São Paulo não pode pagar a conta da Copa 2014

 

Texto escrito para o Blog Adote SP

Estádio do Corinthians

Semana que vem começam as obras do estádio do Corinthians, única alternativa paulistana para a abertura da Copa do Mundo de 2014. Ao menos esta é a última promessa feita pelo presidente do clube Andrés Sanchez. Bem verdade que ele já havia anunciado o início dos trabalhos para abril – aquele, do Dia da Mentira (coincidência ?) – depois maio e, agora, junho.

Desta vez tem o aval da prefeitura que autorizou o uso da área em Itaquera, na zona leste, a título precário.

Calma lá ! O precário do título nada tem a ver com as condições pelas quais foi feito o acerto entre o Corinthians e a Odebrechet, empreiteira que vai tocar as obras. De acordo com o site JusBrasil, “título precário” é o modo de conceder, usar ou gozar alguma coisa por mero favor ou permissão, sem constituir um direito.

O documento publicado em Diário Oficial diz que o terreno somente poderá ser usado para a construção do estádio e prevê a conclusão para dezembro de 2013, daqui a dois anos e sete meses, período que o Corinthians terá para barganhar com a construtora ou passar o chapéu entre parceiros e arrecadar R$ 1.070.000.000,00. Para você não se perder nos zeros: R$ 1,07 bilhão – é quanto vale o estádio da Copa.

A persistirem os sintomas, São Paulo terá o estádio mais caro do Mundial 2014. E isto não deve ser motivo de orgulho, principalmente se soubermos que parte deste dinheiro virá dos nossos impostos. Gilberto Kassab, o são-paulino mais amado de Andrés Sanchez, já garantiu R$ 300 milhões em Certificado de Incentivo ao Desenvolvimento. CID é um mecanismo pouco usado até hoje para incentivar investimentos na cidade oferecendo em troca abatimento de impostos e tributos.

O prefeito nega que isto seja dinheiro dos cofres da prefeitura para o estádio do Corinthians. Através do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Marcos Cintra, defende que o CID é uma isenção sobre impostos e tributos que não seriam arrecadados se a obra não fosse feita.

Mesmo com este repasse fiscal no “ponto futuro”(apenas para manter-me no jargão futebolístico), o Corinthians ainda precisará de mais dinheiro para fechar a conta. E para piorar as coisas para o clube, a tentativa de levantar a grana no Palácio dos Bandeirantes ainda não deu resultado.

O governador de São Paulo Geraldo Alckmin insiste em não colocar um só tostão nas obras do estádio do Corinthians. Tem sido pressionado mais do que deveria, mesmo assim resiste aos pedidos que chegam a casa dos R$ 370 milhões. E não é resistente porque torce para o Santos. É porque tem ao seu lado boa parte do torcedor paulista. Pesquisa encomendada pelo Governo mostra que 70% das pessoas entrevistadas são contra o uso de dinheiro público no estádio, mesmo que isso signifique não ser sede da abertura da Copa.

Mantenha na retranca, Governador, pois mesmo sem este recurso, São Paulo já é a cidade que mais dinheiro público investirá nas obras de infraestrutura para a Copa, conforme números levantados pelo Tribunal de Contas da União e publicados pela Folha, nesta semana:

1- A conta da cidade subiu de R$ 3,41 bilhões para R$ 5,49 bilhões, entre maio de 2010 e fevereiro de 2011. O crescimento é de 61%

2- O gasto na organização da Copa em São Paulo é R$ 2 bilhões mais alto do que o do Rio, que está em segundo lugar no ranking”.

3 – Dos gastos, R$ 5,4 bilhões são do setor público e R$ 90 milhões, da iniciativa privada

Ao caro contribuinte resta usar das ferramentas que tem em mãos para proteger seu dinheirinho. Pressionar o poder público, cobrar transparência nas contas e, se for o caso, denunciar irregularidades aos órgãos competentes.

Comece por pedir explicações ao prefeito Gilberto Kassab, mande um e-mail para o gabinete dele (gabinetedoprefeito@prefeitura.sp.gov.br). Mostre sua opinião ao governador Geraldo Alckmin, no Fale Conosco do Palácio dos Bandeirantes. Reclame ao Ministério Público Federal (pfdc@pgr.mpf.gov.br). E não esqueça de cobrar do seu vereador, na Câmara Municipal, é obrigação dele fiscalizar como o dinheiro da cidade está sendo gasto.

8 comentários sobre “São Paulo não pode pagar a conta da Copa 2014

  1. Vou começar por aqui, manifestando o desagrado pela atitude das autoridades paulistanas e paulistas em relação à FIFA e à CBF ao assistir passivamente as regras impostas ao municipio e ao estado.
    É por isso que é difícil acreditar que o governador paulista mantenha a posição de não investir mais dinheiro público do que já foi prometido, pois não aceitamos a idéia do CID e portanto 300 milhões já foram comprometidos.
    Em tempo, o texto acima é um dos melhores sobre a matéria.

  2. O comentário de Lúcia Hippólito sobre a prisão do vice-prefeito de Campinas, na manhã desta sexta-feira, me pareceu tendencioso ao vincular ao caso às prefeituras do PT.

    Não acredito que denúncias de corrupção e uso de verba ilícita com finalidade eleitoral sejam exclusividade do partido, como o comentário dá a entender.

