Uma camisa rosa é reveladora

 

Desde pequeno somos ensinados de que menino veste azul e menina, rosa. Os pais esperam para sair às compras apenas após saberem o sexo do bebê. Os parentes preferem não arriscar e presenteiam tudo amarelo. Serve para os dois. Morrem de medo de trocar as cores. Principalmente se for homem. Imagina o que os outros vão dizer ? E a confusão na cabecinha do menino ?

O tempo passa e as coisas não mudam, até o rapaz resolver vestir uma camisa rosa e sair por aí. A mãe estranha, mas até que acha que a cor lhe caiu bem. Ficou bonitão, as meninas vão gostar, pensa em silêncio para o pai não ouvir.

É cruzar pelo primeiro amigo e lá vem a primeira gracinha: “Pegou a camisa da irmã ?”. O colega na escola não deixa passar em branco e tasca um sorriso malicioso logo de cara. Ele fica vermelho de vergonha, mas dá de ombros às convenções.

Durante toda a vida será assim. Na faculdade, no clube, na família, no primeiro emprego, no trabalho atual. É chegar no escritório e os olhares se voltam para a camisa rosa. Alguns murmuram notas desafinadas da “Pantera”. Das colegas até surgem elogios pelo bom gosto, mas também há as que deixam escapar comentários em tom de brincadeira. O amigo da Igreja não perde a oportunidade de tirar uma casquinha. Só por que ele é crente não vai agir igualzinho ao ateu ? É até pior.

Ninguém fica indiferente diante de um homem vestindo rosa. A cor é reveladora.

17 comentários sobre “Uma camisa rosa é reveladora

  1. Faltou assunto ou falta de pesquisa para criar um post interessante?
    Século XXI, não vejo comentários por um cara q usa uma camisa rosa. Que tal fazer um post sobre o safado do governador do DF que rouba o nosso $$, ou sobre os hipersalários dos políticos que não fazem absolutamente nada em tempo hábil?

  2. Homem usar camisa rosa é extremamente revelador. Revela o grau de preconceito que existe em cada um de nós: de quem usa, é baixo. Já de quem faz piadinha…

  3. Olá Milton
    Que coisa, não?

    De onde vem este moralismo besta presente em todas as sociedades não só a brasileira. Lembro-me que no Japão de 20 anos atrás se o japa chegasse no horário normal em casa, sei lá eu lá pelas 18h talvez, os vizinhos já especulavam que não devia ser um bom funcionário pois não fazia hora extra. Resultado, muitos esticavam em algum boteco para chegar mais tarde em casa, aí sim, ninguém comentava .. eu hein.

    Por aqui não é muito diferente. O "normal" é responder sempre que a vida tá uma correria danada. Uma loucura. Se não disser isso e disser que a vida está tranquila, que tem se divertido com os filhos, namorado bastante, sempre que possível dando uma pedalada, um futebolzinho, que tem encontrado os bons amigos para papear, ah …vai parecer estranho e desafinado. Melhor ser breve: tem que estar uma loucura!

    A reação à camisa cor de rosa é símbólica. E a barriguinha? Tem sempre alguém de plantão para fazer um comentáriozinho besta da barriga alheia. E um jovem andando de mãos dadas com uma coroa? Ah, ele deve ter algum interesse na velha…

    Acho que lá no fundo todos temos um aluninho da UNIBAN dentro de nós pronto para apontar o dedo e dizer o que é certo e o que é errado.

    Nos próximos dias eu vou atrás de uma camisa rosa. Polo.

    Abraços e um 2010 com todas as cores!

    José Bueno

  4. Não deixa de ser um Pré-conceito, mas de qualquer forma não gosto de rosa. Já é uma cor “reservada”, prefiro azul escuro ou verde escuro…
    Milton, como foi a aventura de vestir Rosa, na redação ? rsrrsrs
    Abs.

  5. Oi Milton! Eu tenho uma camisa e camiseta rosa e devo dizer que toda vez que uso faço sucesso com as mulheres. Já uma coisa que eu nunca usaria seriam PANTUFAS ROSAS com luzes na frente. Parabéns, você ficou bem de rosa!

  6. Cada um veste o que quer, melhor, mais confotável, mais conveniente.
    Ninguem tem nada ver com isso.
    O Brasil esta repleto de problemas, desmandos, corrupção, roubalheira descarada, etc.
    Por sinal o Milton estava biito ontem com a camiseta cor de rosa heim!

