro Alecir
    Essas “desgraceiras” todas que assistimos durante a época de chuva só serão amenizadas, apartir do momento que surgir dos céus algum politico, realmente “com aquilo roxo” interessado pelos problemas do povo, do eleitor, do pagador da escorchante tacha tributária.
    Quero ver quem tem PEITO de retirar a população que constroi suas precárias casinhas, por não ter moradia, conforme reza a constituição brasileira e promessas politicas, das margens de corregos, parecendo palafitas, penduradas em morros e barrancos.
    Após esta ação, fazer como é feito em países realmente do primeiro mundo, replantar as matas ciliares nnas margens dos rios, como mandam as leis da natureza e não dos homens.
    Com certeza vai aparecer algum politico iluminado que vai insistir em dizer que “é dificil” controlar o crescimento desordenado, da periferia, das construções am rios.
    Mas ai pergunto aos mesmos:
    -Para que existem helicópteros, google map, aerofotogrametria?
    Eu mesmo se quiserem quando estiver voando por ai, faço questão de tirar umas fotos e apontar casa por casa que nestas alturas do campeonato deve estar sdendo construida nbeste exato momento.
    Mas o pior vem depois da casa construida.
    “A familia cresce” e dai então levanta-se mais uma laje em terreno instavel.
    Ai meu caro.
    Obviamente a edificação se tornará “mais pesada” sobre o terreno.
    Ai a tendencia é desasbar tudo e o que tiver pela frente vai junto.
    Mas como a periferia é uma exelente fonte de voto, ao nosso ver fica por isso mesmo.
    O provão já desesperado por qualidade de vida, melhores condições de moradia, de saude de educação, de transporte publico passam a acreditar em estorias da carochinha, nas promessas infundadas e asim vai dia ma pos dia.
    Barracos desabando, gente morrendo, crianças, idosos, rios transborddando, levando jun to as casinhas que foram construidas nas margens de rios e corregos.
    Todos os anos a mesma coisa.
    Promessas e mais promessas.
    E quando chega nas vesperas das eleições o que vemos de politicos circulando pelas periferias, dando beijinhos em crianças, tomando cafezinho de buteco, pisando na lama, abraçando moradores, parece piada de mau gosto.
    Depois de eleitos literalmetne somem.
    Ou será que estou exagerando?
    Mas grana para tgrocar a frota da assembleia, para dar aumentos, de quase oiutenta por cento, jantares, almoços, dinheiro serila mais para quem e o quê, isso meus carissimos amigos e leitores do blog, tem de sobra.

    Abraços
    Armando Italo
    Feliz 2011.

  4. Amigo Armando,

    Após seu comentário apenas expressei minha indignação com o descaso, não tinha mais o que comentar.

    Concordo em numero gênero e grau com seus comentários, só acrescentaria que, enquanto o descaso gerar voto não haverá solução. Nossos políticos usam a desgraça alheia para realizar seus sonhos de poder com promessas mirabolantes…

    Feliz 2011 p/vc também,

    Abração
    Alecir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s