A obsessão pelo amanhã

 

Por Abigail Costa

 

Doses diárias de informação, pitadas de otimismo e assim vamos de segunda para terça, quarta…. E termina a semana para começar tudo de novo. Mas nem sempre o tempo segue a regra de um dia depois do outro. A informação que serviria para nos dirigir a pensamentos mais humanos cai em cabeças erradas e entra em cena o pessimista. Aquele que para tudo tem um “sei não!” ou “tô preocupado!”. Sim, todos temos lá nossas preocupações e não devemos menosprezá-las. Ninguém pede que os olhos sejam fechados para a realidade de hoje. A de hoje, não a de amanhã.

 

Também sei que o planejamento é um luxo necessário, assim como o otimismo. Mas sem exageros, por favor. Outro dia passei no shopping, olhei a vitrine da loja e elas, as árvores de Natal, já estavam lá. Enfeitadas com dezenas de luzes piscando. Fiquei meio perdida. Agora há pouco não foi sete de setembro, data festiva, marcando a Independência desta terra tão querida? Era como se tivesse recebido um recado para acelerar as coisas, os passos, a vida. Mais à frente tem ainda Dia das Crianças, dos Professores, a semana do saco cheio… Hoje mesmo tem tanta coisa para acontecer antes do Natal.

 

É a obsessão pelo amanhã. Verdade que o comércio precisa pensar com antecedência e entendo que empresas nesta época já pagam parte do décimo terceiro salário. Compreendo toda a logística do negócio. Mas confesso a minha fragilidade em aceitar a chegada do Natal em setembro. De sofrer agora, antes das eleições, por temer que a cidade não ficará em boas mãos, ou que as previsões para o ano que vem são de um crescimento tímido.

 

Quando tenho consciência de que estou fazendo minha lição de casa de forma correta, leal e honesta, o pessimismo me incomoda. Hoje será sempre meu dia preferido para realizações.

 


Abigail Costa é jornalista, faz MBA de Gestão do Luxo e escreve no Blog do Mílton Jung.

6 comentários sobre “A obsessão pelo amanhã

  1. Big,
    é realmente difícil manter os pés no chão de hoje com a cabeça nas nuvens de amanhã. Minha receita pra voltar a sentir os passos, é amigos em volta da mesa. Conversa boa de fim de domingo e musica. Adoro as caras de contentamento sobre xícaras de café!
    Escutá-los me ajuda a montar outra vez as peças do quebra-cabeças que amanhã sempre quebram as cabeças cujos pés teimam em não pisar no chão de hoje! =]
    Além de ser um luxo só e com prazer, café.
    Abração

  2. Ninguem tem mais tempo para quase nada, sometne trabalhara ganhar dinheiro, muito dinheiro, um belo carrão do ano, um belo de um apartamento ou uma mansão, viagens e mais viagens, consumir consumir e por ai vai
    uitos jovens na faixa dos 25 anos 30 e poucos se matam para conseguir a qualquer custo o seu primeiro milhão até no máximo aos 40 anos!
    Esquecem familia, amigos (só os que interessam) e o dia a dia resumer-se somente em ganhar mais dinheiro, assumir um alto cargo como executivo em grandes corporações.
    Esquecem-se de sí proprios!
    Quem são
    O que são
    De onde vireram
    E para onde Irão
    Um ex visinho, jovem com seus 30 anos de idade, executivo de multinacional, “próspero”, brilhante, ágil, sempre nos encontrávamos em um barzinho perto de casa para um cafezinho e o jovem executivo “degustando seu cafe da manhã” falando perlo celular e com net book ligado
    Seu carrão na porta do bar.
    Falando ao celular, lendo emails no net book e engolindo seu que deveria ser gostoso e saudavel cafe.
    Sempre correndo atraz de novos clientes, negocios, dinheiro, posição social e por aifoi até que um dia…………………….
    Depois de uns quatros meses sem ve-lo, encontrei o até então ávido, ganancioso, ansioso jovem novamente.
    Sendo empurrado numa cadeira do rodas por uma prestativa enfermeira, com um dos lados do seu corpo paralizado, balbuciando palavras incomprensíveis.
    Sofreu um grave AVC, irreversível.
    As pessoas atualmente jamais estão satisfeitos com o que tem, pouco ou muito.
    Sempre querem mais, e mais.
    O que necessita um passarinho para viver?
    E nós seres humanos?

  3. Big,
    Realmente acho que as pessoas “hoje” vivem o “amanhã” – em tudo! É angustiante a ansiedade em que as pessoas vivem…No trabalho, em família, vida pessoal…a cobrança por ser o melhor, por ter o que há de melhor e por querer o que há de melhor está deixando as pessoas realmente desligadas de que o “Hoje” está perdido, descuidado, esquecido…e enquanto lutam tanto por tudo isso do “amanhã”, talvez não consigam desfrutar desse resultado “no amanhã”…Tão complicado que até eu me confundi! risos…
    Quanto ao Natal naquela loja que eu sei qual é…hahaha…acho que é o reflexo desse capitalismo selvagem em que vivemos. O lojista compra provavelmente tudo aquilo da China e com MUITA antecedência e isso o obriga a começar a esvaziar seu estoque, além, é claro, da necessidade de vender, vender, vender…que atende à necessidade do consumidor que quer cada vez mais comprar, comprar, comprar…
    Pensando pelo lado “emocional”, é uma pena…o Natal chegou antes. Aliás, o que é Natal? Para muitos, é isso mesmo…presentear e ser presenteado!
    Luxo é poder viver o presente! Planejar o futuro? Sim! Mas sem deixar que isso torne-se uma escravidão…
    Beijos e uma ótima semana!

  4. Sérgio,
    Ainda vou fazer parte dessa turma do café!
    Quando a indicação parte de você, sempre chegam novas e boas amizades.
    Beijos e uma semana cheia de idéias para seus textos!
    Big

  5. Ric,
    Luxo é poder viver o presente, fato!
    No seu caso também é preparar as malas….
    Ótimas e merecidas férias, mas não esqueça de mim!
    Beijos (já com saudade)
    Big

Deixe uma resposta para Abigail Costa Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s