Avalanche Tricolor: um time que não se ilude com o talento e sempre disposto a lutar

 

Atlético PR (0) 2×3 (4) Grêmio
Copa do Brasil – Arena da Baixada/Curitiba-PR

 

 

IMG_8898

Everton e Pedro Rocha marcaram para o Grêmio (reprodução SportTV)

 

 

Fomos forjados no sofrimento. Nascemos precisando quebrar a hegemonia regional do adversário; tivemos de nos transformar para ganhar dimensão nacional, e assim que a alcançamos fomos buscar a América e o Mundo. Quando tudo parecia conquistado, descobrimos que sofrer era preciso: recomeçamos nossa saga para registrar na história uma batalha nos Aflitos.

 

Como torcedor criado nessas condições, aprendi a respeitar cada resultado e ser comedido nas comemorações. É verdade, uma vitória me deixa feliz e uma goleada, extasiado. Porém, jamais iludido. Por isso, a classificação à semifinal da Copa do Brasil somente foi uma certeza após o jogo desta noite, mesmo que tenha sido larga a vantagem da primeira partida.

 

Se eu como torcedor tenho essa percepção, Renato, que além de torcer como nós é um estrategista (e gênio), tem certeza. Portanto, soube conter a excitação dos seus jogadores, colocou a cabeça da turma no lugar e os convenceu de que nada estaria garantido antes do apito final.

 

A forma como o Grêmio jogou, mesmo com mudanças em cinco posições, mostrou a seriedade com que este confronto foi encarado. Havia inteligência no passe e na posse de bola. Nem mesmo o gol tomado nos primeiros 15 minutos tirou o time do seu foco. A velocidade na movimentação e o talento no drible se sobrepuseram à vontade e ao desespero do adversário que corria atrás de um feito histórico.

 

O 7×2 final – conquistado nos dois jogos destas quartas-de-final – esteve à altura da qualidade deste time que sabe jogar bola como poucos no Brasil e, ao mesmo tempo, tem maturidade suficiente para não se iludir com seu talento. Aprendemos na vida e nos gramados que nada vem de graça, precisamos jogar muito e lutar, jogar mais ainda e lutar ainda mais, se quisermos ser campeões. E nós queremos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s