  7. Sabe que eu acho….?? Falta um pouco de bom humor e leveza nas coisas…O mundo hoje é ser politicamente chato o tempo todo…Ou alguém vai dar lição de moral no meu avô de 87 anos por que ele falou para meu meu irmão mais novo “Cor estranha dessa camisa hein ?”….todos rimos….E voltamos a saborear o macarrão da minha avó !!!!

  8. Antônio Mietto afirmou que "usar camisa rosa é extremamente revelador". Ele tem razão: quem usa camisa rosa revela extremo bom gosto. Os preconceituosos que se danem. Debater o assunto,porém,é válido,ao contrário do que achou o Christian.

  9. Bom nem todos os Christians pensam da mesma forma. Parto do princípio que o criador do blog fala o que bem entender sem ofender os outros logicamente. Fala coisas úteis e bobagens, assim como o próprio cometário do outro Christian. Se gosta do post tudo bem se não gosta não lê ou vai para outro blog. Enfim cada macaco no seu galho e de preferência com camisa rosa mesmo. É só prestar atenção, quem tem bala na agulha sempre usa camisa rosa. Camisa pólo rosa é clássica em qualquer grife de bom gosto. Camisa rosa social com terno fica show de bola também. Agora não me venha terninho barato e camisa de botãozinho na gola porque aí nem de mulherzinha vão te chamar. De mais a mais o que importa não é a cor das vestes mas sim se na hora de descançar o braço na cintura você faz aquela posição de alça de chaleira. Aí a turma não perdoa!
    Abração

  10. Milton, no meio ambiente que mais circulo não há mais esta falta de informação.
    Como a vida é bem curiosa, justo no meio da comunicação existir falta de informação é no mínimo falta de informação.
    As cores realmente tem significados em função dasr reações que provocam, quer no sentido fisico quimico, quanto no psicológico. No preconceitual é de má formação e informação.

  11. Ao ler o texto cheguei a conclusão que sou e fui uma mãe meio diferente dos padrões da época. Tenho um casal de filhos que nasceram nos anos 80.
    O enxoval deles digamos que seguiu padrões diferentes aos imposto pela sociedade da época, nada de amarelinho, verdinho cores consideradas por mim (na época) muito sem graça para um bebê.
    O enxoval e o quarto da minha filha foi todo branco com borboletas azuis marinho, mas bastante bonito e feminino, desde cedo usou todas cores, inclusive as horríveis amarelinhas e verdinhas ganhas de parentes e amigos ao nascer.
    O enxoval de meu filho foi para o bege e marrom, e claro também usou as roupas da irmã por serem cores básicas. Hoje eles usam as cores das quais gostam e que se sentem bem. Atualmente meu filho tem uma camisa polo rosa, embora prefira as cores marinho, preto, vermelho; minha filha por sua vez adora!!!! azul claro pois combina com seus olhos.
    Sob meu ponto de vista a cor de roupa que as pessoas usam devem ser aquelas que as agradam e que as fazem sentir-se bem, esse negócio de definir sexualidade por cores é coisa dos séculos passados. Gente, devemos considerar as pessoas por seus atos, jamais pela cor da roupa que estão usando naquele dia ou momento.
    Que atire a primeira pedra o homem que JAMAIS usou uma peça de roupa rosa, nem quando criança para ficar em casa ou dormir, pois no momento seus pais não tinham condições de comprar uma nova e “adequada” ao menino e consequentemente usou uma camiseta, um pagãozinho ou pijama de sua irmã mais velha ou de alguma prima em melhores condições financeiras que era ROSA!!!!!
    Abraços.

  12. O que passa mais despercebido é que o medo dos pais é que cria a confusão na cabecinha da sociedade Milton.
    O menino não usa rosa por um medo social de que algum vagão perca-se do trilho. Mas pânico sem razão preconiza a perdição, e ai de quem não o tenha. Vai ter problema na certa.
    Quem diferente, não queria ao menos o sossego de ser normal? Qual criança na escola não teve medo de ser feio, vagão perdido, orelhas de abano. Até a cor. É isso, começa pela cor. Só duas, pra não ter chance de errar e ser cor-de-rosa. E tudo dentro da cabecinha da maioria dos pais, a Walnice me veio ao final deste comentário e me salvou de generalizar.
    Eh, isso aí Walnice. Abraços.
    Valeu Milton!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s