Sua Marca: a história da pasta de dente que quis virar lasanha e os cuidados ao investir na extensão da marca

 

 

“Extensão de marcas é só para quem já está maduro e para quem enxerga o que sua marca tem de único para levar às outras categorias de produto” —- Jaime Troiano

A possibilidade de levar uma marca de sucesso para outras linhas de produtos é uma enorme oportunidade para as empresas — e muitas já desenvolveram projetos nesse sentido com resultados incríveis. No entanto, há riscos que devem ser levados em consideração antes de investir tempo e dinheiro nessa ideia. Jaime Troiano e Cecília Russo falaram sobre extensão de marca, com Mílton Jung, no quadro Sua Marca Vai Ser Um Sucesso, que vai ao ar aos sábados, às 7h55, no Jornal da CBN.

 

Se levarmos em consideração que a maior parte das marcas que conhecemos hoje foi criada no século passado, portanto já estão amadurecidas, faz todo o sentido planejar o uso desse ativo em outras linhas de produto, diz Cecília Russo. Porém, devem ser levado em consideração alguns fatores que são determinantes para o sucesso da ação, como lembra Jaime Troiano:

“Quando você quiser estender a marca, pense o que é que ela é, o que tem de único, que está no coração desta marca, que a representa mais do que tudo”.

Um bom exemplo foi o que a Dove desenvolveu ao identificar que a marca de seu produto original era o de um sabonete que hidrata a pele. Assim, decidiu-se lançar uma diversidade de produtos, mas todos relacionados a ideia de hidratação.

 

A Colgate, por sua vez, experimentou os dois lados da moeda. Com o sucesso de sua pasta de dente, estendeu sua marca a uma série de produtos de higiene bucal. Porém, errou feio quando associou o nome a uma lasanha, lançada na Itália.

 

A Bic que soube muito bem levar a ideia de produto descartável das canetas para linhas de isqueiro, entre outros segmentos, deu-se muito mal quando produziu calcinhas femininas descartáveis.Algumas regras básicas para quem planeja estender sua marca, segundo Jaime Troiano e Cecília Russo:

 

  1. Entenda o que sua marca tem de único
  2. Não negue a essência da marca-mãe
  3. Evite a arrogância corporativa
  4. Não fique refém de suas crenças
  5. Ouça seu consumidor

Um comentário sobre “Sua Marca: a história da pasta de dente que quis virar lasanha e os cuidados ao investir na extensão da marca

  1. Oi #MiltonJung aqui é o Douglas Silvino da Costa q tem a opnião q aqui no nosso Brasil o crime compensa, já q muitas “Empresas de Nomes conhecidos e com $ público” enganam o Povo Brasileiro e outros Cidadãos q aqui se fazem presentes.
    Como disse na outra postagem, estou devagar na internet, principalmente nos computadores, mas me lembro q critiquei uma matéria aq no #SuaMarcaVaiSerUmSucesso q citou a Rede de Lojas #MagazineLuiza.
    Pois bem, deu trabalho mas achei a falsa generosidade da tal. Tal acontecera em 08.11.2011 por volta das 15hs na rua Leite de Morais 71 Santana, onde o tal funcionário disse q era um seguro gratuito durante x tempo e q depois se Eu não renovasse tal seria extinto, mas acabou virando uma dívida e negativando o cpf. Imagino quanto $ a #MagazineLuiza arrecadou assim.
    Tudo bem você pode dizer q não é só ela q agi assim no nosso Brasil, ai infelizmente digo q não, muitas outras fazem assim, passei e passo por situações parecidas como esta.
    E incrivel q ainda hoje tantas “Empresas” inclusives os tipos Bancos ganhem $ enganando as Pessoas.
    #Viva a #RepublicaFederativaDoBrasil onde o #CrimeCompensa!!! #Obrigado e um #BomFinalDeSemana #MeuAmigo #MiltonJung

Deixe uma resposta para Douglas Silvino Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s