A internet das coisas e de todos

 

Por Carlos Magno Gibrail

 

21523627514_1fa7e86378_z

 

A web dará origem a um novo sistema econômico que substituirá o capitalismo. Trata-se da internet das coisas. Ela permitirá conectar todos e tudo em um novo processo econômico, mais completo do que as revoluções industriais do passado, pois sua arquitetura é descentralizada e customizada.

 

Jeremy Rifkin, autoridade em economias do futuro,se tivesse ouvido a CBN no sábado teria mais uma confirmação da importância de sua última obra.“Sociedade com custo marginal zero, a internet das coisas, os bens comuns colaborativos e o eclipse do capitalismo”.

 

Rifkin, professor de Warton, guru de presidentes, entre eles, Angela Merkel, afirma que quando os custos de gerar, armazenar e compartilhar comunicações, energia, transportes, produtos e serviços se aproximarem de zero,uma nova matriz será criada. Pública e esperta: a internet das coisas.

 

No “Mundo Corporativo”, Armindo Mota Jr, da WAPPA, descreveu ao Mílton Jung a sua operação, que atende empresas em serviços de taxis cobrindo 300 cidades brasileiras, usando 300 cooperativas. Com o seu aplicativo, ajuda as empresas clientes a desmobilizar e economizar 30% em transportes, enquanto os taxistas têm 30% a mais de ocupação, e ele fatura 200 milhões por ano.

 

No “50 mais CBN”, Alexandre Kalache perguntou ao economista Eduardo Gianetti, se ainda mantinha a afirmação que a economia devia nos libertar, mas acaba nos escravizando. Gianetti manteve a afirmação, mas a tese de Rifkin e o programa do Mílton merecem uma reflexão.

 

A experiência da Wappa pode ser aplicada em todos os setores de transportes, e, aos produtos também evitando perdas e sobras. De outro lado, setores tradicionais terão que enfrentar as inovações da internet das coisas, como Ruy Castro já percebeu que a trajetória dos cantores que hoje ganham em shows chegará aos escritores.

 

A argumentação de Rifkin é consistente para chegar à transposição do capitalismo para o compartilhamento da internet das coisas, e, é acessível.Pelo entendimento e pelo acesso. Você pode comprar o livro em português ou baixar na internet o original de graça. Local onde pode ouvir o autor,ler seus comentários, ou investigar a opinião e a análise de professores de renomadas escolas de economia. Tudo dentro da internet das coisas.

 

É bom se preparar, para aproveitar o que virá.E, por falar nisso, dia 20 entrará no ar o PIRATAS ON LINE, o primeiro Shopping Center físico a ser replicado na web.

 

Carlos Magno Gibrail é mestre em Administração, Organização e Recursos Humanos. Escreve no Blog do Mílton Jung, as quartas-feiras

Obras de Rifkin em português:
A terceira revolução industrial
O sonho europeu
O fim dos empregos
A economia do hidrogênio
A era do acesso
O século da biotecnologia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s