É um assalto! Alguma novidade?

 

Por Carlos Magno Gibrail

 

Polícia no SOS Morumbi

 

Domingo à noite, um casal de classe média alta, no bairro do Morumbi, precisamente no Real Parque, foi assaltado por um grupo de jovens armados. Escopeta, metralhadora e muita agressividade e violência, com arma apontada à nuca aos corpos deitados no chão Os criminosos roubaram dinheiro, cartões de crédito e o carro. Uns entraram na favela próxima, outros fugiram com o automóvel. Deixaram as vítimas na calçada.

 

Enfim, cena que o cotidiano urbano tem banalizado, não fossem alguns novos fatos. O casal foi a 34ª Delegacia de Polícia e não conseguiu fazer o BO – Boletim de Ocorrência, pois foram informados que estas unidades e mais quatro da região não fazem BO nos fins de semana por falta de pessoal. Foi a seguir na 89ª DP do Jardim Taboão onde efetivou o BO e soube que existem apenas dois carros para cobrir todo o Morumbi. Enquanto a polícia que normalmente fica em frente a loja do supermercado Pão de Açúcar, na Marginal Pinheiros, na altura da ponte Estaiada, com pelo menos dois veículos e motos, é classificada como Polícia de Trânsito e não faz ronda ostensiva. Faz segundo moradores da área a fiscalização nos carros novos e vista grossa aos calhambeques, tão freqüentes no bairro.

 

Realizado o BO, o casal alertou as entidades de bairro do ocorrido, prevenindo sobre o local e atentando ao fato, que terão cada vez mais o trabalho de sensibilizar todos os elementos envolvidos na segurança. Moradores, governo, polícia e imprensa. E, espera que ao menos o Ladeirão do Real Park, local do assalto e tão conhecido como ponto de crime, possa ser fiscalizado. Aproveitando-se inclusive da proximidade de eleições. Época em que os políticos se digladiam em busca de Luz, Câmeras e Ação.

 

Que tal Luz, Câmeras, e Ação, nos bandidos também?

 

Carlos Magno Gibrail é mestre em Administração, Organização e Recursos Humanos. Escreve no Blog do Milton Jung, às quartas-feiras.

6 comentários sobre “É um assalto! Alguma novidade?

  1. Milton

    E e minha mulher fomos vitimas de estelionatarios ao comprar plano de saude, foi feito BO e até hoje nada por parte da policia paulistana

    Isso foi no inicio deste ano

    Conversando com um conhecido policial, foi categórico em afirmar que faltam elementos, policiais nas delegacias, o que é verdade!

    Então não é culpa da policia e nem tão pouco dos policiais.

    E assim os estelionatarios que deveriam estar presos ainda numa boa, soltinhos da silva.

  2. Prezado Armando Italo, estamos sempre com pelo menos dois problemas, que são a política focada no interesse pessoal e a corrupção que desvia recursos e atenção. Não sobra nem tempo, nem dinheiro. O que fazer? Votar melhor parece que é um caminho.

  3. Edson, geograficamente o Geraldo está bem perto do local do crime apontado no artigo. O Palacio dos Bandeirantes fica próximo. Politicamente está no PSDB, na batalha contra o PT, cujo resultado é ruim para o país. Os partidos disputam cargos, influências e poder. O país, como nação e estado fica ao largo, na deriva.

  4. Prezados Boa Noite.

    Sinto muito em dizer-lhes: hoje quem manda no estado de SP, é pcc. conmandado pelo marcola. O que se diz governador, já foi varias vezes no presidio negociar com ele. Só não sabemos o que ficou determinado.
    Mas uma coisa sabemos, não temos mais segurança nem para ir até a padaria.
    Bom! se as coisas caminharem como estão, no proximo pleito eleitoral, vamos ter marcola para governador de SP. José Serra como secretário de segurança e o Geraldo como minstro da casa civil. E tá coisa em kakakakakakak. Que vergonha, onde chegamos em?
    Abr,

    José Sinval.

  5. José Sinval, uma série de vivências no trato com a segurança no bairro do Morumbi, onde chegamos a atuar ativamente com os moradores , me fez concluir que um dos caminhos para a melhoria é a privatização.
    Assim como está sendo feito com a saúde, onde muitos tem planos particulares.
    A má noticia é que toda vez que abordei este tema houve grande reação contrária. A voz da maioria é pela obrigação do estado. Mas será que o estado tem condições? Haja vista suas colocações.
    Donde concluí que temos que evoluir, pois hoje se cuida da saúde, mas não se cuida da vida.
    Enquanto isso, poderíamos ao menos colocar câmeras. Quanto mais câmeras melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s