O egoísmo do bem

Por Abigail Costa

Passamos boa parte da infância ouvindo frases do tipo:
– Não seja egoísta!  Deixe seu irmão pegar seu brinquedo!

Mais tarde,  outras frases com a mesma palavra soam mais duras:
– Que egoísta! só pensa nele.

E-GO-ÍS-MO = Apego excessivo a si mesmo(a).

E agora? Vai dizer que nunca ninguém  a aconselhou a pensar mais em você; a aprender a dizer não; a se cuidar primeiro,  depois os outros; e por aí vai.

A história é  que ouvimos de um jeito, mas a interpretação pode e deve ser outra. Se não fosse assim,  na escritura sagrada  não haveria entre outros mandamentos:
– Amarás o teu próximo, como a ti mesmo.

Essa é a minha parte preferida. Aquela que, sem remorso, levanto e volto pra cama com a sensação de dever cumprido. Cuidei de mim, antes de… Fiz isso por mim,  apesar de…. Me olhei primeiro.

Tem alguém no mundo que sabe mais de você, do que você mesma ?

Claro, estamos rodeados de gente adorável, mas falo de conhecimento íntimo, daquele de mim pra mim mesma.

Repare que quando nos tornamos egoísta, quando aprendemos a nos ver, o reflexo exterior é quase que imediato.

É como se uma luz, dessas de pisca-pisca, sinalizasse boas novas. As pessoas percebem que aconteceu algo.

A interpretação disso não é cada um por si e Deus pra todos. Não é dessa forma. É saber até onde se pode ir sem se machucar, e perceber até quando se pode ajudar sem faltar a si mesma.

Um egoísmo do bem. Sem prejuízos a terceiros.

No máximo, de vez em quando um estrago no cartão de crédito. No caso de querer  muito, mas muito,  agradar a si mesma !

Esta parte final  da conversa fica para uma outra quinta.

Até mais !

Abigail Costa é jornalista e, sem egoísmo, fala de si mesma para todos nós toda quinta-feira no Blog do Milton Jung

5 comentários sobre “O egoísmo do bem

  1. Nessa mesma linha, tenho um amigo que diz que é voluntário por puro egoísmo: O prazer que ele tem em ajudar os outros é só dele!

    🙂

    abs,

    estraviz

  2. Mais um belo texto Abigail
    Pena, mas pena mesmo que muitos usam o egoismo do mal para prejudar o proximo
    Até de forma absurda e egoista filhos jovens e saudáveis tentando tirar vantagens “legais” sobre pais, extorquindo-os, pais que estão realmente passando por necessidade, desempregados.
    Até quando?
    Triste mas realidade!

  3. Abigail, o Mascarenhas, o psicanalista das estrelas,dizia que vaidade todos tem. E advertia que o grau mais agudo é quando a pessoa diz que não é vaidosa.
    No caso do egoismo talvez se aplique a mesma regra.
    Tenho a impressão que é mais factível encontrar quem se comporte egoisticamente do que empaticamente.
    Ou não?
    De qualquer forma a frase final do Milton é de redator publicitário, isto é, muito boa.
    Como muito boa a sua fala acimal

    Abraço

    Carlos Magno

  4. A mais pura verdade. Depois de um “leve” estrago desses que você mencionou, até nas ruas dá pra ver a tal “luzinha” fazendo efeito, e mais gente te cumprimenta pelo nome… claro que moro em uma cidade pequeniníssima… onde isso é até que comum. Mas depois do banho de loja, todo os sorrisos te buscam!
    Cuidar de si, para poder cuidar de outrem… É o bom egoísmo sim!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s