    À rigor, nem é possível dizer que a prefeitura de Campinas é “petista”, considerando-se que o prefeito, dr. Hélio, é do PDT.
    É certo que o PT participa do governo, pois o vice-prefeito é petista. Mas, seguindo a mesma lógica, seria correto dizer que o atual governo federal é do PMDB, pois o vice de Dilma, Michel Temer é do PMDB? Obviamente, não. Basta observar que todo tipo de crítica ao governo federal é sempre vinculada à Dilma, PT e Lula, pois é um governo petista de fato, com um vice do PMDB.

    Então, por que Campinas é uma “prefeitura petista” se o titular do Executivo não é do PT. É porque o vice, que é do PT, foi preso? Se, hipoteticamente, Michel Temer fosse preso, o comentário seria “o governo federal pemedebista envolvido em corrupção”? Acho que não.

    Mas, voltando às “prefeituras do PT” que estariam rotineiramente envolvidas em falcatruas, conforme o comentário sugere, vale observar os exemplos citados:

    Santo André – a morte de Celso Daniel ocorreu em 2002, há nove anos.
    Campinas – a morte de Toninho do PT ocorreu em 2001, há dez anos.

    Quem ouviu Lucia Hippólito e não sabe desses fatos deve ter imaginado que os dois casos ocorreram recentemente e têm algum vínculo com a atual escândalo que ocorre em Campinas.

    Mas, para finalizar, nesses últimos dez anos não teve mais ninguém, de nenhum partido, que estivesse envolvido em casos de corrupção e desvio de dinheiro para fazer caixa de campanha? Acho improvável e, por esse motivo, acredito que a comentarista não foi feliz no programa veiculado hoje. Seu comentário se mostrou tendencioso e anti-petista.

    atenciosamente

    Alberto Ramos
    jornalista, residente em São Paulo

    (11) 9423 4489

  3. Com infinitas prioridades a serem feitas em são paulo urgente ainda a prefeitura e governos estão pensando somente na famigerada copa de 2014.
    Gosto também de futebol.
    Mas vamos e venhamos
    Nas atuais e precarias condições em que se encontram o estado de são Paulo, a cidade de São Paulo e o país, pensar em realizar copa do mundo é o fim da picada!
    Destinem toda essa dinheirama que sera usada para a realização da copa do mundo na saude, na educação, no transporte publico, no saneamento basico, na qualidade de vida da população, em moradias,
    Vejam o fiasco que foi a copa na Africa!
    Se alguem tiver que sair lucrando com a realização da copa de 2014, certamente não será a população e sim politicos, lobbys, CBF, FIFA.
    Pois a população tera divertimento somente por trinta dias.
    Acorda Brasil para a nossa verdadeira realidade!

  4. Uma solução para o estádio do Corinthians seria o Ricardo Teixeira e o seu parceiro André Sanches contratarem o Palocci.
    Em 2 meses teria multiplicado por 10 o investimento disponivel que é de 700 milhões.
    Vamos fazer as contas : 700 000 000,00 x 10 = 7 bilhões

  5. Como se não bastasse o caos em que o prefeito Kassab e sua trupe deixou esta cidade no seu mandato, só faltava mais esta agora
    A copa américa e a copa de 2014 em são Paulo.
    Onde colocar esse mundão de gente que poderia chegar em são Paulo, mais veiculos, mais aviões nos aeroportos congestionado do jeito que estão, ruas esburacadas, cidade sjua, estradas precarias, tudo muito caro, etc?
    Melhor nao ter nada disso aqui
    Ja chega os eventos promovidos pela prefeitura estes por sinal favortecem a poucos e sem nenhum resultado positivo para a população
    O que a população precisa e de saude eficiente, transporte, moradia, cuidar melhor da cidade que esta abandonada, mais hospitais, postos de saude, escolas, SEGURANÇA PUBLICA, pagar melhor os funcionarios publicos.
    E obviamente politicos honestos e realmente interessados peloa povo, seus eleitores que ja pagam uma exorbitancia de impostos e mais impostos.
    MAIS DEMOCRACIA!
    Parem de ficarem inventando moda por favor e voltem suas atenções para a população sr prefeito e governador do estado.

  6. em quanto todas as atenções estão voltadas e desviadas para a famigerada copa de 2014 a cidade de são Paulo a cada dia vvai perdendo o seu verde, sua vejetação indiscrimninadamente graças ao poderio dos grandes lobby formado pelas construtoras, incorporadoras, montadoras com total apoio das prefeitura paulistana e seus legisladores também extremamente gananciosos aproveitadores.
    http://blogdoaitalo.blogspot.com/2011/05/sp-perde-12-mil-arvores-em-quatro-meses.html
    Vamos cuidar da cidade de são Paulo antes que acabe de vez e venha se tornar mais caotica insuprtavel para viver além do que já se encontra, graças aos predios, grandes obras que estão devastando a cidade em um todo, com extrema voracidade.
    E deixemos a realização da copa para paises realmente competentes, preparados, estruturados economicamente e emocionalmente.

  7. Bom Dia MIlton e aos Colegas do Blog,

    Na minha opinião, SP, vai perder de fazer abertura da copa/2014, por incompetencia dos Srs. Jose Serra, Goldman, Kassab e Alkimim. Eles, são os verdadeiros culpados. Talvez, a propina oferecida pela cbf, não foi o suficiente para abastecer os bolços deles. Por que se alguem estiver pensando que eles vão tentar fazer essa abertura pensando no povo de SP, estão totalmente engandos. Para esse tupe, o que menos importa é o povo.
    Um exemplo claro disso, é a bandidagem que esta tomando conta do estado e da cidade. A população esta em panico e eles nem aparece para falar algo.
    Atualmente, só esta aparcendo o FHC para defender o uso das drogas. Será que ele anda fazendo a cabeça?

    Att,

    JR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s