Avalanche Tricolor: estava mais pra Divino

 

Corinthians 3 x 1 Grêmio
Brasileiro – Pacaembu (SP)

 

Você há de convir, caríssimo torcedor gremista, futebol aos sábados, 9 da noite, só se for do Divino, o melhor time da dramaturgia brasileira,  que reúne um grupo de jogadores mais envolvidos em paixões e dramas do que com a bola. Algumas vezes até os vemos trocando passes durante os treinos, em um estádio de subúrbio e sob o comando de um técnico que não apita nada. Sabemos que a bola entra no gol ou se espatifa na arquibancada de acordo com o interesse do autor João Emanuel Carneiro. É ele quem decide o destino de cada jogada na novela. Em um capítulo, Roni, o craque e filho do presidente, estufa a rede para mostrar que está de bem com a vida, mesmo que para esconder sua homossexualidade tenha sido obrigado a casar com Suelen, a maria chuteira do bairro. Em outro, Jorginho, filho adotivo do eterno ídolo Tufão, tropeça na bola como complemento de um capítulo no qual se enreda ainda mais em uma trama familiar difícil de explicar.  Iran, que sonha em morar na zona Sul, e Leandro, por quem Roni é apaixonado, também aparecem com algum destaque, mas não são capazes de mudar o jogo. Neste roteiro que está com a bola toda no Ibope, por mais surpresas que surjam a cada capítulo, me parece bem razoável que o único final feliz que podemos garantir é o da vitória do Divino e a conquista do título no último capítulo, de preferência com gol de Adauto, que voltaria a jogar depois de ter encerrado a carreira precocemente, após perder penâlti na decisão da Segunda Divisão, no Maracanã.

 

Perdoe-me, caro e raro leitor, se dedico o parágrafo inicial desta Avalanche para falar de novela. Mas como tenho sempre a impressão de que o destino tricolor faz parte de um roteiro de drama, sofrimento e glória, escrito pelo destino, quero crer que o resultado desta noite de sábado seja apenas um capítulo desta trama que culminará com a conquista do Campeonato Brasileiro, assim como acontecerá com o Divino, na novela Avenida Brasil.

15 comentários sobre “Avalanche Tricolor: estava mais pra Divino

  1. Mílton,espero que o nosso destino seja tão bem criado quanto o do autor da novela. Divino e Imortal,no fundo,são,no mínimo,irmãos. Não me lembro quando acompanhei uma novela,talvez tenha sido O Direito de Nascer,mas sei que o Grêmio,há muito tempo,quando tudo vai bem,dá um jeitinho de dar uma aprontada como a desse sábado. Não chega,porém,a ser algo que nos tire o sono.

  2. Sábado a noite, 21h. Não, não é horário pra futebol. Creio ser este o motivo da vitória corinthiana, até certo ponto fácil demais.
    O TRICOLOR nos reserva surpresas agradáveis para horários mais nobres!

    • Flávio,

      Era só uma ironia aos incapazes de entender que um jogador é capaz de dar carrinho dentro da área, roubar a bola do adversário e não fazer penâlti.

  3. Ao Ezequiel: que seja bem vindo ao Avalanche Tricolor, mas sugiro o blog do Juca a ele, pois lá é lugar de Corinthiano. E uma deixa a ele: somos duas vezes Campeões da Libertadores, deve ser por isso que escrevemos Libertadores com letra maiúscula!

    • Gunar,

      Deixar prá lá. O Ezequiel é muito bem-vindo a este espaço, onde cabem corintianos, palmeirenses, santistas, torcedores de todas as matizes. É aqui que debatemos os assuntos abertamente e aceitamos até mesmo chororô (imagina se tivessem perdido)

  4. O Grêmio imita a vida, sempre com seus altos e baixos. Assim foi nesta rodada do Brasileirão. Outras virão e logo, acredito, assumiremos a tal da liderança. E tem GREnau na quinta-feira, Grêmio x Náutico. Vitória é obrigação.

    Abs

  5. Senhores:

    Abraços provocativos a todos. No campeonato Inglês eu canso de ver esse tipo de jogada e não é absolutamente nada.

    No Brasil é penalti. rsrsrsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s