A Moda veste a sustentabilidade

Foto: Pixabay

 

Em março, presenciamos no MIS SP –  Museu da Imagem e do Som, a Rede Brasil do Pacto Global lançar uma nova estratégia de atuação, no ano em que comemora seu 20º aniversário e a ONU, 75 anos. O Plano com métricas e estratégias para as 900 empresas signatárias do Pacto Global estará sendo realizado em parceria com a Consultoria Falconi.

Viviane Martins, Presidente da Falconi Consultoria de Resultados, ressaltou que as empresas brasileiras têm enfrentado duas questões fundamentais em relação aos ODS.  

ODS Objetivos de desenvolvimento sustentável é um conjunto de metas socioambientais definidas pela ONU, composto de 17 objetivos e 169 metas. Os ODS são aplicados por países e empresas para políticas e projetos ambientais e de sustentabilidade. 

As duas questões apontadas por Viviane referem-se a Governança e Gestão.

A Governança por não entenderem que os ODS não são uma questão de Marketing, mas de perenidade da empresa.

A Gestão ao precisar compreender que os ODS não são coisas de um departamento, precisam estar penetrados em toda a companhia.  

Aqui, observação nossa, podemos evocar o alerta de Kotler quando diz que o Marketing não deve se restringir ao departamento, mas se estender a toda a empresa.

Em reportagem de Rodrigo Caetano da revista Exame, vemos que o Brasil apresenta mau resultado em 10 objetivos inclusive “acabar com a fome e a pobreza”. Carlo Pereira, Diretor da Rede Brasil Pacto Global, sinaliza que em 30% dos ODS estamos abaixo da América Latina.

Como participantes do Pacto Global no Grupo de Excelência do CRA SP, temos efetivado ações  para divulgar os ODS , e  quinta-feira, 29 de outubro, das 15hs ás 17hs teremos um evento focando a Sustentabilidade.

Para assistir ao encontro “A MODA vestindo a SUSTENTABILIDADE” acesse o link

O objetivo do evento é demonstrar como significativas empresas da MODA estão desenvolvendo ações para diminuir os desperdícios e as poluições geradas pelo setor. A MODA é o segundo maior poluidor do planeta, ultrapassando aviões e navios. É também importante segmento econômico e social, por ser um setor intensivo de mão de obra cuja cadeia produtiva mundial gera 2,4 trilhões de dólares anuais. 

Uma equação que pode ser resolvida com consciência e engajamento.

Carlos Magno Gibrail é consultor, autor do livro “Arquitetura do Varejo”, mestre em Administração, Organização e Recursos Humanos. Escreve no Blog do Mílton Jung.     

2 comentários sobre “A Moda veste a sustentabilidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s