Mundo Corporativo: maior dificuldade de jovens líderes é gerenciar pessoas, diz Daniel Velazco-Bedoya, do Cabify

 

 

“A maior falha hoje de uma jovem liderança é gerenciamento de equipe. E gerenciar equipe não é só prioridades, prazos, planejamento e cumprimento disso. É desenvolver pessoas e colocá-las nos lugares corretos; gerenciar conflitos; dar o direcionamento para direita e para a esquerda”. Daniel Velazco-Bedoya fala com autoridade sobre as dificuldades que as novas gerações enfrentam ao assumirem postos de lideranças nas empresas. Ele, aos 28 anos, é diretor-geral do Cabify, empresa de tecnologia na área de mobilidade e transporte individual, posto assumido após ter sido funcionário de empresas privadas, criador de start-up, gestor e executivo.

 

Em entrevista ao jornalista Mílton Jung, no programa Mundo Corporativo, da rádio CBN, Bedoya ajuda a identificar quais são as vantagens de se contratar profissionais jovens e as dificuldades que essa inexperiência pode gerar. Ao mesmo tempo, mostra aos empresários quais são os pontos que mais atraem as novas gerações. Para ele o que leva às novas gerações a escolher entre uma empresa ou outra são os valores de cultura de trabalho, o entendimento do ciclo de mudanças rápidas e a liberdade para que se atue com mais independência.

 

O Mundo Corporativo, no último sábado do mês, é dedicado às novas gerações. O programa vai ao ar no Jornal da CBN, a partir das 8h10 da manhã. É reproduzido aos domingos, 11 da noite, em horário alternativo. Colaboram com o Mundo Corporativo: Rafael Furugen, Débora Gonçalves e Juliana Causin

2 comentários sobre “Mundo Corporativo: maior dificuldade de jovens líderes é gerenciar pessoas, diz Daniel Velazco-Bedoya, do Cabify

  1. Bom dia caro Milton jung,te acompanho desde os tempos da cultura quando vc dividia bancada com o grande Heródoto.
    Apesar da admiração e respeito que tenho por vc ,estou muito decepcionado com o mundo corporativo que vai ao ar daqui a pouco,como uma empresa pirata que como outras de aplicativos de transportes ,que atuam sem nenhuma ética ,atropelando as leis em todos os países que atuam,explorando desempregados,transformando a profissão de taxistas em biscate,pode ser apresentada em seu ótimo programa como case de sucesso ,sou taxista e estou perplexo com tal entrevista,graças a Deus na próxima terça a PLC 28/2017 será aprovada e sancionada posteriormente pelo presidente Temer, e aí sim todas essas empresas piratas farão parte do passado.Com todo o respeito que vc merece,pesquise mais a respeito do assunto e verá que vc esta compactuando com empresas nas quais seu parceiros cometem todo tipo de atrocidades:estupros ,conduta perigosa no trânsito e serviços mal prestados,só para citar um exemplo no seu Rio grande querido esta semana foi achado um corpo carbonizado de uma jovem de 19 anos desaparecida após embarcar em um carro particular do aplicativo 99.
    Que pena ,mas tenho que te dizer amigo,e isso me dói muito pois ouço a Cbn o dia inteiro ,seu programa perdeu toda a credibilidade,sou tb historiador em início de carreira ,mas como vc também vou escrever e o meu primeiro livro será sobre essa farsa dos aplicativos de transportes,apesar da
    minha indignação ,um abc fraterno em nome da admiração que sempre tive por ti.Marcelo Ricci Barbosa ,taxista da cidade do Rio de Janeiro

  2. Estive recentemente no Rio de Janeiro quando tive necessidade de usar o sistema de transporte de táxi. Fui muito bem atendido na maior parte das viagens, exceção a uma motorista que estava com encomendas dentro do carro, onde deveria ter espaço para passageiros, errou o caminho, me fez pagar o pedágio, depois de tentar passar pela cabine automática e ser parada por fiscais do sistema.

    Em nenhum momento aquela moça me tirou a boa impressão dos demais profissionais que, segundo os próprios cariocas com os quais conversei e compartilhei minha história, seriam uma exceção, devido às reclamações que existem ao sistema de táxi na capital fluminense.

    Fui a Belo Horizonte dia desses e o motorista de táxi que me buscou no aeroporto passou a ser meu motorista por toda estada, graças ao atendimento que recebi desde o primeiro momento, a qualidade do carro que me ofereceu e o nível de informação que tinha para dialogar com o passageiro. A visão dele é que o táxi é o seu escritório de trabalho e como tal tem de ser tratado. Mostrou-me as vantagens do serviço, a facilidade de acesso em algumas áreas com corredor de ônibus e, inclusive, o custo para compra do veículo, graças as isenções proporciona pela União. Seu cartão está comigo e o acionarei sempre que estiver na capital mineira.

    Nos diferentes setores da economia, e no mercado em que atuo, o jornalismo, não é diferente, existe bons e maus profissionais – alguns péssimos pelos seus hábitos e comportamentos. Diferenciá-los é essencial para o consumidor. E essa é o que chamo uma “seleção natural”: os clientes fazem suas escolhas analisando diferentes fatores.

    O crescimento do mercado de APP para transporte individual é um fenômeno internacional. Chega com forte impacto em mercados estabelecidos, causando polêmica, demandando mudanças na legislação e adaptação dos profissionais – assim como ocorre em diversos setores. Imagine que gigantes do setor de máquinas de cartões de crédito sofrem assédio impetuoso de pequenas empresas que chegaram ao setor e estão entregando produtos com preços muito abaixo do mercado e obrigado as corporações tradicionais a se reinventarem.

    Vincular o serviço oferecido por APP a casos de estupro, assassinatos e abusos é esquecer a quantidade de irregularidades cometidas ao longo do tempo por profissionais da praça … infelizmente, alguns deles também se envolveram nesses tipos de ações criminosas. Nem por isso vejo no motorista que chamo para me atender um estuprador e um assassino, como bem mostra os exemplos que encontrei, na maioria das viagens, no RJ e BH.

    Obrigado por compartilhar seu pensamento. E siga exercendo sua função com correção. A qualidade vai prevalecer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s