Pauta #cbnsp: Violência traz polícia de volta ao trânsito

 

CBN SPA violência no trânsito e a falta de capacidade da CET de atender todas as ocorrências fizeram o Governo de São Paulo recriar o Comando de Policiamento de Trânsito, oito anos depois de ter sido desativado. Em entrevista ao CBN São Paulo, o comandante Hervando Luis Veloso disse que o aumento da criminalidade levou a retomada dos trabalhos de uma polícia especializada. A PM deverá atuar para permitir melhor fluidez no tráfego segundo o coronel, também.

O advogado José Almeida Sobrinho, professor da Academia de Polícia Civil de São Paulo, entende que, além de realizar blitz, o CPTran deve combater alguns tipos de irregularidades que não são da competência dos agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego.

O Comando de Policiamento de Trânsito foi desativado durante o governo Geraldo Alckmin (PSDB), em 2002, sob a justificativa de que a PM deveria ter sua atenção voltada ao combate à violência urbana. Quando foi questionado sobre o fato de que a fiscalização ficaria enfraquecida, o ex-governador defendia que todos os policiais incluiriam nas suas funções o controle do trânsito. Foi criticado na época, mas se mostrou irredutível. Hoje, está claro que foi um erro da administração estadual a desativação do CPTran.

Ouça a entrevista do comandante Hervando Veloso

Conheça a opinião do advogado José Almeida Sobrinho

Acompanhe outros destaques da pauta #cbnsp:


Golpe eletrônico –
A polícia investiga “roubo” de créditos da Nota Fiscal Paulista, mas o número de casos é considerado irrisório pela Secretaria Estadual da Fazenda, em São Paulo. De acordo com um dos coordenadores da secretaria Evandro Freire os casos ocorrem apenas com contribuintes que não estão cadastrados e possam ter tido seus dados copiados. Ele explica que apesar das ocorrências a única preocupação do Governo é sobre o modo de operação dos ladrões.

Educação – Mais creches, professores melhores, dinheiro aplicado e ações inclusivas são quatro dos temas apresentados durante discussão sobre o Plano Municipal de Educação que deve orientar as políticas públicas do setor durante os próximos dez anos. Nesta semana, se encerram as reuniões nas subprefeituras e os encontros temáticos, mas o debate seguirá em frente. Após a elaboração das ideias, o Plano será enviado à Câmara Municipal para aprovação dos vereadores. Samantha Neves, do Movimento Nossa São Paulo, falou sobre o resultado deste denate até agora.

Esquina do Esporte –
A demissão do técnico Antonio Carlos Zago é mais uma demonstração da falta de controle do presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Beluzzo. Concordam com esta afirmação o comentarista Leonardo Stamillo e o narrador Marcelo Gomez que participaram do debate esportivo, no CBN SP.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s