Magalu é negócio da China

 

Por Carlos Magno Gibrail

 

car-1

(foto divulgação)

 

Hoje, quem desejar ter uma visão do varejo do futuro é fácil. Não precisa mais ir até a China, basta verificar os índices e resultados alcançados pelo Magazine Luiza publicados recentemente sobre o último trimestre.

 

Com 22,3 milhões de clientes na base, recebe visita mensal de 12 milhões pelo aplicativo e oferece 8.100 “vendedores associados” com 7,5 milhões de itens em 36 categorias de produtos em seu Marketplace.

 

Esse fantástico unicórnio do Marketplace, precisou de apenas seis meses para atingir o 1 bilhão de reais, enquanto o Magazine Luiza físico precisou de 42 anos para chegar a unicórnio, e o e-commerce, 10 anos.

 

O crescimento exponencial da operação digital, iniciada em fins de 2016 e entregue a Felipe Trajano, o filho da Luiza Trajano, teve criatividade e agilidade. Empresas de aplicativos e logística foram incorporadas pela compra, assim como recentemente a NETSHOES e a ZATTINI.

 

É interessante ressaltar que mesmo diante de fortes investimentos o setor digital apresentou lucro.

 

Ao mesmo tempo, o mundo físico do Magazine Luiza não perdeu o pique. Desde a operação “Copa do Mundo” com a campanha Sai Zica, que resultou na venda de um milhão de aparelhos de TV, até a recente campanha Smartphoniza Brasil, estimulando a troca de celular, levando a financeira do grupo Luizacred a atingir no fim de junho o montante de 9,5 bilhões de reais.

 

Aqui o OMNICHANEL é uma realidade, e as lojas se transformam em pontos de distribuição. O Retira Loja, que permite a entrega na loja das compras digitais utiliza mil lojas em 16 estados e corresponde a 35% das entregas.

 

A entrega expressa realizada em até 48 horas atinge 40% dos pedidos em 290 cidades.

 

Na grande São Paulo, em Campinas e em Belo Horizonte as entregas são feitas no mesmo dia.

 

A venda comparativa de abril, maio e junho teve um aumento de 24,4% em relação ao ano anterior, que já tinha sido bom, em decorrência do Sai Zica.

 

As lojas físicas cresceram 9%, e a base do Cartão Luiza evoluiu 24% com 4,6 milhões de cartões.

 

É preciso observar que a Netshoes só contribuiu com 15 dias de participação nestes dados.

 

O Ebtida apresentou 304 milhões de reais de lucro com margem de 7,2%.

 

Para quem gosta de afirmar que na prática a teoria é outra, a Magalu é um desafio, pois a agilidade e competência em aplicar os conceitos, que muitos práticos duvidavam, trouxeram ao sucesso de agora.

 

Carlos Magno Gibrail é consultor, autor do livro “Arquitetura do Varejo”, mestre em Administração, Organização e Recursos Humanos. Escreve no Blog do Mílton Jung.

3 comentários sobre “Magalu é negócio da China

  1. Oi #MiltonJung,

    to 1/2 afastado da net, mas lhe acompanho pela radio e os newsletter no @.

    Deixo (antes tarde do q nunca) meus pêsames sobre seu #Pai #MiltonJung.

    Lembro-me q alguns anos atrás lhe indaguei q por muitas vezes ou algumas vezes tinha dúvidas das pesquisas q eram é são apresentadas pelos diferentes grupos / empresas / etc, e d as formas.

    Fui atrás de ler alguns livros depois d suas palavras, e entendi um pouquinho, apesar d ainda continuar desconfiado de muitas delas 🙂

    Aproveito o espaço aq p/ reiterar q a mídia jornalística mostra o sucesso d empresas, mas indago como tais tem conseguindo.

    Trabalhei numa empresa q antes mesmo d entrar nela, pensava q um dia seria sócio, iria longe, prosperaria, criaria filiais e…. Mas o tal Dono q era simpático todo mês q eu comprava, mostrou-se outra pessoa quando fui funcionário e roubou diversos direitos meus q eu não tinha conhecimento e q não fui atrás para receber. Exemplo, ter ido trabalhar com o pé quebrado é no mês seguinte (e ele sempre pagava atrasado #kkk) me pagou a metade e disse q a outra metade seria o #inss mas estes falaram q ele (Dono) estava sendo pilantra.
    Por q falo sobre tal? Por q depois na caminhada da vida, as vezes encontrando outros exs da tal empresas, tais falavam:
    “Nossa o… progrediu…”
    Mas de q forma?

    Aq vocês comentam sobre a #RedeMagazineLuiza #MagazineLuiza , ai me lembrei q em 2011 quando morei em Santana, estava eu numa das ruas la, onde tem uma loja da Magazine Luiza, fui abordado na rua por um vendedor q disse q a rede Magazine Luiza estava dando seguro d graça, sem nenhum gasto ou onus.
    indaguei por q, e a resposta foi sincera é simples, dados / informações / cadastro = dinheiro.
    Beleza, aceitei e fiz. A condição era durante um mês ou +, não me lembro exatamente agora (mas tenho anotado na agenda d 2011) , porém depois do tal tempo o seguro seria cancelado, mas se eu quisesse continuar com tal, teria q pagar um “x” valor.
    Agradeci, disse q provavelmente eu não iria renovar, só iria utilizar enquanto fosse gratuíto.

    Passado alguns meses, eis a supressa, meu nome estava no SPC & no SERASA #kkk

    Sabe por q meu #AmigoMiltonJung ???
    Por q aq na #RepublicaFederativaDoBrasil o #CrimeCompensa, diversas empresas fazem isso com o #Cidadão e tal normalmente não causa ônus as mesmas. Mesmo q você cidadão vá um #Procon e/ou #DefensoriaPublicaSP (q deixa muito a desejar) e/ou #JuizadosDePequenasCausas #JuizadosEspeciaisCivis, você no máximo recebe um valor em $ q normalmente é simbólico (isso se você for muuuuuuuuuuuuutio persistente e tiver um pouco d sorte(pra quem acredita em sorte)).

    Finalizo indagando:
    Como tais empresas tem conseguindo sucesso???
    Até provem ao contrario “Penso & Acredito” q elas são CRIMINOSAS

    #Obrigado

    ass: #SoMaisUmCidadaoBrasileiro – Douglas

    • Oi Milton,
      estou vendo agora (02.09.19/15:35).
      Vou procurar nas minhas agendas para verificar o ano, ja q voce me informa q não estava na Capital.
      Assim q eu verificar, volterei aq para confirmar se é a rede #MagazineLuiza.
      Caso não for, terei q voltar aq para tal, mas me ocorreu q “acho” posso pedir para o Serassa e o SPC confirmar, relatorio ou historico.
      Novamente obrigado!

      ass: Douglas Silvino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s