Inexplicável

 

Por Julio Tannus

 

Há alguns anos estava em uma festa de aniversário de um sobrinho. Ao iniciar a projeção de um filme infantil, o equipamento de projeção deixa de funcionar repentinamente. O operador reinicia a projeção e logo após novamente a projeção é interrompida, aparentemente de forma inexplicável. Um observador atento constatou que o entra e sai de pessoas acionava uma lâmpada que desligava o disjuntor.

 

Recentemente meu notebook parou de funcionar. Após várias tentativas, voltou a funcionar. Depois de algum tempo, deixa de funcionar novamente, aparentemente de forma inexplicável. Ao verificar atentamente o equipamento, verifico que a luz indicativa da conexão sem fio estava apagada. Ao mudar a posição do aparelho para outro local, o travamento do aparelho foi explicado.

 

Tenho feito referências aqui a aumento de impostos e cobrança de impostos aparentemente inexplicáveis. É o caso do aumento do IPTU e a taxa de fiscalização de elevadores da Prefeitura de SP cobrada há anos, sendo que nunca apareceu um fiscal da Prefeitura para fiscalizar. Ao constatarmos que não existe qualquer resistência da população a essas cobranças, podemos encontrar aí uma boa explicação.

 

Aparentemente certos encontros e desencontros são inexplicáveis. Entretanto nossos poetas podem encontrar uma boa explicação:

 

Se procurar bem você acaba encontrando.

Não a explicação (duvidosa) da vida,

Mas a poesia (inexplicável) da vida.
Carlos Drummond de Andrade

O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.
Fernando Sabino

A imaginação é o nosso primeiro privilégio, tão inexplicável como o caso que a provoca.
Luis Buñuel

 


Julio Tannus é consultor em Estudos e Pesquisa Aplicada e co-autor do livro “Teoria e Prática da Pesquisa Aplicada” (Editora Elsevier). Às terças-feiras, escreve no Blog do Mílton Jung.

6 comentários sobre “Inexplicável

  1. Inexplicável é a falta de reação do paulistano diante do caos que a cidade de São Paulo está cada vez mais adentrando.
    Ouvindo hoje a CBN no programa matinal do Milton Jung, pude saber que grande parte da cidade continua com os graves problemas de energia.
    Particularmente na quinta fiquei sem luz por 18 horas. Ontem das 20hs até as 4hs também não pude fazer nada por falta de energia.
    Agora acabo de receber ligação de minha casa informando que às 19h30m ficamos sem energia elétrica, e a previsão é para retornar às 21h30. Igual ontem, quando na verdade apenas às 4hs fomos acordados pela volta da eletricidade.
    Será que nas próximas eleições vamos discutir a cidade? Ou vamos continuar ouvindo apenas os ataques pessoais entre os candidatos?
    A ELETROPAULO, quando não recebe, multa e corta a luz. E quando não fornece, o que acontece?
    Vamos continuar enterrando rios, impermeabilizando o solo, deixando a eletrificação exposta? Ou vamos inventar mais partidos políticos?

  2. Uma das principais razões que contribuem para os constantes alagamentos em SP
    Excesso de impermeabilização, tamponamento de rios, corregos, destruição e super adensamento nos vales
    Burrice, ganância, especuação imobiliária, politicos incopmpententes.
    Apenas para ilustrar
    E agora?
    Como reverter essa idiotice toda cometida pr politicos que só beneficiam as grandes construtoras, montadoras de veiculos, poderes paralelos que atuam na cidade ao longo dos anos?

  3. Ainda sobre a inexplicável: todo um quarteirão de Pinheiros está sendo demolido em uma área de grande circulação de veículos e a notícia que corre é que teremos mais um shopping. Será que nossa São Paulo realmente precisa de mais um shopping ou desse nível de adensamento pesado e sem planejamento?
    Para execução do empreendimento em questão veio abaixo na calada da noite – entre outro imóveis – uma linda casa de jardins espetaculares, que comporiam uma bela praça ou até mesmo um parque. Hoje, ao cruzar a possível praça ví destroços que se acumulam sobre o que já foi um jardim preciosamente cuidado. Uma imensa escavadeira quebrava um muro e levava galhos não só das árvores do jardim como do passeio público.
    Tentei com afinco buscar na internet os telefones da Prefeitura para denúncia do ocorrido. Nada encontrei, inexplicavelmente…

  4. Carlos Magno, precisamos nos organizar e constituir Comissões de cidadãos e cidadãs para fiscalizar, exigir e cobrar eficiência com o nosso dinheiro e cumprimento de promessas de campanha.

  5. Miriam, é inexplicável também que os vizinhos próximos não se manifestam. Pela extensão da área caberia um movimento do tipo que os motoqueiros estáo fazendo, ou coisa semelhante.

  6. Julio, o inexplicável é a Controlar. Vc leva seu carro no mecânico, arruma, deixa em ordem ai vc paga R$ 44,00 só para o Controlar dizer que seu carro ta ok e colocar um selo. Ou seja, a Controlar não fez nada. Nao apertou um parafuso sequer, nao arrumou o escapamento, o tecnico nem suja a mao de graxa e a empresa ainda fatura. Se seu carronao passou, vc tem que se virar com seu mecanico e deixar em ordem senao não passa. Ela passa um espelho embaixo do carro, liga um sensor no escapamento e no motor e pronto. Faz a medição. Ou seja, quem conserta o carro é o dono do carro. Deveria ser assim: vc manda arrumar o carro como de constume, passa no pátio do Detran ou da Prefeitura para a medição e pronto. Sairia na faixa. Ou tipo o Bafometro: numa blitz o escapamento do seu carro será verificado e se tiver irregular multa. Garanto que todos deixariam o carro em dia e sem pagar a Controlar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s