Foto-ouvinte: a cara de São Paulo aos 459 anos

 

Arte na Igreja do Calvário

 

A Igreja é de 1926; o grafite, obra recente, assinada por Eduardo Kobra. Para a ouvinte-internauta Tina Kalaf, a “Igreja do Calvário emprestando sua face para o novo” é a Cara de São Paulo aos 459 anos, série fotográfica promovida pelo Blog do Mílton Jung. A reunião destes dois tempos em uma mesma cena pode ser encontrada na rua Cardeal Arcoverde, 950, bairro de Pinheiro.

 

Veja o álbum de imagens coma Cara de São Paulo aos 459 anos.

 

PS: Por descuido deste blogueito, ao publicar o post, troquei o nome do autor da foto, que já está corrigido, o que não me exime de culpa.

4 comentários sobre “Foto-ouvinte: a cara de São Paulo aos 459 anos

  1. Aproveito-me deste espaço para expor minhas considerações sobre a atual São Paulo em comaração com a São Paulo antes glamurosa, chic, gostsa de viver.

    Peço desculpas aos amigos e leitores deste tão conceituado blog e em especial ao seu idealizador Jornalista Milton Jung

    São Paulo completará 459 anos no próximo dia 25.

    A cidade mais rica das américas, da gastronomia nacional e internacional, dos grandes e luxuosos hoteis, dos melhores hospitais particulares, dos luxuosos e inumeros shopping centers, das grandes e luxuosas salas de teatro, cinemas, das grandes avenidas, pontes, viadutos, cidade do turismo de negocios, das baladas, do confinado carnaval do sambódromo, dos grandes estádios de futebol, do mais moderno metrô do mundo, porém ainda com pouco mais de setenta quilometros de linhas desde o inicio de operações em 1974.
    O que adianta todas essas maravilhas acima se o paulistano a cada dia tem que sobreviver confinado em apartamentos, nos escritorios que ais parecem ratoeiras de concreto e vidro, dentro dos automoveis presos no caótico e insuportável transito conjestionado, muitas vezes ultrapassa 200 km, que viaja como se fosse sardinha em lata, gado espremido dentro de onibus, trens, metrô, nas estações, nos terminais de onibus.
    O que adianta todas as maravilhas descritas no inicio desta crônica se o paulistano quando amanhece o dia não mais ve o nascer do sol, no final da tarde não mais contempla o por do sol, por causa das gigantescas paredes de concreto em frente as nossas janelas, os prédios, estes que só contribuem para o aumento assustador do adensamento populacional, com mais automoveis, degradando o meio ambiente, matando lençois freáticos, contribuindo mais ainda para a piora da qualidade de vida, praticamente inexistente na maior cidade das américas.
    Quando cai a noite não é possivel ver estrelas por causa da poluição que paira “ad eternum” sobre a maior e mais rica cidade das américas.
    A cada mandato de um prefeito, de novos ou velhos vereadores, novo plano diretor é constituido somente para favorecer o lobby formado pelas construtoras financiadoras das campanhas politicas paulistas e paulistanas.
    São Paulo onde vemos diariamente pessoas morrendo nas filas dos hospitais publicos, onde faltam medicamentos, equipamentos, profissionais que deveriam ser muito bem remunerados pelo estado.
    São Paulo onde a cada verão, época das grandes chuvas fica submersa por causa da total impermeabilização de ruas, várzeas de rios, corregos, dos tamponamentos dos mesmos, da sujeira nas ruas, dos bueiros entupidos, em parte porque a população não tem educação e joga lixo pelas ruas, destroem lixeiras.
    São Paulo que tem suas matas nativas dizimadas pela favelização, subindo pelas encostas da Serra da Cantareira, nas maregens de rios, represas, terrenos abandonados.
    São Paulo, cidade onde o paulistano sentia orgulho do seu centro historico, glamuroso, hoje totalmente abandonado, sujo, degradado, fedido, com centenas de moradores de rua espalhado pela cidade, com antigas, tradicionais lojas, cinemas hoje com suas portas fechadas, abandonados, que dá medo quando precisamos transitar em qualquer hora do dia e da noite pelas estreitas ruas.
    São Paulo com modernos e confortáveis onibus, enormes, porém ainda sendo precário o transporte publico, devido a falta de novos corredores de onibus.
    São Paulo onde não é mais possivel caminhas pelas ruas escuras correndo risco de ser assaltado, sequestrado e até em restaurantes, um dos locais que restam para o pouco de lazer do paulistano, quadrilhas invadem e fazem arrastões.
    Os poucos parques da cidade nos feriados e finais de semana, ficam abarrotados de gente.
    Eis a ‘bela” São Paulo da atualidade onde a midia, o marketing politico adoira mostrar para quem não conhece realmente o que é na verdade viver em São Paulo.
    As redes de TV adoram mostra a tal ponte estaiada, que liga o nada a lugar algum, pouco utilizada e que custou verdadeira fortuna, dinheiro este que “daria para construir” uma ponte ligando o Brasil até a Africa.
    Ah!
    Mas o outro cartão postal, a Avenida Paulista?
    Onde só é possivel contemplar o asfalto e o concreto, salvo o MASP, Parque Trianom e os poucos casarões historicos dos tempos dos barões do café que resistiram ao tempo e a ganancia da especulação imobiliária e da ganancia dos politicos e das construtoras.
    Esta é a São Paulo que ira comemorar 459 anos no próximo dia 25 de janeiro.
    Cidade doente em estado terminal na UTI que foi contaminada por mortais virus, bacterias, que são os politicos paulistas e paulistanos, construtoras, incorporadoras, especulação imobiliária.
    Comemorar o que se a antes a glamurosa e aconchegante São Paulo acabou se tornando um verdadeiro inferno para viver com um mínimo de dignidade, qualidade de vida?

    • Oh, Tina ! Como fiz esta confusão !? Mudarei agora, aqui e lá no Flickr, mas antes preciso registrar aqui meu pedido de desculpas por este traoca, resultado da quantidade de imagem que chegou a mim, nestes dias. E logo com você que colaborou tanto para esta série. Por favor, dê uma olhada no Flickr e veja se “autorizei” alguma foto para outra pessoa que seja de sua autoria. Desde já, meus pedidos de desculpas. E meu agradecimento, de coração, pelo material.

  2. Querido Milton…..claro que está desculpado,você é meu companheiro das manhãs,adoro pegar trânsito só por sua causa !!! Eu é que agradeço pela rápida correção e pela sua atenção!! Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s