Acertos e tropeços nas compras online

 

Os tropeços da Americanas.com e Submarino, que andam sob o guarda-chuva da B2W, deixaram os brasileiros desconfiados com as vendas pela internet. Muita gente tem medo de comprar e não levar, ao menos não levar no dia marcado, principalmente próximo de períodos de alto consumo como o Natal – falhas deste tipo são corriqueiras no Brasil. Semana passada, ainda de férias nos Estados Unidos, depois de não encontrar nas lojas dois produtos, recebi a sugestão de encomendá-los pelo site. Mesmo desconfiado, encarei a proposta e fechei a compra com duas empresas diferentes. Ambas fizeram a entrega na hora, data e local corretos, dois dias depois. Dentre o dia da compra e da entrega, recebi e-mails da empresa que vende e da que entrega o produto para que eu monitorasse o envio. Alguém pode dizer que foi sorte de iniciante, mas não há como negar que a confiança no e-commerce americano é muitas vezes maior do que no Brasil.

Apesar das diferenças, os americanos têm historias incríveis sobre problemas no serviço de entrega, algumas que aconteceram recentemente. Na primeira, um funcionário da FedEx, aparentemente sem paciência, faz uma “entrega rápida” de um monitor de vídeo, apenas não imaginava que tudo estava sendo registrado pela câmera de segurança da residência. Com o monitor quebrado, o consumidor publicou as imagens no You Tube que, em poucos dias, foram vistas por mais de 5 milhões de pessoas, levando a empresa a fazer um pedido de desculpas público através de seu vice-presidente de operações Matthew Thornton, além de pagar indenização:

Na segunda, o entregador é da UPS e também estava com pressa. Não se sabe se a encomenda sofreu algum prejuízo, mas com certeza a imagem da empresa, sim:

2 comentários sobre “Acertos e tropeços nas compras online

  1. A cena do entregador da FEDEX contradiz tudo o que tenta mostrar o filme O Naufrago (se não me engano do ano 2000).

    Quanto a loja virtual, já comprei muito no Submarino e Americanas.com e hoje nem pensar.

    Minha surpresa ficou por conta de uma loja chamada Kabum, o nome não me parece muito sugestivo, algum tempo atrás precisei comprar um monitor e comparando preços entre lojas virtuais e físicas, cheguei a conclusão que nas virtuais apesar do frete sai mais em conta. Resolvi fazer um teste na Kabum e como precisava de uma extensão para USB, custava R$ 3,90 e imaginei que com o frete sairia por volta de R$ 10,00, na hora de fechar a compra para minha surpresa saiu com frete grátis. Imaginei que jamais receberia tal mercadoria cujo frete era mais caro que o produto, mero engano com 3 dias recebi em casa via correios e, registre-se que esta empresa é sediada em Limeira -interior de SP-.

    Comprei o tal monitor e o mesmo aconteceu, recebi com os mesmos 3 dias e de lá pra cá virei cliente e sempre que preciso de alguma coisa é por lá que começo minhas pesquisas.

    Ao contrário do Milton não foi sorte de iniciante, existem lojas sérias e administradas com respeito ao consumidor diferentemente do grupo que administra o Submarino, Americanas e acrescente-se ai o Shoptime.

  2. Esta relação entre consumidor e fornecedor pode ser ruim também no mundo convencional.
    Comigo na única oportunidade que falharam na entrega de pedido via internet as câmeras de segurança resolveram o problema.
    A comodidade e a facilidade de busca devem prevalecer aos que tem propensão ao mundo virtual.
    Como sempre é uma questão de opção pessoal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s