10 comentários sobre “Do banco dos tribunais aos do ônibus

  1. Milton, Adamo, bom dia!
    Trabalho com tratamento de imagens e, quando vejo essas imagens antigas no Blog, acabo acertando a cor das mesmas, num processo de “restauração” que só me custa um minutinho. Por hobby mesmo.
    Se quiserem que eu mande as fotos “corrigidas”, basta dar-me um alô.

    Abraço!

  2. Opa, Tiago, será muito bem vinda a ajuda, para enriquecer o acervo. Com o tratamento de i,agem, os jovens podem vér “mais próximo da realizade” como eram nossos ônibus antigos e cidades e para os mais vividos poderem relembrar como se estivessem cara a cara com as imagens. Obrigado.

  3. sei exatamente o que o Aroldo passou e passa, mas essta historia mostra o quando devemos persistir nos nossos ideais, parabens Milton, Adamo e Aroldo, sucesso para todos nos.
    Abraços
    Vitor Matos
    Bocaiuva – MG

  4. Poxa! Agora que a história ia ficar boa vai ficar para semana que vem! Risos
    São pessoas como estas, que correm atrás de seus sonhos, que são bem-sucedidas em seus caminhos.

  5. Ola Adamo
    Admiro pessoas a exemplo do Aroldo
    Tem que ter coragem para dar uma reviravolta depois de ter estudado tudo o que estudou até formar-se advogado.
    Conheci uma pessoa que fez a mesma coisa.
    Formado em medicina, depois de uns tempos para ajudar um dos seus irmãos, entrou de sócio numa pequena oficina de funilaria e pintura, gostou tanto da oficina e um dia decidiu por sair da medicina para ser proprietario em tempo integral na oficina e passou por amor a profissão, trabalhar como funileiro de automoveis.
    E se deu muitíssimo bem, depois de um tempo tornou-se proprietario de uma bem montada oficina.
    Abraços
    Armando Italo

  6. Um amigo meu que prstava serviço aqui na empresa tambem era advogado,só que aposentado.Era agregado com onibus e prestou seriço conosco durante muito tempo, só parou por que não esta compensando atualmente

  7. Grande Aroldo…

    Grande amigo meu de Faculdade. Éramos muito amigos. Estudávamos juntos, bebíamos juntos, saíamos juntos. Enfim, tudo que grandes amigos fazem juntos. Porém com o fim do curso perdemos contato.
    Venho acompanhando de longe a trajetória vitoriosa de meu saudoso amigo ( Mauá ) e sei que ele tem capacidade pra transformar seu sonho em realidade.
    Parabéns Adamo pela reportagem e pela escolha do entrevistado, pois o conhecendo como o conheço, sei que cada linha da entrevista valeu muito.
    Grande abraço.

  8. Prezados amigos Busólogos: Aroldo, Ádamo e Milton.
    Minha admiração pelo trabalho de todos vocês: Aroldo, por ter seu sonho realizado. Ádamo e Milton, também e por representarem, pela arte de dar voz ( ou letras ) aos pensamentos de muitos, como jornalistas.

    Eu, publicitário e administrador, busólogo desde ainda menino, sei que um dia comprarei meu ônibus e o botarei para rodar nas estradas viáveis, sejam neste continente ou em outros. É meu sonho e trabalho para isso. E, dentro dele, parado em frente a uma praia ou montanha, cachoeira ou rio de águas mansas, também exercitarei meu outro desejo: escrever, contar estórias, falar aos outros, transformar palavras em imagens na cabeça de tantos que ousam sonhar….
    Obrigado a todos vocês que me permitiram parar, interpretar suas narrativas e sonhar… Parabéns a todos, com desejos de sucesso sempre.

Deixe uma resposta para Adamo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s